Últimas Resenhas

Resenha: A Garota Coyote e o Mafioso


Autora:
Carrie London
Ano: 2021
Páginas: 277
Gênero: Ficção; Romance; Erótico

Quando Daniela Fellini colocou os olhos sobre Greco Santoro, a guerra entre eles foi declarada. Greco veio da Itália para os Estados Unidos com o intuito de tomar o lugar de seu tio enquanto ele estivesse doente, contudo, a filha bastarda de Dom Andreas Fellini não está disposta a ser submissa a um homem que odeia, ainda mais quando ela sabe que faria um trabalho melhor, mesmo sendo mulher. E eles vão do ódio à mais intensa paixão. Apesar disso, o mundo da máfia não é um conto de fadas e eles podem estar prestes a viver o maior pesadelo de suas vidas e tudo o que sentem um pelo outro estará em risco.


Quando tinha apenas 10 anos de idade, Daniela foi para os Estados Unidos com os pais de forma clandestina. Tudo o que ela sabia é que eles desejavam conseguir uma vida melhor no país, mas eles nem mesmo chegaram ao lugar, deixando a pequena sozinha no novo mundo. 

Resenha: Ligados ao Passado


Autora:
J. F. Hill
Ano: 2021
Páginas: 360
Gênero: Ficção; Romance; Romance Érotico


Katherine Morgan abandona Londres, sua cidade natal, após a morte da sua mãe. Para ela Nova York é um recomeço, sua chance de ser feliz. Porém, ela se vê em um jogo de conquista com seu colega de trabalho, Dominic Castillo, um bad boy com pinta de arrogante e acostumado a arrancar suspiros por onde passa, casos de uma noite são o suficiente para ele. Dominic vê Katherine apenas como amiga, ela está empenhada em mudar isso, mas nem tudo é tão simples. Os traumas do passado de Dom o impede de se envolver emocionalmente com alguém, fazendo-o quase inacessível. O que acaba abrindo caminho para Ryan, seu irmão gêmeo, tentar entrar no coração de Katherine.
Uma história cheia de drama, sensualidade, romance, revira voltas e muito humor, que irá prender você desde a primeira página.
Com quem Katherine irá ficar?
Dominic ou Ryan?
Essa escolha pode ser mais difícil do que você imagina...


Quando Katherine se mudou de Londres para Nova York para iniciar uma nova depois da morte de sua mãe e para se afastar de seu pai, que seguiu um caminho que ela não concordava, ela não imaginou acabar apaixonada por seu melhor amigo e companheiro de trabalho. 

Resenha: Resistindo a Um Libertino


Autora:
Aline Sant'Ana
Editora: Charme
Ano: 2021
Páginas: 311
Gênero: Ficção; Romance de Época


Em uma reviravolta do destino, Matthieu se transformou no oitavo duque de Saint-Zurie, um título que nunca desejou ter. Era livre, um homem cheio de vida, que secretamente preferia a burguesia, se tivesse escolha. Ainda que seu sangue azul e nome falassem mais alto, não se sentia apto a assumir todas as responsabilidades de um ducado. Inclusive, casar-se com uma dama... Apenas a menção da ideia já o deixava tonto. Prender-se a alguém, ainda que fosse de comum acordo, parecia tão irreal quanto o céu cair sobre sua cabeça. Mas, no momento em que conheceu Lady Hawthorn... Parecia certo cortejá-la. Poderia casar-se com a dama em questão, ao menos por aparências. Entretanto, o que pareceu ser um enlace simples e perfeito, para Matthieu se tornou um jogo complexo, quando Lady Hawthorn negou qualquer tentativa de tornar-se sua esposa. O que ela queria de Saint-Zurie não era o seu título, nem a sua fortuna, mas o prazer de sua companhia. Até que ponto você conseguiria resistir a um duque determinado a conseguir o que quer?
Sejam bem-vindos à sociedade francesa do século XIX. Aqui, muito mais do que lidar com bailes, segredos e aristocracia, é necessário ter um coração preparado para não se apaixonar.

Aline Sant'Ana escrevendo um romance de época era tudo o que a gente precisava e não sabia, até ter esse romance completamente diferente de todos os mais em nossas mãos. 

Resenha: Presa ao CEO


Autora:
Ly Albuquerque
Ano: 2021
Páginas: 663
Gêneros: Ficção; Romance; Erótic


Uma vingança. Dois corações feridos. A grande dúvida: Perdoar ou amar?
João Patacho conseguiu um dos maiores cargos na tradicional e poderosa Guedes Engenharia. Ele, juntamente com o seu irmão, nutre um ódio imensurável do dono da empresa por causa da dor que fora causada a eles no passado.
O frio plano de vingança, meticulosamente calculado para tomar o poder da empresa como um jeito de se fazer justiça, tinha como principal peça conseguir se casar com a única herdeira legítima do chefe, não importando os meios e as armas necessárias.
Amora Guedes acaba de chegar da Europa sem muitos sonhos ou planos, sentindo-se marionete de seus pais poderosos, entretanto, ao colidir com o almejante a CEO de olhos azuis cintilantes e espírito rebelde, ela volta a sorrir e a sentir uma fagulha do que é a felicidade.
Para João, que estudou os passos da menina por longos anos, parecia fácil conquistar e fazer de Amora mais uma peça de sua calculada vingança. Ele tinha uma ideia totalmente errada sobre quem realmente era e o que sente a pequena bailarina, que não se mostrou tão fútil como ele imaginava.
Para Amora, naqueles olhos azuis-cintilantes encontrava-se o grande amor que jamais imaginou ser capaz de viver.
Permanecer com o ódio ou perdoar? Será que João saberá escolher o certo a se fazer quando perceber que a bailarina no fundo é tão diferente dos pais? Mais que isso, será que o coração de Amora sobreviverá intacto até lá?


João nunca se esqueceu a visão de seus pais mortos e os assassinos confessando que o mandante de tal horror ser Roberto Guedes. Um trauma de infância, que o assombra até os dias atuais, mas que fez com que ele e seu irmão mais velho, Jonas, corressem atrás do sucesso para se aproximarem de Guedes por dentro de seu tão amado patrimônio, a sua empresa. 

Mas o plano maior de vingança envolvia João se casar com Amora, a filha de Guedes que acaba de retornar da Europa e conseguir o cargo de CEO. E por isso ele se aproxima dela, se surpreendendo em encontrar uma jovem fácil de lidar, conversar e... se apaixonar. 

Mas ele precisava escolher entre a sua vingança e o amor, afinal, após tantos anos, conseguiria deixar para trás toda a raiva e rancor, toda a sua história para poder viver o amor que estava sentindo por Amora? E caso ela descobrisse, será que conseguiria o entender e superar isso para viver o amor com ele?



A premissa do livro me pegou, pois aqui tinha uma promessa de um livro cheio de intrigas e um mocinho que não seria tão mocinho assim, que teria que reconquistar a mocinha, fazer ela compreender o lado dela e eu estava agoniada com a ideia de como ele poderia se vingar, usando a Amora. 

Confesso que em grande parte do livro eu fiquei presa, curiosa em como tudo aconteceria. Amora não me conquistou de imediato, mas João foi o meu querido. Ele era alguém quebrado, fazendo escolhas erradas por conta de um sentimento ruim advindo de um passado horrível. Eu queria que ele se desse bem, mas temia que ele se tornasse um babaca. 

Mas fiquei um pouco decepcionada, pois a parte com mais ênfase na sinopse, que era a vingança, demorou a acontecer. A parte mais tensa, que foi ele reconquistar Amora, me pareceu muito rasa. Eu queria alguém que demonstrasse mais todo o amor que dizia sentir, mas senti como se fosse muito superficial. Para mim, Amora ficou como quem amava mais e, por fim, não queria mais que ela ficasse com ele, queria que ela aprendesse a se amar mais... Afinal, Amora passou sua história inteira querendo ser amada de verdade pelas pessoas. 

Como principal ponto positivo do livro, temos as cenas eróticas. A autora consegue envolver bem o leitor, não apenas com as cenas de sexo, mas também com as cenas de dança e a tensão entre as personagens. 

Um livro que vai agradar, sem sombra de dúvidas, os amantes de romance contemporâneo erótico, mas que deixa um pouco superficial a parte da intriga. 




Entrevista com Juliete Vasconcelos, autora da trilogia O Ceifador de Anjos

Dando continuidade às entrevistas com os autores do Editorial Eco Literário, a entrevista de hoje é com a escritora Juliete Vasconcelos, autora da trilogia policial O Ceifador de Anjos, onde narra o dia a dia de um serial killer que coleciona fetos, e do livro Quando os pássaros pousam.

"Em todas as prateleiras se viam fetos emersos em um líquido que claramente era formol. 
Ali estava a coleção.
A bizarra coleção de fetos de um serial killer que você está prestes a acompanhar."

Resenha: A Noiva Comprada


Autora:
Joane Silva
Ano: 2021
Páginas: 736
Gêneros: Ficção; Romance; Erótico


Aos vinte e nove anos, John Harper se considera um presente dos deuses para as mulheres. Sabe que a beleza e o dinheiro que vêm junto com o seu sobrenome são o seu cartão de visitas, e não tem qualquer problema de usar todas as armas em seu favor no jogo da conquista, que muitas vezes não passa de uma noite. Ele também sabe que está próximo o dia em que assumirá a tão sonhada cadeira de CEO da construtora Harper. John acredita que será fácil, afinal, quem mais poderia tomar o seu lugar? Certamente, não seria Tales, o primo puxa-saco que não entendeu que nunca será mais do que a opção número dois em tudo. O problema é que nem sempre as coisas saem como o planejado, e ele percebe que terá que fazer muito mais do que esperar para chegar no topo, mesmo que signifique ter que mentir para todos ao dizer que está prestes a se casar com a sua secretária. Tudo porque a sua avó tem ideias retrógradas a respeito de casamento, família e todas essas bobagens.
Manuella está se sentindo realizada, porque acaba de conseguir o emprego dos sonhos no momento em que tudo está dando errado na sua vida. Mas ela percebe que o sonho pode se tornar um pesadelo quando o seu chefe a aborda com uma proposta indecente, porém, irrecusável.
No jogo de amor e poder, em meio a uma relação que era para ser apenas de fachada, John e Manuella descobrirão que têm mais em comum do que um contrato com data para acabar. Um noivado de aparências. Um plano fadado ao fracasso, uma paixão real e irresistível.


John é herdeiro de uma grande construtora, rico e com o mundo aos seus pés, ele só se importa com o trabalho e em ter uma vida sexual ativa e intensa. É assim que o conhecemos, como ele se apresenta, inclusive, para Manuella, que inicia a história como uma garçonete que sonha muito, mas que ainda está presa nas garras do ex, inclusive trabalhando para ele.