Resenha: Os Paradigmas de Amy


Autora: Alexia Road
Editora: Pandorga
Ano: 2017
Páginas: 98

Uma mulher dentre milhares.Uma mulher que não foi a primeira nem será a última.Uma mulher que faz parte de uma porcentagem assustadora.Amy Bennet vive em uma cidade parada no tempo, onde os homens são postos em um pedestal. Aos 18 anos, ela se casou com o herdeiro mais poderoso da cidade, Mark. E, com essa convivência, ela descobriu o melhor e o pior lado do amor.Amy está condenada a momentos de dor, sofrimento e angustia. E é obrigada a mostrar para a sociedade que tudo está perfeito, quando, na verdade, seu maior desejo há anos é ser livre.
Ela não tem para onde correr, o que fazer e mal sabe o que sentir.
Essa história nada mais é do que sobre uma mulher e o quanto ela se descobriu ao perceber a força que tinha guardada dentro de si mesma.


     Os Paradigmas de Amy é o livro do mês do meu Desafio 12 Meses Literários (que segue firme e forte). Comprei esse livro na Bienal do Livro do Rio, em 2017. A autora estava no estande e a conheci após ler a sinopse e escolher o livro. Foi uma experiência ótima e a Alexia é tão amor que, agora, depois de ler o livro, me pergunto como ela imaginou algo tão intenso.

Resenha: Novo Poder


Democracia e Tecnologia
Autor: Alê Youseff
Editora: Letramento
Ano: 2018
Páginas: 152

* Livro cedido em formato físico pela editora, referente a parceria 2018.

Este livro pode ser usado como um manual para quem quer também se aventurar a pensar, com responsabilidade, a complexidade – incluindo cada vez maiores ambiguidades – do nosso mundo atual. Não é mais possível fundamentar ativismos em certezas emancipatórias do passado. É preciso admitir: ninguém entende o que está acontecendo, ninguém tem nenhuma proposta salvadora, capaz de gerar consenso absoluto, mesmo dentro de bolhas. E todos os passos e discursos são perigosos, todos escondem múltiplas armadilhas. É preciso encarar de frente aquilo que é difícil. Que fazer? E fazer com quais ferramentas? Alê resume bem o impasse central de qualquer iniciativa democrática hoje:“As hashtags mobilizadoras, as guerras virtuais, os memes e toda forma de ativismo atual, majoritariamente ocupam a timeline de grandes plataformas, geridas por interesses de grandes empresas. Para os ativistas, parece não existir outra maneira de mobilização on-line que não seja travar as disputas nesses grandes condomínios privados, que reúnem grande parte da população.


     Não sou muito fã de ler coisas sobre política. Sei que é um assunto que temos, como cidadãos, estar inteirados e, por isso, ao ver que esse livro se tratava de uma forma moderno, mais jovial e com um assunto mais atual, como a tecnologia, decidi tentar ler e me informar um pouco. Mas não deu muito certo.

Lançamentos Editora Planeta: Setembro 2018

          Oi, gente!
     Estamos um pouco mais do que na metade do mês e, claro, eu não podia deixar de trazer pra vocês os lançamentos de Setembro da nossa parceira, a Editora Planeta!








Resenha: Agora e Para Sempre, Lara Jean

Autora: Jenny Han
Editora: Intrinseca
Ano: 2017
Páginas: 304

Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta. 
Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito — organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura —, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família — e, quem sabe, o amor de sua vida — para trás. 
Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?
          
            As coisas entre Peter e Lara Jean estão bem resolvidas: Agora eles são o típico casal adolescente cheio de amor pra compartilhar.

TAG: Um livro para cada ano

         Oi, pessoal!

     A TAG de hoje não foi criada por mim, mas eu realmente não lembro qual o blog que a vi, pois perdi o link que tinha salvado (caso tenha sido no seu, deixa nos comentários que coloco os créditos). Mas eu gostei muito da ideia de divulgar uma parte da minha lista de desejados, e de certo modo o meu gosto, através de uma TAG. Funciona assim, a cada ano que vida, um livro entra pra lista! E como o meu aniversário e no próximo dia 27, aproveitei para colocar mais um na lista. Vamos nessa?




Resenha: 10 Peças de Shakespeare

Autor: E. Nesbit
Editora: Gutenberg  
Ano: 2012
Páginas: 95

Romeu e Julieta, O mercador de Veneza, Noite de reis, Hamlet, A tempestade, Rei Lear, Macbeth, Como gostais, História de inverno, Otelo: dez das mais importantes e conhecidas peças de Shakespeare são apresentadas pela autora inglesa E. Nesbit, em recontos cuja linguagem, acessível e fluente, permite a leitores de qualquer idade um primeiro contato com o universo do maior dramaturgo inglês de todos os tempos.