Resenha: Uma Ilha no Atlântico


Autora: Day Fernandes
Editora: Independente
Ano: 2018
Páginas: 324

* Prova cedida pela autora, para resenha, referente à parceria de 2018.

Para a arquiteta Mariana Fragoso, uma das maiores certezas de sua vida é que morrerá solteira. Ela acredita que o amor pertence somente ao mundo da fantasia, e quando se trata de assuntos do coração, se protege com uma blindagem extraforte. Até embarcar em uma aventura inesperada.Sob a responsabilidade de chefiar a construção de um imóvel, Mariana é enviada para Maris, uma ilha do outro lado do Oceano Atlântico. Entretanto, logo após conhecer Théo Santiago, o misterioso proprietário do terreno no qual vai trabalhar, ela se vê cercada por uma esfera eletrizante, um tipo de força que sempre a leva em direção a ele. E é aí que tudo começa a dar errado! Decidida a evitar seu novo cliente – e as sensações que ele lhe provoca quando está por perto –, Mariana planeja terminar seu trabalho o mais rápido possível. Mas o destino parece ter outros planos... Ao longo de sua estadia nessa ilha paradisíaca, coisas inexplicáveis começam a acontecer. Terremotos, invasões, e um certo par de olhos azuis viram sua vida de ponta-cabeça. E em meio a sonhos assustadores, lembranças fragmentadas e um segredo que envolve seu passado, presente e futuro, Mariana precisará fazer uma escolha mais difícil do que imagina, além de tentar escapar da armadilha mais temida de todas: o amor!

     “Uma Ilha no Atlântico” é o novo romance da nossa parceira, a autora Day Fernandes, e estará sendo lançado em e-book no dia 12 de junho. Quando recebi a “prova” deste livro pela autora, foi para, inicialmente fazer as Primeira Impressões dele. Porém, quando comecei, não consegui mais parar. Um livro extremamente apaixonante a ponto de nos prender e fazer a leitura ser rápida.

"Durante aquela melodia, eu quase podia sentir uma força agindo sobre mim, como a gravidade, me atraindo para o azul daqueles olhos concentrados. Era como se eu a conhecesse, mas não sabia de onde."


     Neste livro conhecemos Mariana Fragoso, uma arquiteta com um passado triste e um trauma grande. Seus pais adotivos, que ela amava mais que tudo, morreram e sempre que ela se liga em alguém emocionalmente, eles a deixam, de uma forma ou de outra. Foi assim que ela decidiu que não vai se relacionar a ninguém de forma amorosa e se torna, então uma workaholic.

     A maior chance de Marina está chegando ao fechar o contrato para a construção da nova casa de Theo Santiago, que mora em uma ilha no meio do Oceano Atlântico. Ele pede que ela vá para lá o quanto antes, para que tudo fique pronto logo. O problema é que Mariana sente que algo vai mudar com essa viagem, e não está errada.

     Pouco antes de seguir para Maris, a ilha, ela começa a ter sonhos estranhos com um passado desconhecido e, ao chegar no lugar, descobre que seus sonhos acontecem ali, em Maris. As perguntas que surgem apenas se juntam aos muitos outros mistérios que rondam o lugar e seus habitantes, assim como a lenda que existe sobre uma misteriosa guardiã.

"Ele tinha razão, nunca tive a intenção de me apaixonar por ninguém, nem mesmo por ele. Acontece que certas coisas são inevitáveis, e ao mesmo tempo imprevisíveis. Como amá-lo."

     Junto a tudo isso, ela precisa aprender a lidar com os sentimentos que começam a surgir quando está perto de Theo, algo que nunca se permitiu sentir antes e que pode acabar ajudando na grande mudança que está destinada a sofrer naquele lugar misterioso.

     Quanto mais enfrenta seu passado, presente e futuro, mais Mariana se vê envolvida com Theo e seu destino ao lado dele. As decisões que precisa tomar são decisivas para o seu futuro e ela entenderá que tudo na vida é uma questão de escolha e que não existe um só caminho a seguir na vida.

 

     Como eu disse, esse foi um livro que me prendeu do início ao fim. O que era pra ser apenas Primeiras Impressões acabou virando uma resenha antecipada (o que pode ajudar vocês a ficarem de olho no lançamento em breve!). Isso porque a Day conseguiu unir dois dos meus gêneros favoritos: romance e fantasia.

     Em um primeiro momento, surgem vários mistérios em relação a Ilha e ficamos nos perguntando se isso será mesmo a fantasia, o que vem se confirmar pouco depois, trazendo mais perguntas e poucas respostas. Tudo se esclarece então mais para o final da obra, onde o clímax nos pega de jeito.

     A narrativa da Day é muito fluida e fácil de imaginar as cenas, de modo que se torna tão gostosa de ler que não sentimos, pelo menos até chegar ao final, e só então respiramos fundo e sorrimos, pensando em quão gostosa é a história. Confesso que terminei querendo mais (vai ter mais, Day?), mesmo sabendo que tudo está resolvido e não há pontas soltas.

     Gostei muito de Mariana, mas Theo foi quem ganhou meu coração. Ele é um personagem altruísta em todos os sentidos, por vezes até fazendo besteira com medo de ser egoísta (quem nunca?). Mas além dos dois principais, acho que a irmã de Theo merece o destaque como personagem secundária encantadora. Ela era tão sincera e divertida, que fiquei pensando em como seria uma história com ela como principal.

     A diagramação do livro também está encantadora – dando destaque pra essa citação do Nando Reis antes da história que teve tudo a ver! –, assim como a revisão, pois não encontrei nenhum erro. E o que dizer dessa capa? Simplesmente apaixonante, com vários elementos que compõe a história. Ou seja, “Uma Ilha no Atlântico” é o pacote completo para os apaixonados por romance e fantasia: ótima trama, narração e tudo muito bem colocado em um estrutura linda!

"Quando a hora chegar, a guardiã terá que encontrar o caminho de volta para o seu verdadeiro lar. Ou ele estará fadado ao fracasso e desaparecerá para sempre."

Lançamento e-book: 
12 de Junho de 2018 (Amazon)

Lançamento físico: 
10 e 11 de Agosto (Bienal do Livro São Paulo)



Classificação

Gênero
Literatura Nacional
Fantasia
Romance
Chick-lit



7 comentários:

  1. Parece um livro encantador.
    Gostei do título, amei a capa e pelos quotes, o livro me pareceu muito bem escrito.
    Acredito que eu irei gostar dele, sim!
    Adoro livros que incluem mistério e romance!
    Valeu pela dica!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaahhhhh, meu Deus!!! Que maravilhosa! Como eu quero te abraçar nesse momento! Muito obrigada mesmo por essa resenha linda! E sim, teremos um spin off com a Bianca e claro, com a Lou tbm!

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda!
    Eu não conhecia a autora e nem o livro, confesso que fiquei curiosa logo ao ver a capa, que por sinal além de linda, tem aquele toque de mistério. O que ficou bem claro após ler a premissa e tua resenha.
    Gostei bastante e vou anotar na minha listinha aqui.
    Desde já, desejo grande sucesso a autora!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fernanda. Fiquei muito curiosa com o enredo deste livro, a premissa me atraiu bastante e espero poder ler para matar a minha curiosidade. adorei conhecer um pouco sobre a obra através da tua resenha, parece ser uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  5. É uma delicia quando recebemos uma prova despretensiosa e o livro acaba se tornando um dos nossos favoritos, ne? Eu nao conhecia a obra mas só pela sua resenha fiquei extremamente curiosa.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Eu amo a Day Fernandes, além de ser incrível como autora também é como pessoa, fico feliz de ver você divulgando o trabalho dela no seu blog. Apesar de saber desse lançamento, eu ainda não tinha lido a sinopse dele para saber se iria gostar mas, com certeza eu amei! E a sua resenha também ficou muito interessante, não vejo a hora do e-book ser lançado.

    Beijos e Abraços VIVI
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  7. Que bacana que o livro te encantou e não ficou somente em primeiras impressões, acredito que pelo contexto será um sucesso entre os leitores, espero logo poder apreciar.

    ResponderExcluir