Resenha: O Casamento


Autor: Victor Bonini
Editora: Faro Editorial
Ano: 2017
Páginas: 368

*Obra cedida pela editora no formato de livro físico, para resenha, referente a parceria de 2017.

    Para os noivos é o dia mais importante de suas vidas. Meses atrás, os amigos diriam que o namoro de Plínio e Diana tinha prazo de validade. Eles se conheceram de um jeito bizarro, pensam completamente diferente e nenhuma das famílias aprova o relacionamento. Mas eles resistiram a tudo. E agora vão se casar. Para o detetive é a melhor chance de pegar um criminoso. O mais íntegro dos convidados esconde um segredo devastador. Mas alguém sabe e está disposto a espremê-lo com chantagens. É então que o detetive Conrado Bardelli se hospeda no hotel-fazenda onde ocorrerá o casamento. Ele precisa descobrir o lobo entre as ovelhas. E rápido. Pois, a cada nova ameaça, o chantagista eleva o tom e falta pouco para a bomba explodir. O casal está pronto para o sim. A noiva se prepara para caminhar pelo tapete vermelho. Até que alguém diz: não saia do carro! Enquanto a plateia espera ansiosa em frente ao altar, algo brutal acontece na antessala. Só quando veem as paredes lavadas com sangue é que os convidados se rendem ao desespero. Começa uma confusão para interromper a marcha nupcial e chamar a polícia. Ninguém sabe o que fazer. E Bardelli, que lidava com um caso de extorsão, descobre que se meteu em algo muito pior. Agora, ele é o único capaz de encontrar respostas. O problema é que as mortes não param de acontecer... [SKOOB]

    Neste enredo eletrizante somos convidados a viajar para Joanópolis, cidade próxima à divisa entre São paulo e Minas Gerais, e nos hospedar no Hotel-Fazenda Cardeais para celebrar o enlace matrimonial dos jovens, Plínio e Diana, uma festa realizada durante o final de semana do feriado de 12 de outubro de 2017, ou seja, quatro dias para curtir o campo ao lado dos familiares e um grupo seleto de amigos.

    Tudo era muito promissor para contribuir com a alegria da ocasião, mesmo que as famílias não se entendessem e de certo modo, não concordassem com a união de duas pessoas tão distintas, tudo parecia transcorrer "de acordo com o plano" (citação de uma das animações que mais gosto, 'A Noiva Cadáver' de Tim Burton).


    Diana e Plínio se conheceram em uma festa na universidade e embora tudo parecesse conspirar para o fracasso desse relacionamento, pois digamos que esse encontro não ocorrera de forma amigável, após 2 anos lá estavam eles preste a se casarem. A moça, filha única de pais divorciados, os quais não fazem muito gosto pela união de Diana com um rapaz que julgam inadequado. Já a família de Plínio, esconde alguns segredos e relações conturbadas entre os pais e seus três filhos. 

    Dentre os convidados, estão presentes personalidades importantes do meio social do noivos e seus familiares, velhos amigos e antigos vizinhos, assim como os parentes mais próximos. Da parte da noiva temos como convidados, que desempenham papel fundamental na trama, a família de Enzo Gurgel, amigo íntimo de Diana (o qual todos acreditavam que seria o futuro marido da moça), um jovem sensato e altruísta, muito diferente de seu pai Ricardo e Sônia, sua mãe. A família Gurgel apresentava um status social muito superior dos demais convidados, residindo em um condomínio de auto luxo e desfrutando de muitos exageros e regalias, já era de se esperar que o nível da festa não estaria de bom grado para tais convidados.

    E como se o clima de celebração não fosse suficiente para entreter os convidados, logo toda a tranquilidade de um evento encantador se transforma em um tenso cenário de crimes e mistério, onde um dos convidado é assassinado minutos antes da cerimônia ter início, o que muda completamente os planos e os sonhos do jovem casal.
    Então, a partir daí tem-se início uma complexa e minuciosa investigação sobre o crime, onde todos são suspeitos aos olhos do detetive Conrado Bordelli, mais conhecido como Lyra. O detetive, que por coincidência também fora convidado para o casamento por ser um antigo amigo de faculdade do pai da noiva, também estava no meio de uma investigação quando se deparou com um assassinato. Lyra estava a serviço de um outro convidado, tentando descobrir o responsável pela chantagem e extorsões de seu cliente, envolvido em um caso de adultério com uma jovem bem mais nova.

    Muitas mentiras e antigas intrigas então presentes nesse enredo, como também uma reviravolta fantástica de deixar qualquer fã do gênero bastante intrigado.


    Confesso que estava ansiosa por mais um dos casos do detetive Conrado Bordelli, depois de conhecer seus métodos de investigação na trama 'Colega de Quarto', a primeira obra do mesmo autor, logo me encantei. Eu sou bem suspeita pra falar, pois suspense policial está entre os meus gêneros literários preferidos, mas confesso que isso deixa ainda mais aguçado meu senso crítico, kkkkkk.

    A trama é bem envolvente, narrada em terceira pessoa, apresenta os acontecimentos em diferentes épocas da vida de Diana e Plínio, como se conheceram, os fatos ocorridos durante o final de semana fatídico e as consequências do crime, o que ocorrera com os personagens após retornarem ao cotidiano. Os capítulos vão se alternando, entre passado e presente, levando o leitor a seguir os passos de cada um dos presentes durante o assassinato.

    A narrativa de Bonini é muito envolvente, o autor construiu muito bem cada personagem da obra e apresenta diversos fatos a respeito da vida de cada um deles, mistérios e segredos que poderiam levar boa parte do núcleo principal a cometer tal crime, isso faz com que o leitor desconfie da maioria dos convidados presentes no evento, segredos e mentiras recheiam a obra do começo ao fim.
    Eu já tinha curtido a criatividade do autor em sua primeira obra, mas tenho que admitir que ele se superou com 'O Casamento', a qualidade da narrativa e os elementos de ambientação me surpreenderam muito, ponto positivo pra ele.


    A edição está muito bonita, um dos melhores trabalhos da editora na minha opinião...confesso que a capa me encantou logo de cara, nem precisei ler a sinopse para desejar realizar a leitura, pois a imagem combinada com o título logo me intrigaram por serem despertarem sentimentos opostos. A fonte utilizada é muito boa e torna a leitura mais dinâmica, assim como a escolha do tipo de papel e a coloração das páginas, a Faro Editorial nunca erra! E por falar em erros, quase não encontrei nenhum.


    Se você assim como eu, é fã do gênero... precisa conhecer essa obra! Mas caso você esteja apenas buscando um livro de crimes e mistério para se inserir nesse universo, super recomendo também!
    A obra tem um dos melhores Plot Twist que já li nesses últimos tempos, ainda mais por se tratar de um livro de suspense policial. Eu, pra variar, suspeitei de pelo menos umas três pessoas diferentes e nenhuma delas era o real assassino. Te desafio a descobrir, ou pelo menos tentar ;)
    

Classificação

Gênero
Ficção
Literatura Brasileira
Suspense Policial
Mistério

19 comentários:

  1. Olá!
    Quando comecei a ler a resenha, só pelo título do livro já estava pensando que seria um romance, mas me enganei completamente hahaha. Parece um livro muito eletrizante e fiquei morrendo de vontade de ler. Conforme lia sua resenha, fiquei pensando nos livros da Agatha Christie e em como ela vai induzindo você durante a trama, e no final é impressionante como eu to sempre errada em acertar o assassino kkkk.
    Muito legal, adorei!

    Beijos

    Blog Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  2. Oiii Raquel

    Eu tenho Colega de Quarto e O Casamento aqui em casa pendentes pra ler, estou ansiosa pra conferir as duas histórias, embora pressinto que o segundo irá me agradar mais. Esse livro tem alcançado tantas boas criticas, impossivel nao ficar com muita expectativa, espero gostar também.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Esse é um gênero que não leio muito, mas gostei de todos os livros que já li até agora, hehe. Adorei sua resenha e fiquei mega curiosa para ler a obra!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Livros policiais dificilmente me atraem, porque dificilmente consegui terminar leituras desse gênero. Acontece que eles me irritam bem fácil. Achei a atmosfera da narrativa legal, mas não me motivou a ponto de querer ler. Acho que, também, dificilmente existem romances policiais que fogem do lugar-comum, então, prefiro não arriscar. Mas que bom que gostou do livro :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu amo de paixão tramas assim, romances policiais me ganham rapidamente. Esse bendito livro está a um tempo em minha lista de desejos e eu só fico chupando dedo com as resenhas que leio. Louca para conhecer estas reviravoltas. Quero ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Realmente a capa é linda e já se destacou por isso..
    Quanto a história, acredito que deve ser bem envolvente e fiquei curiosa para saber do desfecho rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Estou lendo este! Estava procurando livros policiais e vi este na livraria. Me chamou atenção que era brasileiro. Fiquei namorando até ficar na promoção! Promoção sempre é bom!

    Boa resenha!

    ResponderExcluir
  8. Esse é o meu gênero preferido e estou louca para ler esse livro

    ResponderExcluir
  9. Amei a história. Não conhecia o livro é fiquei bem interessada. Achei interessante também o fato de parecer ser um livro sobre um romance, mas não. Adoro o gênero e já está em kinha lista.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e pelo titulo e capa jamais imaginei que seria sobre detetive! Pensei que fosse traição ou algo assim rsrsrsr!
    Gostei da sinopse sua resenha me deixou curiosa para conhecer melhor esta estoria! Dica anotada!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. gahahaha adoro quando livros de suspense e afins me deixam com a sensação de que me enganei total na teoria haushaushuah
    já tinha visto esse livro e fiquei curiosa, me lembrou algo de Agatha...
    bjs...

    ResponderExcluir
  12. Há um tempo não leio um suspense policial e esse me pareceu ser bem interessante. Fico contente por se tratar de um livro nacional.
    Vou colocar na minha lista de desejados, pois vou querer conferir essa história.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Olá Raquel,
    Eu já tive a oportunidade de ler esse livro e me encantei completamente com a história como você, achei a trama extremamente eletrizante e envolvente e fiquei muuito contente por saber que você sentiu o mesmo que eu.
    Deu uma vontade de reler esse livro ou qualquer outro tão bom quanto esse.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Adorei seu post, esse livro já foi recomendado, mas a pessoa não curtiu, mas como gosto do gênero, ele ,me recomendou e espero poder ler esse ano.
    Bjus

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Adoro esse tipo de leituras com muitos mistérios e reviravoltas. Esse livro está na minha lista e será uma das próximas aquisições.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  16. Olá, depois da sua resenha eu fiquei ainda mais curiosa para ler O casamento (assim como tenho uma vontade enorme de ler o outro livro do autor).

    ResponderExcluir
  17. Olá Raquel, não conhecia o livro, mas achei a trama bem bacana e como adoro romances policiais fiquei curiosa para lê-lo *-* Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Estou louca para ler este livro, ainda mais por ele ser tão envolvente! O autor esteve aqui em Campinas, mas infelizmente perdi o evento pois eu estava no trabalho </3
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Adoro livros de suspense e sou fã do Victor Bonini!! Gosto quando a leitura me surpreende, quando tudo não é tão óbvio!! O detive vai ter um longo caminho pela frente, assim como nós leitores, uma vez que há vários suspeitos!! A capa do livro está super convidativa para leitura!!

    ResponderExcluir