Entrevista Autora Helena Andrade

                             Por Ana Cláudia Esquiávo
No ano de 2010,  a leitora Helena Andrade descobriu que somente a leitura não lhe satisfaria. Era preciso algo a mais e foi justamente nesta época que Helena  decidiu enveredar para outros caminhos: a carreira de escritora.


A autora nasceu em Mogi Mirim e atualmente reside na região de Campinas, no interior de São Paulo. Helena é casada, mãe de três filhos, trabalha no SUS, ministra aulas de Yoga e concilia as suas atividades com a literatura, sua grande paixão.
O amor pelas artes literárias lhe renderam frutos como os seus livros Simplesmente Amor, Despertar e conto Moinho de  Vento. A autora também escreveu e organizou a antologia Encontros e Desencontros, organiza eventos voltados para a literatura em Campinas e participa do grupo literário Entre Linhas e Letras. O objetivo é estimular a leitura entre jovens através de oficinas.

Literaleitura-   Em Simplesmente amor você conta a história de Alicia, que sofre um acidente de carro, perde a memória e se casa com um antigo namorado. Qual foi a inspiração que você teve para escrever essa obra?

Helena Andrade - Comecei a escrever Simplesmente Amor, que a princípio era intitulado Memórias, antes mesmo da publicação de Despertar. Queria trazer uma história que abordasse aquela sensação de ter certeza que conhecemos uma pessoa e não ter ideia de onde. Muitas vezes, sequer tendo a encontrado na vida. Mas não queria dar a história um tom sensorial inexplicável. Busquei abordar acontecimentos possíveis e acho que consegui. É uma história linda...(sou suspeita pra dizer...hehehehe) e que retrata várias formas de viver este sentimento potente e transformador que é o amor. 

 -    No livro Encontros e desencontros é abordado outra espécie de amor, que é a amizade.  Você se define como uma escritora que gosta de escrever sobre sentimentos?

Helena- Sem dúvida! Minhas histórias vem sempre carregadas de sentimentos. Esta é a magia com a qual busco lidar, trazer a tona experiências e situações que façam o leitor refletir e despertem nele sensações de estar na pele dos personagens.

L -   No Livro Despertar, você conta a história da pediatra Lívia, que deixa a sua vida na cidade e se muda para uma cidade pequena no Amazonas para trabalhar em uma Unidade de Saúde da região. Você buscou inspirações no seu trabalho para o SUS ( Sistema Único de Saúde)?

Helena- Sim! Quando pensei em escrever a história, num primeiro momento, decidi que ela fosse ambientada na Amazônia. Depois fui construindo os personagens e achei que a experiência da Saúde Pública naquela região daria um excelente pano de fundo para a trama. 

L -   Como é o seu processo de escrita? Você faz roteiros das histórias, dossiês de personagens?

Helena - Eu geralmente penso na estrutura macro. Traço a história em minha mente e já imagino algumas cenas, a partir daí construo os personagens. Sempre busco dar sentido a criação, por exemplo, em Simplesmente Amor, para definir a profissão de Miguel levou algum tempo, isso porque eu queria que a profissão dele também demonstrasse toda a sensibilidade deste personagem. 

L   O que os leitores podem esperar de Simplesmente Amor e Despertar?  

Helena - Além de vivenciar intensas emoções, desejo que a leitura seja um momento de entretenimento. Uma possibilidade de sair do cotidiano e adentrar em outra realidade.

L -   Fale sobre os seus projetos futuros.

Helena -Em breve será lançado meu novo livro. A história abordará um romance avassalador tendo como pano de fundo a Floresta Amazônica e algumas regiões da Itália e traz como ponto principal da trama uma doença hematológica. Escrever este livro foi um dos maiores desafios de minha carreira, não só pela intensa pesquisa, mas também por eu ter de tomar decisões difíceis quanto ao rumo da história. Além deste, estou trabalhando em uma nova antologia de contos com outras autoras e em breve poderei trazer maiores detalhes. Enquanto isso desejo que os leitores possam aproveitar minha obras já publicadas e conhecer um pouco mais de minha escrita. Um livro é uma excelente oportunidade de viagem e acredito que os meus proporcionam isso.


 Ana Cláudia é escritora e jornalista

2 comentários:

  1. Olá!! Gostei muito de saber mais a respeito da escritora. Ela é muito talentosa e quero ler a obra dela. Gostei muito de saber como tudo começou e como foi chegar até aqui.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ana querida, eu amei conceder a entrevista e agradeço muitíssimo por seu carinho. Que possamos estar realizando esta interação em diversos momentos de minha carreira e do seu blog lindo ������. Simplesmente Amor pra você!

    ResponderExcluir