Resenha: P.S.: Ainda Amo Você


Autora: Jenny Han
Editora: Intrinseca
Ano: 2015
Páginas: 304

Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.
Em "Para todos os garotos que já amei", Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em "P.S.: Ainda amo você", Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.
Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.

           Eu sempre me sinto um tanto insegura em ler continuações, pois vária vezes, os autores tem uma certa dificuldade em manter o ritmo da história, quando não algumas continuações conseguem ser até decepcionantes.

Contudo, é válido lembrar que estamos falando de Jenny Han, e Jenny Han nunca decepciona. "P.S. Ainda amo você", a sequêcia do best-seller "Para todos os garotos que já amei" continua exatamente de onde parou o primeiro livro, o que para mim já um baita de um ponto positivo. Sinto um buraco na história, quando a continuação começa depois de ter passado um tempo na história. 

    "Você me libertou, Peter. Me deu minha primeira história de amor"

          Logo no começo, Lara Jean e Peter Kavinsky se reconciliam e decidem começar tudo de novo e desta vez é pra valer, é real, e Lara Jean está um tanto assustada com isso, pois nunca esteve em um relacionamento de verdade antes. Mas é claro, nem tudo são rosas e uma coisa muito assustadora acontece: um vídeo de Lara Jean e Peter se beijando no ofurô (aquele do primeiro livro quando ela se declarou pra ele e tudo) aparece em uma conta de fofocas do instagram e de repente tudo vira de pernas pro ar.



Junto com a narradora, passamos o livro todo indecisos se amamos ou odiamos Peter. Um hora ele é um cavaleiro de armadura brilhante montado em um cavalo branco, outra hora ele é um sínico irritante que faz a gente querer encher ele de murros. Poucas são os autores que conseguem fazer você se sentir exatamente como o protagonista e... Eu preciso para de babar ovo para Jenny Han.


Mas o ponto alto nem é esse. Agora temos um outro garoto, um outro destinatário das cartas de Lara Jean em cena: John Ambrose McClaren e.... Eu juro que quando comecei a ler o livro eu disse "pra cima de mim não, Johnny. Meu coração é de Peter Kavinsky" e bem... estávamos todas enganadas (eu e Lara Jean, digo).

    "O chão está coberto de uma camada de neve branca grossa, como lã de carneiro. A cena é tão linda e serena que meu coração quase dói com o prazer do momento. Estou tão feliz, e percebo que é porque não pensei em Peter nenhuma vez. Eu me viro para olhar para John, e ele já está me olhando com um meio sorriso no rosto. Borboletas voam em meu estômago."
           
John aparece no momento perfeito, quando as coisas não estão muito boas entre Lara Jean e Peter, graças as investidas astutas de Genevieve a qual, diga-se de passagem, todos temos vontade de esfregar no asfalto algumas várias vezes.

            
Mais uma delícia de livro! A leitura é tão fácil, é como assistir uma série (ou um dorama, para os entendedores) você nem vê o tempo passar e é tão sutil a forma como Jenny Han traz questões pela qual todos passamos ou passaremos algum dia. Problemas de família, relacionamentos e perdas de pessoas queridas. Esse livro é o tipo de leitura que você indica pras pessoas que gosta, porque queremos que compartilhar o que é bom.

Você já leu e amou tanto quanto eu amei? Ou está correndo para ir ler nesse exato momento? Não deixe de compartilhar sua opinião conosco, e até a próxima resenha!


Classificação


Gênero

Literatura Internacional
Romance
Jovem Adulto


Por: 

    
       





Nenhum comentário:

Postar um comentário