Resenha: Amor Imenso

Autora: Penelope Ward
Editora: Essência
Ano: 2017
Páginas: 272

*Obra cedida pela editora no formato de livro físico, para resenha, referente a parceria de 2017.

Sinopse
Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência? [SKOOB]



  Pela primeira vez em muito, muito tempo um livro me engana em sua capa e em sua sinopse. 

  Ao ver a capa deste livro pela primeira vez pensei que era apenas mais um livro erótico que falava sobre um amor tórrido e que surgia do prazer físico. Mas li a sinopse. Então pensei que seria um clichê, daqueles que duas pessoas se odiavam, mas também sentiam atração um pelo outro e então, de repente, se amavam.


  Se eu me enganei? Completamente! E eu me pergunto se a intenção não foi justamente essa de quem criou essa sinopse que não condiz em nada com a história real do livro.

  Não vou enganar, no início, assim que Amelia e Justin se reencontram, depois de anos sem se falarem, eles trocam muitas e muitas "farpas". Mas Amelia, em momento algum, é relutante. Ela não assume o que sente apenas para Justin, é óbvio, que parece que a odeia desde que o passado dos dois os fez se separarem.

  Durante algum tempo nós ficamos confusos sobre o que pode ter acontecido entre os dois. Desde o primeiro capítulo fica claro que houve sim uma amizade, mas Amelia se sente responsável por esse relacionamento ter terminado. Apenas ao longo da história vamos percebendo o que realmente aconteceu. E, confesso, isso também me surpreendeu.

  E apesar de haver muitas cenas intensas, cenas tipicamente quentes, não se enganem, como eu me enganei a princípio. O relacionamento dos dois não se baseia nessa atração que (realmente) existe, mas em algo muito mais profundo.

  Eu gosto de pensar que esse livro possui duas fases. A primeira é quando eles se reencontram na casa da avó de Amelia, quando a vida os faz ficar frente a frente e encarar o passado como duas pessoas adultas e não mais dois adolescentes. E a segunda parte - a minha favorita - é quando eles retornam à casa de praia.

  A vida dos dois está completamente diferente nesta fase da história. É possível ver uma grande evolução e desenvolvimento das personagens e, consequentemente, da história. Esta foi, sem dúvidas, a minha maior surpresa.

  E não nego que o final não apenas me surpreendeu, como também me emocionou. Sim! Há muito tempo um livro não me fazia chorar de emoção. E este teve um momento tão delicado e doce que conseguiu isso. 

  Então, caso queira uma história com, sim, um grande e imenso amor tórrido, mas também uma doce e emocionante história, eu não posso deixar de te indicar "Amor Imenso".


Classificação:


Gênero:
Ficção
Romance
Erótico



Nenhum comentário:

Postar um comentário