Resenha: Múltipla Escolha

Autor: Alejandro Zambra
Ano: 2017
Páginas: 112
Editora: Planeta

*Obra cedida pela editora na forma de livro físico, para resenha, referente a parceria de 2017.


    O novo livro de Alejandro Zambra, o autor chileno mais aclamado pela crítica internacional. 

     Dizer que Múltipla escolha é um romance seria tão arriscado como dizer que não é. Talvez seja melhor afirmar apenas que se trata de um livro de Alejandro Zambra, porque o estilo e os temas que o converteram em uma das principais vozes da literatura latino-americana se desdobram, aqui, de forma radical. 

     A partir da estrutura da Prova de Aptidão Verbal, aplicada de 1966 a 2002 aos candidatos a vagas em universidades no Chile, o autor cria relatos unindo fragmentos líricos e exercícios de linguagem para retratar problemas éticos: a necessidade de mentir para se afirmar; a vontade de estabelecer vínculos apesar da desconfiança; a percepção de que fomos instruídos a obedecer e repetir. 
    Múltipla escolha passeia por temas que desafiam a sociedade – a desigualdade, a memória, a educação – e mostra um autor que continua projetando uma obra que se diferencia pela maneira como combina a indignação, o humor e a delicadeza. 

    “O escritor mais comentado do Chile desde Bolaño” - The New York Times Book Review 

     “Um escritor notável, muito perceptivo diante da diversidade das formas” - Ricardo Piglia, autor argentino [SKOOB]


    Em 'Múltipla Escolha' encontramos uma forma bastante singular de escrita, Zambra aborda temas como política, educação, família, comportamento, sentimento e ética de forma satírica e nada convencional.
    
    No formato de perguntas e alternativas, o autor redige os fatos ocorrentes no Chile e apresenta aos leitores momentos icônicos, como uma das piores épocas do país, o período da ditadura militar comandada por Augusto Pinochet, fazendo humor de forma sensata e divertida ao mesmo tempo. Também brinca com o caráter e escrúpulos da sociedade, desde suas escolhas até seu modo de pensar e agir.


   "Acho que graças à cola acabamos saindo um pouco do nosso individualismo e começamos a nos torna uma comunidade. É triste dizer isso dessa maneira, mas colar nos tornou solidários. De vez em quando eramos invadidos pela culpa, por uma sensação de fraude, sobretudo se pensássemos no futuro, mas a indolência e a negligência prevaleciam."

    A forma de apresentação da obra foi uma grande novidade para mim, construído de modo similar à uma prova, daquelas aplicadas em vestibulares e concursos, despertou muito minha curiosidade em relação a leitura, além de deixar tudo mais dinâmico e completamente inusitado.



    O autor encontrou uma forma divertida de relatar problemas sociais e políticos presentes no Chile e tira sarro de algumas atitudes que todo mundo pensou em ter, mas que poucos foram corajosos de colocar em prática.

    Não sei se essa é uma característica de Zambra, pois essa é a primeira obra de sua autoria que leio, mas posso dizer que fiquei super interessada em conferir outros de seus trabalhos.


    A diagramação está ótima e não encontrei erros de edição. A capa me chamou muita atenção, ainda mais porque nunca tinha lido nada do Selo TusQuets da editora. Adorei a experiência e fiquei querendo mais, uma vez que a obra possui pouco mais de 100 páginas. O que caracteriza a leitura de rápida finalização.


  Aqui temos diversas formas de questionamentos, desde interpretação de textos até afirmações que geram diversas alternativas, basta o leitor escolher aquela que melhor representa a sentença relatada. Sem contar que em cada alternativa temos uma leve dose de sarcasmo...ainda mais quando todas elas são iguais.



    Se você está procurando algo diferente...para fugir completamente da casinha, eu super recomendo essa obra!

Classificação


Gênero
Literatura Estrangeira
Romance

21 comentários:

  1. bom, eu preciso algo p me tirar da zona de conforto msm, massss nao sei se eu iria me aventurar nesse livro
    apesar da sua resenha positiva acerca dele eu nao me interessei o bastante p pegar e ler ele..

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Quel, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, mas fico feliz que tenha trazido a resenha para nos, quem sabe futuramente eu possa me interessar e até indicar para algumas amigas, otima resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Todos esses temas que você disse que o livro aborda acredito que são importante conhecer, estudar e discutir. Achei interessante a forma que apresenta a obra. As vezes é bom sair da zona de conforto. Você além de me apresentar a obra me deixou curiosa. Beijos'

    ResponderExcluir
  4. Oi Raquel.

    Ler sua resenha foi bem interessante, porque eu já tinha visto o livro,mas não tinha lido nenhuma opinião sobre ele. Conseguiu chamar atenção ainda mais sobre o autor redigir os fatos ocorrentes no Chile. Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Olá!!! Não sabia do que se tratava o livro e adorei sua resenha! O livro parece ser bem dinâmico e uma forma divertida e leve de conhecer um pouco mais sobre o Chile, país tão pouco explorado na literatura. Bjoooo
    www.blogpapelpapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia essa obra e apesar de gostar das suas considerações e poder perceber o bom trabalho de pesquisa que deve envolver só de ter temas abordando sobre política já não me atrairia pra leitura.
    Com certeza para os amantes do gênero é uma ótima indicação.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Que livro interessante! Não conhecia e nem o autor. Fiquei bastante curiosa e vou adicionar na minha lista de "próximos a ler". As quotes que vc escolheu também são bem interessantes, o que atiça a curiosidade ainda mais! Parabéns pela resenha!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Com certeza, é o tipo de leitura que só o seu formato diferente já chama atenção. Achei a ideia do autor muito intrigante e fiquei com vontade de conhecer melhor sua obra.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Quel, tudo bem?

    Achei esse livro bem interessante, a sua resenha também ficou muito boa, talvez eu solicite esse livro na Planeta, pois me despertou vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu não estava gostando tanto do livro no início da resenha, mas depois eu vi o quão rico ele é. O quão diferente e original é a forma de Zambra tratar desses temas tão comuns. Eu achei o livro e o autor interessantíssimos e fiquei muito encantada pelo livro e a forma diferente com que ele lida com as questões citadas.
    Quero muito o livro. Não entendi a sua classificação.
    Mas agradeço pela dica maravilhosa!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  11. Oieee
    Achei bem bacana os temas abordados e acho que todos deviam ser discutidos
    Acho que daria sim uma chance
    Beijos
    Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  12. Oiee Quel ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei interessante a forma como o autor escreve e aborda os assuntos. Recentemente vi um filme que se passava na época da ditadura chilena, e desde então estou curiosa para conhecer mais sobre isso. Gostei.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Nossa o formato diferente é a primeira coisa que chama a atenção mesmo. São temas bastantes interessantes e que precisam ser discutidos mesmo. Gostei! Super dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá! Ainda não conhecia esse livro, parece interessante e com uma abordagem diferente. Ótima resenha. Tendo oportunidade, estarei lendo também. super bjoooo

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Não conhecia o livro, e começo que de início nem mesmo chamou minha atenção. Mas depois achei a ideia interessante, e, claro, ótimo para sair da zona de conforto. :)

    ResponderExcluir
  16. A abordagem é bem diferente e interessante, mas confesso que mesmo com o exemplo não entendi muito bem como funciona a leitura. Quero folhear um exemplar e ter uma noção "ao vivo" de como é o livro.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  17. Oiee, que legal a ideia do autor em criar a obra dessa forma, normalmente fugimos de tudo que nos deixa desconfortavel, mas fiquei curiosa para saber do que se trata o livro e como o autor aborda tantos temas variados.

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Que ideia interessante essa gente! Diferente de tudo que eu já vi! Vou procurar saber mais sobre o livro e quem sabe realizar sua leitura futuramente.

    ResponderExcluir
  19. Oi Quel, sua linda, tudo bem?
    Fiquei impressionada com a criatividade do autor, acho que nunca vi um livro dessa forma. O conteúdo histórico, político do livro é muito importante, e sobre um país que confesso não saber muito. Acho que essa obra seria interessante para quem quer pesquisar sobre o país e aprender de forma única!!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu ainda não conhecia o autor e nem a obra, mas fiquei bem impressionada com a temática, além da profundidade abordada. Sua resenha ficou maravilhosa, e com certeza nos deixou morrendo de vontade de realizar essa leitura também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oii!
    Achei bem legal a obra, e a capa muito bonita.
    Mas não sei se seria uma leitura que eu faria.

    :)

    ResponderExcluir