Resenha: Absoluto

Autora: M. S. Fayes
Editora: Charme
Ano: 2014
Páginas: 223

*Obra cedida pela editora na forma de livro físico, para resenha referente a parceria de 2016.

SINOPSE
    Ela era um fenômeno, como estudante de direito.
    Ele era o advogado mais temido do estado.
    Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos.
    Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa.
    Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.
[Skoob]


    Kate é um prodígio enquanto aluna de direito e por esse motivo antes mesmo de se formar, após um episódio único, ela recebe a proposta de emprego que irá mudar sua vida.

    Quando em uma observação universitária de uma audiência acalorada com o Dr. Gabe Szaloki, Kate mostra falhas no julgamento "perfeito" do doutor, as faíscas entre os dois se iniciam e a partir disso, a fama de Kate no meio jurídico começa como sendo a única com coragem suficiente de contradizer o Sr. Absoluto.

    Porém, isso apenas faz com que Gabe se sinta ainda mais interessado pela mulher. Decido a conquistá-la, mostra-lhe várias faces do que realmente é, porém sem deixar de mostrar o seu desejo e real intensão para com ela.

    Kate resiste. Sempre se achou uma mulher frígida, que não conseguia se sentir atraída de forma arrebatadora. O que começa a assustar é que se vê atraída justamente por quem pensa ser arrogante e com um superego. Isso tudo enquanto tem que tentar não magoar, Peter, um dos sócios do escritório que trabalha e que se diz "apaixonado" desde o momento que a viu.

    Com muita resistência, Kate cede aos encantos de Gabe e se surpreende ao ver que o homem é muito diferente do que imaginava. Ela vê que seus preconceitos com base no que ouvia dele em uma audiência moldou toda a sua visão e se vê surpresa ao descobrir que Gabe pode ser um homem divertido e brincalhão. E o melhor de tudo, perdidamente apaixonado.


    Confesso que no início o livro gritava clichê. Foi exatamente o que eu esperava. O casal que brigava, mas se sentia atraído. Para alguém que já leu muitas histórias desse tipo, não esperava nada demais. Na verdade, por todo o teor sexual que já estampava na capa, eu meio que esperava uma versão jurídica de "50 Tons de Cinza".

    Se você, como eu, desanimaria com essa perspectiva, não o faça. A história consegue se recuperar em alguns pontos. Como pontuado na sinopse acontece algo que realmente os afasta e isso sim me surpreendeu. Não esperava algo do tipo e muito menos um desfecho do tipo. Se isso salva toda a perspectiva que tinha do livro? Oh, sim!

    Gostei muito do personagem principal, Gabe, não ser mais uma cópia de Christian Grey. Por que a comparação? Pois muitos dos livros com "cenas eróticas" hoje em dia colocam o personagem masculino como um Don Juan que é na verdade um sádico ou, no mínimo, controlador. 

    A personalidade de Gabe não poderia ser mais controvérsia com o que a personagem Kate nos faz acreditar no início do livro. Isso me agradou imensamente, principalmente na parte familiar do personagem. Sem dúvidas me fez aumentar a minha visão do livro e ser capaz de dizer: "Leiam, se gostam de um romance mais doce, vão gostar".

    Aos que não são fãs de romances ou têm um tipo específico de romance como gosto, talvez este livro não lhes agrade muito, principalmente se o clichê não estiver incluso neste gosto. Porém, se assim como eu você curtir um romance "água com açúcar e alguns cubinhos de chocolate ao lado", então tenho certeza que vão apreciar esse livro.

Classificação

Gênero
Romance
Ficção


27 comentários:

  1. Olá! Tudo bem com você? Poxa, esse livro eu pulo rs. Legal sua resenha mas esse estilo de literatura eu deixo de lado.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de romances, mas não muito água com açúcar. Achei a capa linda e bem sensual. Infelizmente a maioria dos romances de hoje em dia são do tipo 50 tons de cinza. Eu realmente gostaria de ter assistido ao momento em que ela derruba os argumentos dele. Adoro quando mulheres fazem isso!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Realmente a premissa parece um pouco clichê. Mas o livro não deixa de conseguir chamar minha atenção, fiquei curiosa para conhecer os personagens e o desenrolar dessa trama.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi..
    Ai ai ai, esses livros da editora charme <3
    Sua conclusão na resenha foi excelente..
    quero ler, conhecer essa história.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda eu amo romance e não me importo nenhum pouco com os clichês, claro que o autor que que usá-los de uma forma satisfatória. Este livro tem tudo para me agradar e ainda pretendo ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi, confesso que a premissa do livro não me atraiu, já que me lembra de muitos livros famosos e romances de banca, que estou saturada de ler, por isso, deixarei passar a dica, já que também não curto esse estilo de livro.
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, sua linda, tudo bem?
    Ah, meu Gabe!!! Que saudades dele, você sabe que eu é que sou a Édes dele, risos.... Esse livro é hora leve, ora intenso, eu adorei e não vejo a hora de ler a continuação!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    A autora desse livro mora aqui na minha cidade, é super alegre e linda
    Ainda não li esse livro, mas tenho certeza que ia gostar. Amo um clichê, mas o meu problema seria o hot.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu já li esse livro e achei a história bem fofa. Ainda teve alguns momentos bem clichês, e para mim, faltou alguns detalhes serem mais trabalhados. Mas em suma, é uma ótima trama e que eu gostei bastante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Passo longe desse tipo de livro, como você disse, grita clichê! haha
    Mas que bom que esse te surpreendeu!!
    Assim que é bom! <3

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Rachel!
    Pela capa eu não me animaria muito em ler não, não tenho nada contra hot, mas quando capa deixa isso implícito demais me afasta um pouco. A premissa é legal, mas não sei se leria por ser bem parecido com muitos que já li, não ando na vibe para hot e romance.
    Parabéns pela resenha.
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  12. Oi!!
    Eu lembro quando a editora lançou esse livro e não sei porque a sinopse e trama não chamam a minha atenção e olha que eu gosto de romances com essa pegada mais hot, mas esse eu passo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Olá Fernanda, sou louca para ler este livro, acho esta capa maravilhosamente sedutora, sem falar que o Dr Gabe está no imaginário das minhas amigas que já leram Absoluto e como como romance de forma geral, com certeza vou gostar dessa trama.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  14. bem, de qualquer forma, mesmo ele fugindo da proposta inicialmente clichê, ainda assim não embarcaria na leitura dele, é porque realmente não me atraio pelo gênero... a capa tbm não faz meu estilo... mas, legal que ele acabou te surpreendendo ^^
    bjs...

    ResponderExcluir
  15. Oie linda,

    Confesso que nada do livro me despertou a vontade de lê-lo.
    A capa me dar uma aversão e cansei de tantos clichês e não estou numa fase romance. Ando lendo mais fantasia do que qualquer outro gênero.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oie, Fer, tudo bom?
    Realmente o livro soa extremamente clichê da sinopse e, mesmo tendo visto que você se surpreendeu e gostou do livro, eu não fiquei interessada. Deixa pra próxima ):

    ResponderExcluir
  17. 'Se você, como eu, desanimaria com essa perspectiva, não o faça.' você disse tudo, resenha perfeita a sua e que respeita o leitor, respeita quem não curte o estilo e direciona a leitura, por isso amo esse espaço. <3 <3 como faz pra dar 5 estrelas para teu blog?

    ResponderExcluir
  18. Oi, Fernanda! Este definitivamente não é meu tipo de história... hahaha :/

    ResponderExcluir
  19. Eu também lendo a sinopse vi a questão do gritar Clichê porque é basicamente o que acontece em alguns livros, mas tem alguma coisa que muda aqui e ali e depende da leitura para sabe o que é, mas este me parece muito clichê, agora para mim tem que ter alguma coisa muito diferente mesmo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  20. Mesmo gostando de romances, principalmente se for um romance mais doce, não me interesso pela leitura desse livro, justamente pela presença das cenas eróticas. Infelizmente, elas normalmente me fazem empacar na leitura e por isso prefiro não me arriscar.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Oi Raquel! Não me importo de ler clichê, até gosto. Mas esse tipo assim não curto. o cara bem sucedido e moça que rala bastante. Acho que deveriam mudar a receita e fazer algo mais diferenciado. beijos!

    ResponderExcluir
  22. oi, tudo bem?
    já li o livro e não curti tanto. Não achei ruim, apenas fraco. Como você disse, ele grita clichê, e eu não ligo para isso, desde que a história me prenda, e essa não prendeu muito. Foi um bom passatempo, apenas
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá,
    Adorei a sua resenha, mas esse livro não faz o meu estilo, não curto romance hot, mas adorei o post. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi! :)
    Gostei bastante da sua resenha, ainda mais ao comparar inicialmente esse livro com uma 'versão jurídica de 50 Tons de Cinza' HAHA
    Fico feliz em saber que não é haha isso não me interessaria muito, mas é bom saber que a narrativa surpreende e que o Gabe não é o estereótipo do homem controlador em romances sensuais. Fiquei bem curiosa, talvez eu compre o livro :)
    Beijos!

    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  25. Oie
    muito legal sua resenha mas realmente não é um livro que leria pois não chama minha atenção em nada, boa dica para quem curte

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Fernanda.
    Eu conheci esse livro através do Evento da Editora Charme aqui em SP. A história de imediato me pareceu bem interessante mesmo eu não sendo muito fã do gênero, mas me lembrou 50 tons.
    Gostei das suas considerações sobre o livro na resenha e colocarei a sua indicação na lista de: Quem sabe lerei.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  27. Oii. Tudo bem?
    Eu até gosto de livros cliches quando a autora sabe abordar, tem uma escrita fluida e não fica com pontas soltas. Estou curiosa para ler esse livro tem muitas pessoas comentando bem sobre ele.
    Adorei o post, Parabéns.
    Bjs Mary
    Leituras da mary

    ResponderExcluir