Resenha: Um Corpo na Biblioteca


Autora: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2014
Páginas: 180


*Obra pertencente ao projeto Resenhando 6, iniciado no segundo semestre de 2015.


SINOPSE
    "O corpo de uma jovem é encontrado no tapete da biblioteca dos Bantry, às sete da manhã. A vítima é uma completa desconhecida e o casal Bantry decide chamar as autoridades para investigar o caso — e também, é claro, Miss Marple, detetive amadora e amiga da sra. Bantry.

    Tudo se complica ainda mais quando chega até eles a notícia de outra adolescente morta, carbonizada dentro de um carro incendiado em uma pedreira. Qual será a possível conexão entre os dois incidentes?"
  [SKOOB]

     Tudo apontava para mais um dia comum na residência dos Bantry, mas logo no início da manhã os donos da casa se deparam com a histeria de um dos empregados ao encontrar o corpo de uma jovem moça estirado no meio da biblioteca.
    As autoridades são chamadas para investigar aquele suposto assassinato, morte por estrangulamento, foi a causa determinada pelo médico legista e o corpo identificado como pertencente a Ruby Keene, uma das dançarinas do famoso Hotel Majestic. 

    O mais intrigante de toda a situação é que nenhum dos residentes conhecia a jovem vítima. Essa é reconhecida por um parente o qual trabalhava no mesmo local que Ruby, é a partir dai que iniciam-se as investigações. Muitas pessoas são chamadas para prestar depoimento sobre o ocorrido e falar sobre seu relacionamento com a vítima, e assim conhecemos alguns funcionários do Hotel, um jovem hospede que havia demonstrado elevado interesse em Ruby e a família Jefferson, cujos integrantes apreciavam muito a companhia da jovem em suas conversas e partidas de Bridge. No decorrer da trama também são apresentados diversos motivos que teriam levado ao brutal assassinato, um suposto namorado enciumado, um testamento em nome da vítima dando-lhe a posse de uma grande soma em dinheiro, desafetos e inimizades por parte de alguns colegas de trabalho, chantagens e até mesmo infidelidade.

    As pistas e os interrogatórios levavam a caminhos diversos, até que um novo crime é cometido, uma outra jovem é encontrada morta dentro de um carro em chamas, o que direciona a polícia a um novo suspeito. 
    Quem será o verdadeiro culpado pela morte de Ruby Keene e qual a relação entre as mortes? Essa são somente algumas das perguntas que irão atrair o leitor para essa misteriosa trama.


    Dentre os livros da autora que já tive a oportunidade de ler, esse entra na lista dos que possuem uma narrativa mais arrastada, deixe-me explicar, não que eu tenha levado muito tempo para finalizar a leitura, mas a história demora para entrar nos eixos e engrenar, o começo é um pouco lento e o que faz com que o leitor fique cansado logo de cara. Confesso que se eu não gostasse tanto da autora certamente abandonaria a obra nos primeiros capítulos. Que sorte a minha...pois persisti e tive a oportunidade de conferir uma obra um tanto quanto peculiar.

    Esse é o primeiro livro da "Rainha do crime" que me deparo com um detetive que não é Hércule Poirot ou outro personagem do gênero masculino, nessa obra a grande justiceira da verdade é uma senhora solteirona, Miss Marple, que é convidada a investigar o crime devido sua proximidade com os donos da residência onde o corpo da jovem foi encontrado.
    Eu, sendo uma grande admiradora do trabalho de Poirot, não posso cometer o disparate de colocar os dois investigadores no mesmo patamar. Na obra é possível notar que Miss Marple utiliza de métodos de averiguação muito diferentes dos utilizados por Hércule Poirot. Ela não faz muitos questionamentos às testemunhas e conhecidos da vítima, tem uma postura mais distante de tudo que ocorre dentro do cenário investigativo, passando como uma mera observadora. Quem comanda os interrogatórios são dois investigadores de diferentes juridições (cidades/vilas) que trabalham em conjunto na busca pelo suspeito.

    Esse foi um dos fatos que me incomodou ao ler essa obra, a posição da detetive em relação ao inquérito. Também a forma como ela mesma, não estando a par dos interrogatórios, sempre parecia saber o que estava acontecendo apenas por observar as pessoas envolvidas e por suas comparações entre casos já desvendados anteriormente. Ela me pareceu um tanto mexeriqueira e não pude deixar de lembrar daquelas vizinhas incheridas que ficam no portão para bisbilhotar a vida alheia. Ela parecia saber de tudo o que acontecia na vila onde morava, da vida pessoal de cada morador, alegando que esse comportamento devia-se ao simples fato dela compreender a natureza humana.


   Essa edição, mesmo sendo muito bonita com capa dura e ótima diagramação, deixou a desejar quanto a revisão, pois diversos erros ortográficos eram facilmente encontrados no decorrer da história.

    A capa continua sendo um dos atrativos mais importantes nessas edições de Nova Fronteira, e apresenta pontos estratégicos do enredo, como um livro aberto com uma silhueta feminina em suas páginas e ao fundo um carro em chamas, aludindo às duas mortes ocorrentes na obra.


    Mesmo com todos esses contrapontos a obra é bem interessante, depois que se avança na leitura o enredo começa a fluir com naturalidade e torna-se menos cansativo. Isso se deve principalmente aos esteriótipos inseridos, personagens comuns que apresentam um ar de mistério e causam inquietação no leitor. Sim, eu suspeitei de pelo menos umas cinco pessoas diferentes e pelo menos dessa vez o assassino estava entre as minhas suspeitas. 
    O desfecho pode parecer óbvio para alguns, mas muitas das explicações inseridas na revelação do criminoso me pareceram eloquentes e descabidas, até agora estou esperando algum sinal que evidencie a união entre dois personagens que me pareciam completamente distantes durante todo o enredo, algumas coisas simplesmente não tem interpretação lógica para mim.

    Bom, idas e vindas e tantos mistérios, fica aqui a dica de uma leitura rápida e agradável, que certamente prenderá o leitor até seu desfecho singular.  

Classificação

Gênero
Romance Policial
Mistério

                                                                 

30 comentários:

  1. Oi Quel!
    Até hoje não li nenhum dos livros da autora, apesar de ter um, mas fico mais curiosa a cada resenha que leio. Gostei de conhecer este livro, o enredo é mesmo intrigante. Mesmo com os lados negativos, fico com vontade de ler e colocarei na minha lista. :3 Ótima resenha!
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Sorteio A Rainha Vermelha

    ResponderExcluir
  2. Tô lendo no momento e realmente é uma leitura arrastada, mas até que tô me virando haha
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  3. Confesso que nunca li nenhum livro da Agatha Christie ainda, mds hahah
    Gostei da resenha! :)

    http://bloglucidezembriagada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!!! Tudo bem?
    Já tem um tempo que não leio Agatha Christie, entre tantas opções foi perdendo o interesse; pois sempre foi um leitura arrastada e os livros que tinha disponível sempre eram com letras pequena ai embaralhava muito a minha vista. Pretendo voltar a ler algo dela e este parece ser uma boa pedida.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Quel!
    Adoro esse gênro e tenho dois livros da Agatha aqui, esperando para serem lidos.
    Fico feliz q apesar da dificuldade no inicio a leitura tenha valido a pena. Adorei a resenha.
    Bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gosto do gênero, mas ainda não me rendi às histórias da "rainha do crime", acredita? Quero ler em breve!

    Bjs,

    http://tamiresdecarvalho.com/

    ResponderExcluir
  7. Miss Marple tem esta característica mesmo, parece um fuxiqueira, mas eu gosto! Já li este e gostei, mesmo sendo uma leitura mais lenta do que normalmente vejo nos livros da autora.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  8. Olá! Cheguei até seu blog através do link lá no Check-in Virtual da Lívia Santana.
    Só li um livro da Agatha Christie, "A mansão hollow", e como gostei muito, quero ler mais. Pela sua resenha, já vi que se eu quiser conhecer mais a obra dela, vou ter que continuar nos livros com o Poirot, para depois partir para histórias com Miss Marple, e histórias arrastadas como essa. Quanto à edição, fiquei um pouco decepcionada com os erros ortográficos. Essas edições novas em capa dura são tão lindas, que dá vontade de comprar todas sem nem saber do que se tratam as histórias! <3

    http://loucura-por-leituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Nossa eu sou doido para ler algo da Agatha, em especial esse livro, que nunca vi até hoje uma resenha negativa.
    Adorei a resenha.

    Beijos
    ummundochamadolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oii!
    Faz um tempão que estou para ler um livro da Agatha, ainda mais com o incentivo da minha mãe que era louca pelos livros quando mais nova!

    Vitória, www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem? Todas as vezes em que visito o sebo da minha cidade me deparo com vários livros da Agatha, mas nunca me interessei em ler os livros dela. Parabéns pela resenha, muito bem feita.

    ResponderExcluir
  12. esse foi um dos primeiros livros de Agatha que li, e até que curti o enredo...pena q nao te agrado tanto, mas com relação a Miss Marple, tbm tenho certo pé atrás com ela, prefiro Poirot...

    ResponderExcluir
  13. Eu nunca li nada da Agatha ainda. É uma das leituras que estão na minha lista de clássicos pra ler!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Hello, nossa só lendo o título fiquei curiosa para ler esse livro. Li apenas um livro de Agatha e gostei muito da genialidade dela. Bjkas

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Acredita que nunca li nada da Agatha? E pela sua resenha, vejo que esse não é o melhor livro para eu começar. Detesto livros lentos, mesmo que seja só o início
    Beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Hello :)

    Acredita que eu ainda não li nada dela? Agatha e Sherlock são os amores da minha mãe, então tudo deles que eu compro ou ganho, acaba passando pelas mãos dela primeiro. Um Corpo na Biblioteca é um dos que ganhei (e que ela está lendo atualmente). Qual você indica para que eu inicie esse mundo de investigações? Da Agatha eu tenho Cai o Pano, Os Trabalhos de Hércules, Expresso do Oriente, O Natal de Poirot e Um Corpo na Biblioteca.

    Beijinhos e que a Força esteja com você!
    Cantinho Cult
    Galera Geek

    ResponderExcluir
  17. OIEEEEEEEEE

    gente eu AMO agatha, mesmo nao achando alguns livros magnificos, eu fico BABANDO na pessoa que ela foi sabe?!
    queria uma estante de livros só dela!!!

    beijocasss

    ResponderExcluir
  18. Raquel, não consigo ler Agatha porque acabo achando todos os livros arrastados, talvez eu tenha escolhido os mais fracos, mas por enquanto não quero me aventurar.
    Muitos erros de revisão é o fim da picada. O que um livro mais tem que ter é uma revisão impecável, na minha opinião.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  19. Oi! Tudo bem?

    Gostei da sinceridade. Geralmente engrandecem demais a autora... E eu adorei ver alguns contrapontos apresentados por você. Além disso, saber que a leitura é um pouco arrastada me desanima... pois tenho o livro aqui na lista de próximas leituras.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  20. Gosto de livros policiais que exploram o poder de dedução dos detetives. Mas você falou que a personagem parecia mais um fofoqueira. E esse negócio de conhecer a natureza humana parece muita prepotência.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Hi baby, tudo bem? eu preciso começar a ler algo dessa autora, todo mundo me indica e já passou da hora de conhece-la kkk só não sei se quero começar por esse pois a leitura arrastada que você citou pode me deixar com uma má impressão dela! adorei a resenha ;)

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Oie, preciso urgentemente ler algo da Rainha do Crime, mas tenho receio de não gostar, mas este ano eu consigo comprar algo dela, com fé em Deus ! Adorei sua resenha, gosto como você é bem detalhista, beijos Quel

    ResponderExcluir
  23. Vou chorar!! Tive que devolver esse livro para biblioteca sem terminar de ler por causa das aulas da faculdade e até hoje não consegui pegar p terminar, já li outros e esse continua abandonado rs. Eu gosto muito dos livros dela é o tipo de leitura que sei que vou gostar.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  24. Oiie
    quero muito ler algo da autora mais para frente e espero poder, pois curto o gênero e sempre ouço elogios sobre

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi flor, acho que apesar da Agatha Christie ser uma excelente escritora, desenvolver tramas de suspense que nos suprendrm as leituras dela são sempre arrastadas e por isso decidi não ler mais nada da autora e apesar desse livro ter a premissa interessante eu não me arrisco justamente pela sua observação da leitura arrastada.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  26. Ei, tudo bem?
    Eu estou doida para ler esse livro. Já li alguns protagonizados pela Miss Maple e adorei. Como sou acostumada a inícios mais parados, creio que não terei problemas quando fizer a leitura.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  27. Oi Quel,
    Eu sou fã da Agatha, mas como você (e todo mundo) gosto mais do Poirot do que da Miss Maple.
    Mas os livros que ela protagoniza não chegam a me incomodar. Eu nunca consigo achar o assassino mesmo,rs.
    bjs
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Oiee, eu sou doidooo para ler os livros da autora, nunca vi ninguém falando mal deles.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    Ano passado li meu primeiro livro da Agatha e eu amei, e foi com o Poirot e eu curti, agora estou buscando mais livros da autora, ainda não conheço a Miss Marple e seus métodos, preciso conhecer e mergulhar nesse mistério. Essa edição é linda mesmo estou louca para começar a comprar!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  30. Oi!
    Nunca li nada da Agatha, mas tenho a maior vontade.
    Já até pensei em comprar alguns livros dela, espero que esse ano eles saiam da lista e venham para a minha mao.
    Sem falar que essas novas edições são maravilhosas!
    Adorei sua resenha :)

    Bjs!

    ResponderExcluir