Resenha: O Morro do Acaso



Autor: Valter Simas
Editora: Chiado Editora
Ano: 2014
Páginas: 188

SINOPSE
    "O Morro do Acaso narra a trajetória de Thiago, desde a adolescência à vida adulta. O livro é dividido em cinco capítulos: Efeito Borboleta, Correntezas do Além, Flor de Lótus, Roda-Gigante e Jogando os Dados, cada um tendo como foco um ciclo na vida do protagonista.

    Através de uma trama envolvente, repleta de surpresas e com um final emocionante, O Morro do Acaso remete-nos a uma viagem interior na qual a mente humana é concebida como detentora de força própria. Esta não é definida como inimiga, mas a necessidade de tornarmo-nos senhores da mesma é evidenciada.

    A meditação e seus benefícios são apresentados ao leitor assim como a noção de que o passado deve ser enterrado, baseado na conclusão de que só o presente existe e no instante repousa a eternidade.

    A vida, por sua vez, é descrita como um grande sonho, finita e transitória. Logo, nada há para se preocupar, eis que tudo passa. Em sendo assim, o livro defende a assertiva de que até as tormentas do caminho devem ser vividas na sua plenitude. Isso decorre da noção de que toda moeda possui duas faces, ou seja, onde uma estiver também a outra estará necessariamente. Por consequência, ninguém ou nenhum acontecimento seria unicamente bom ou mau.

    Em resumo, a arte de viver é ilustrada pela capacidade de se adaptar e valsar durante as diferentes músicas que se fazem presentes no decorrer da jornada de cada um."
[SKOOB]

    Nessa obra, o autor relata momentos da vida de Thiago, um rapaz simples e inteligente que gosta de aproveitar o máximo que a vida tem a proporciona-lhe. Ele é uma pessoa tranquila e serena, amante da natureza, do surf e da simplicidade do universo. Adora caminhar observando a paisagem e ouvindo os ruídos a sua volta, é um garoto com alto poder reflexivo que gosta de explorar possibilidades.

    "As energias e elementos da natureza sempre trazem ambos os polos na própria essência e, ao mesmo tempo em que contrapõe, estes se complementam."

    Após terminar o colegial, Thiago decide prestar vestibular para Engenharia civil e durante o curso vai mudando seus hábitos e companhias. Após um acontecimento fatídico Thiago altera completamente sua personalidade, transformando-se em uma pessoa diferente do que costumava ser. O rapaz alegre e descontraído, que vivia um dia de cada vez sem preocupações, torna-se uma pessoa indiferente e extremamente fria. Ele trava uma árdua batalha para construir uma carreira bem sucedida, deixando de lado seus antigos ideais, assim como amigos e família.

    Ele quer crescer a qualquer custo, mesmo que precise derrubar companheiros de trabalho que o ajudaram em sua jornada, torna-se um viciado em trabalho, bebidas e cigarro, uma pessoa reclusa sem tempo para os pais, velhos amigos e relacionamentos amorosos. Sua vida agora está diretamente relacionada ao trabalho e ao dinheiro que seus esforços podem proporcionar.

    “Thiago vinha absorvendo o podre e cinzento mundo do poder e do dinheiro, este vinha se tornando aquele mundo”

    Com o passar do tempo ocorrem diversas mudanças na rotina de Thiago, encontros e desencontros que fazem com que ele perceba que suas escolhas podem estar levando-o para um caminho sem volta. É através de conselhos de antigos amigos que Thiago, agora mais experiente, inicie novas transformações em sua vida. Nos basta esperar para ver se o ele conseguirá reverter sua atual situação e quebrar alguns paradigmas.


   Uma palavra caracteriza muito bem essas 188 páginas: REFLEXÃO, pois em muitos momentos o autor nos faz refletir sobre a vida de uma forma íntima e profunda. O leitor inicia uma série de questionamentos sobre suas ações, o modo como o ser humano reage quando submetido a uma determinada situação. "Até que ponto deve-se chegar para alcançar aquilo que mais se deseja?"

     Quanto a diagramação, achei ótima, fonte com um tamanho adequado para tornar a leitura mais agradável, páginas com coloração amarelada que não cansa a vista do leitor. A capa também não deixa a desejar e ilustra perfeitamente momentos vividos pelo protagonista.

    O único ponto negativo que fez com que eu perdesse o foco da leitura por algumas vezes foi o excesso de mudanças temporais durante o enredo. Mesmo se tratando de um livro com poucas páginas, o autor relada diversos momentos na vida do protagonista, isso faz com que o enredo transcorra de forma dinâmica, mas algumas vezes os acontecimentos parecem ser atropelados e o leitor começa sentir falta de algumas informações que seriam responsáveis por fazer a ligação entre o presente e o futuro. 
    Eu me senti um pouco perdida com as mudanças abruptas de dias, semanas e até anos, não que isso prejudique a qualidade final da obra, mas fez com que eu me desligasse do que estava acontecendo em determinados momentos, ficando um pouco perdida com a situação.


    Resumindo, gostei muito da obra, uma leitura rápida e simples que faz com que o leitor comece a refletir sobre sua própria vida a cada situação vivida por Thiago. Você começa a se perguntar "De que forma eu agiria diante dessa situação?" ou "Será que eu estou vivendo realmente ou apenas existindo? É isso mesmo que eu quero para a minha vida?"

    " As energias nos povoam e são capazes de nos impulsionar a realizar ações repugnantes. Eis o preço de estar vivo."

    Uma leitura singular que proporciona ao leitor momentos de reflexão e auto descobertas, deixe-se levar por essas palavras e descubra que o futuro não se trata de um mero acaso.


Classificação

Gênero
 

Um comentário:

  1. Bem interessante, e confesso que não conhecia...!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir