Resenha: Orgulho e Preconceito

Autora: Jane Austen
Editora: Landmark
Ano: 2008
Páginas: 402
Tradutor: Alexandre Barbosa de Souza


SINOPSE
    "O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casadas, o que a Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando o Sr. Bingley, jovem bem sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, a Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas. Enquanto o Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, o Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato. A partir daí o livro mostra a evolução do relacionamento entre eles e os que os rodeiam, mostrando também, desse modo, a sociedade do final do século XVIII." [SARAIVA]

    Praticamente todo mundo já ouviu falar sobre Jane Austen. A inglesa famosa por seus muitos romances também ingleses e nada tradicionais. Assim como muitos, eu tinha ouvido falar sobre as obras, especialmente este que é considerada o seu maior clássico e é o seu segundo romance. Como muitos, tinha apenas visto o filme e como muitos mais, me apaixonei pela história até que resolvi pegar o livro para enfim ver o quão melhor é. Não me arrependo em nada.

    Jane Austen tem uma narrativa muito singular. Apesar de ser bem rebuscado, de acordo com o modo e ser da época, todas as falas e descrições são perfeitamente compreensíveis e fáceis de se imaginar. Não apenas para quem tem um contato maior com os costumes ingleses do século XVIII, mas qualquer um, a partir de sua narrativa, consegue identificar e imaginar bem tudo o que se passa.

    Sem dúvidas, os pontos mais altos da história são os momentos em que ela consegue nos fazer refletir. Austen nos faz pensar sobre nossos próprios preconceitos e orgulhos e como eles são capazes de nos fazer ver as pessoas como as julgamos, sem levar em conta muitos pontos importantes. E faz isso de uma forma discreta e até bem divertida durante toda a narração. Além disso, fica impossível a quem lê não se encantar por Mr. Darcy, já que ele nos é apresentado muito perfeitamente durante o livro, assim como a Srta. Bennet e suas irmãs. 

    O desenrolar do romance é lento, porém cada ponto é fundamental para que aconteça o mais profundo sentimento e admiração que envolve as duas partes. Mais do que isso, podemos explorar os pensamentos confusos de uma personagem que tinha seus preconceitos já lhe tomando os pensamentos e se vê tendo de encarar um novo ponto ao descobrir a verdade. E no meio disso, descobrir novos sentimentos que nos colocam tão ansiosos e angustiados quanto ela. 

    Orgulho e Preconceito tornou-se o meu livro preferido justamente por essa simplicidade, por esse encanto tão grande e pelo romance delicado e puro que ele retrata. Impossível ler e não se apaixonar.


Classificação

Gênero
 



6 comentários:

  1. Olá
    Já tinha ouvido falar sobre Orgulho e Preconceito porém nunca tinha lido uma resenha sobre o livro e curti bastante.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Preciso criar vergonha na cara e ler logo esse livro! Já faz MUITO tempo que quero ler, e sempre acabo comprando outros à frente dele. Eu também amei o filme, o livro deve ser sensacional!
    Beijos!
    http://virtualcheckin.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar desse livro e também do filme, mas... Não li nem vi nenhum dos dois. A hist´pria parece ser interessante, mas sinceramente, eu não leria por enquanto. Seilha, não faz meu gênero literário.

    Mas enfim... Parabéns pela resenha! o//

    Decidindo-se

    ResponderExcluir
  4. Minha irmã sempre fala do livro e eu ainda não li.
    Gostei da resenha

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho esse livro sensacional. Esse romance é maravilhoso. E eu assisti o filme.
    Sua resenha está bem construída e fala do romance ser lento, tem gente que não gosta né?
    Parabéns.

    Beijinhos

    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, mais uma para minha lista de próximas leituras!
    Abçs,
    Arthur.

    ResponderExcluir