Resenha: Íntimo e Pessoal


Autora: Rô Mierling
Editora: Illuminare
Ano: 2015
Páginas: 120


SINOPSE

"Um livro que sonda os mais profundos segredos do coração de uma mulher. Uma mulher que amou mais do que a vida e um homem que deixou seu desejo ultrapassar sua razão. Segredos íntimos, sentimentos profundos de amor, tesão, saudade, revolta e solidão. Histórias, declarações de amor, pedaços de saudade. O que se passa dentro do seu coração? Quem é você quando ninguém está olhando?Íntimo e Pessoal de Rô Mierling - um livro secreto de amor e desejos." [SKOOB]


    Essa é a nossa resenha de abertura da parceria com a Editora Illuminare. Iniciamos com uma obra delicada, intensa e extremamente sensível.

    Íntimo e pessoal, traz uma experiência única ao leitor, um emaranhado de sensações, amor, saudade, indiferença, desejo, decepção, dor, ilusão, paixão, dentre outros. Aqueles segredos que guardamos bem no fundo de nossos corações, escondidos seja por medo ou receio de nos magoarmos ou pela dor de reviver algo que na verdade pretendíamos esquecer.

    A obra é composta por diversas poesias e contos intercalados, fazendo com que a leitura flua de modo mais suave e dinâmico. Um momento agradável, proporcionado por uma leitura repleta de sensibilidade que leva o leitor em uma viagem ao seu interior com momentos de reflexão.

    Esse livro mostra a capacidade que o ser humano tem de se esconder de si mesmo, camuflar seus sentimentos como camaleões, evitando possíveis sofrimentos e constrangimentos. A vergonha que sentimos por nossos desejos e a dificuldade que temos em compartilhar e expor o que realmente sentimos, nossas verdadeiras vontades.

"Ninguém pode dizer o que se passa no fundo e profundo coração humano. O que se vê, se ouve e até mesmo o que se sente vindo das outras pessoas, na grande maioria das vezes, não reflete o que ela realmente sente."

    Achei interessante a autora reservar espaços para que o leitor descrevesse seus sentimentos, ideias e pensamentos ao ler essa obra. Isso mostra um carinho com aquele que está lendo a obra e também faz com que o mesmo possa expressar seus verdadeiros sentimentos sem medo e receio. Fator importante e o tema central relatado na obra.

    Quanto a diagramação do livro, achei linda e sensível, combinando perfeitamente com o texto. Ornamentações e imagens simples e belas, fonte de tamanho adequado para a leitura assim como a coloração das páginas.


   Tenho que confessar que os contos me agradam mais, pois na verdade não tenho a sensibilidade adequada para apreciar poesias, admiro muito aqueles que conseguem escrever de modo tão claro e ao mesmo tempo técnico para formar frases que possam em poucas palavras passar qualquer sentimento ao leitor. 

    Também aprecio muito esse trabalho, do ponto de vista daquele que escreve esse tipo de texto, devido a dificuldade que deve haver para encontrar palavras tão precisas que se encaixem no contexto proposto pelo tema da poesia. Essa forma de escrita é bem diferente da gráfica a qual estamos acostumados, pois ocorre de forma auditiva, onde impera a contagem das sílabas. A contagem das sílabas poéticas é um processo que torna as palavras ligadas mais intimamente umas às outras, dando ao texto o ritmo desejado e a melodia pretendida pelo poeta. 

Tempo de ser feliz

"Um minuto, uma hora, um dia.
O tempo devagar pu apressado,
Na nossa vida passa rápido,
E nunca se faz de rogado.
Por isso a hora de ser feliz é agora.
Não ontem, nem ao meio dia,
Mas nesse instante, no alvorecer de um novo dia.
Se ontem não foi feliz,
Esqueça e tente de novo,
O momento é agora,
Para você fazer um renovo."

Classificação
 

Gênero
Contos
Crônicas
Romance


Um comentário:

  1. Sempre gostei muito de poesias, lia muito quando era mais nova e tinha alguns rabiscos meus em casa até...
    Não conhecia o livro, mas gostei da premissa.

    Beijão, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir