Especial Literário: Dia Internacional da Mulher

      

    Olá queridos LiteraLeitores, em especial um super mega PARABÉNS para nossas lindas leitoras por esse dia tão maravilhoso o qual comemoramos o Dia Internacional da Mulher.

    Nas aulas de história aprendemos a origem desta data comemorativa e muitos de vocês já devem saber, mas para aqueles que não sabem aqui vai um breve histórico.

   "O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto.    O Dia Internacional da Mulher e a data de 8 de março são comumente associados a dois fatos históricos que teriam dado origem à comemoração. O primeiro deles seria uma manifestação das operárias do setor têxtil novaiorquino ocorrida em 8 de março de 1857 (segundo outras versões em 1908). O outro acontecimento é o incêndio de uma fábrica têxtil ocorrido na mesma data e na mesma cidade."

    Para comemorar a data resolvi fazer uma postagem em homenagem a nós mulheres e reuni algumas das escritoras de maior relevância na literatura internacional e nacional. Espero que vocês curtam.


Agatha Christie

    Agatha Mary Clarissa Christie (1890 - 1976), foi uma escritora britânica nascida na Inglaterra que atuou como romancista, contista, dramaturga e poetista. Se destacou no subgênero romance policial, tendo ganho popularmente o título de "Rainha/Dama do Crime".

    Segundo o Guiness Book, é a romancista mais bem sucedida da história da literatura popular mundial em número total de livros vendidos, uma vez que suas obras, juntas, venderam cerca de dois bilhões de cópias ao longo dos séculos XX e XXI. Seu livro mais vendido, 'E Não Sobrou Nenhum' de 1939, é também a obra de romance policial mais vendida da história.

    No total, escreveu setenta e dois romances, sendo sessenta e seis deles do gênero romance policial e inúmeros contos, reunidos em quatorze coletâneas. É constantemente referida por seus emblemáticos personagens, incluindo o detetive belga Hercule Poirot e a idosa detetive amadora Jane Marple, ou Miss Marple.
"Ganhar uma guerra é tão desastroso quanto perdê-la."


Anne Rice

    Howard Allen O'Brien (1941) é uma escritora norte-americana, autora de séries de terror e fantasia.

    Em seus livros, invariavelmente apresenta vampiros como indivíduos com paixões, teorias, sentimentos, defeitos e qualidades, tal como os seres humanos, mas, com a diferença de terem que lutar pela sua sobrevivência por meio do sangue de suas vítimas e sua própria existência que, para alguns deles, é um fardo a ser carregado através das décadas, séculos e até mesmo milênios.

    Seu livro de maior sucesso é 'Entrevista com o vampiro'. Anne relata que escreveu esse livro em apenas uma semana, após a morte de sua filha por leucemia, retratada na personagem Cláudia. Entrevista com o Vampiro foi para as telas dos cinemas, sendo que Anne escreveu o roteiro e acompanhou de perto a produção.
"Você tem que ser suficientemente forte para se dispersar sem ser destruído."


Cecília Meireles


 
      Cecília Benevides de Carvalho Meireles (1901 - 1964) foi uma poetisa, pintora, professora e jornalista brasileira. É considerada uma das vozes líricas mais importantes das literaturas de língua portuguesa.

 Teve importante atuação como jornalista, com publicações diárias sobre problemas na educação, área à qual se manteve ligada, tendo fundado, em 1934, a primeira biblioteca infantil do Brasil. Observa-se ainda seu amplo reconhecimento na poesia infantil com textos como 'Leilão de Jardim', 'O Cavalinho Branco', 'Colar de Carolina', 'Sonhos da menina', 'O menino azul', entre outros. 

    Publicou 'Nunca Mais…' e 'Poema dos Poemas' (1923), e 'Baladas Para El-Rei' (1925). Após longo período, em 1939, publicou Viagem, livro com o qual ganhou o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras.
"Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira."


Clarice Lispector

      Clarice Lispector (1920 - 1977) foi uma escritora e jornalista nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira, autora de romances, contos e ensaios e considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, sendo considerada uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano.

    Estudou direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro, apesar de na época ter demonstrado mais interesse ao meio literário, no qual ingressou precocemente como tradutora e logo se consagrou como escritora, jornalista, contista e ensaísta, tornando-se uma das figuras mais influentes da literatura brasileira e do modernismo e sendo considerada uma das principais influências da nova geração de escritores brasileiros. 

    Conhecida desde a juventude por escrever e publicar seus textos, suas principais obras marcam cada período de sua carreira: 'Perto do coração selvagem' (1943), 'Laços de família' (1960), 'A paixão segundo G.H.' (1964), 'A hora da estrela' (1977) e 'Um sopro de vida' (1978).
"A palavra é meu domínio sobre o mundo."


Cora Coralina

    Pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, (1889 - 1985) foi uma poetisa e contista brasileira. Considerada uma das principais escritoras brasileiras, teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965, 'Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais', quando já tinha quase 76 anos de idade.

    Mulher simples, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.

    Cora Coralina recebeu o título de Doutor Honoris Causa da UFG (1983). E, logo depois, no mesmo ano, foi eleita intelectual do ano e contemplada com o Prêmio Juca Pato da União Brasileira dos Escritores. Dois anos mais tarde, veio a falecer.
"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."


Jane Austen

    Jane Austen (1775 - 1817) foi uma proeminente escritora inglesa. A ironia que utiliza para descrever as personagens de seus romances a coloca entre os clássicos, haja vista sua aceitação, inclusive na atualidade, sendo constantemente objeto de estudo acadêmico, e alcançando um público bastante amplo.

    Nascida em Steventon, Hampshire, de uma família pertencente à nobreza agrária, sua situação e ambiente serviram de contexto para todas as suas obras, cujo tema gira em torno do casamento da protagonista. A inocência das obras de Austen é apenas aparente, e pode ser interpretada de várias maneiras. Os meios acadêmicos a têm considerado uma escritora conservadora, apesar de a crítica feminista atual reconhecer em suas obras uma dramatização do pensamento de Mary Wollstonecraft sobre a educação da mulher.
    "A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinônimos."


J. K. Rowling

Resultado de imagem para j.k rowling    Joanne Rowling (1965), é uma escritora britânica de ficção, autora dos sete livros da famosa e premiada série Harry Potter, e de três outros pequenos livros relacionados com Harry Potter.

    Seus livros, traduzidos para 64 línguas, venderam mais de 450 milhões de cópias pelo mundo todo, e renderam à autora por volta de 1 bilhão de dólares. Em 2012 a autora publicou seu primeiro romance adulto 'Morte Súbita' e em seguida os romances policiais 'O Chamado do Cuco' (2013) e 'O Bicho-da-Seda' (2014).

"Não adianta se entregar aos sonhos se você se esquece de viver."


Nora Roberts

    Eleanor Marie Robertson, (1950) é uma escritora norte-americana de mais de 200 best-sellers românticos. Ela escreve também sob o pseudônimo de J. D. Robb (na Série Mortal), Jill March e Sarah Hardesty (em publicações no Reino Unido).

    Roberts foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame. A partir de 2011, seus romances, combinados, totalizaram 861 semanas na Lista de Best-Sellers do New York Times, incluindo 176 semanas na posição de número um. Mais de 400 milhões de cópias de seus livros foram impressas, incluindo 12 milhões de cópias vendidas em 2005.

    Autora de destaque e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.
"Acho que eu gostaria de estar apaixonada. Mesmo que doesse. Você não pode se sentir insignificante se está apaixonada, não é mesmo?"


Rachel de Queiroz

    Rachel de Queiroz (1910 - 2003) foi uma tradutora, romancista, escritora, jornalista, cronista prolífica e importante dramaturga brasileira.

    Autora de destaque na ficção social nordestina. Foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras. Em 1993, foi a primeira mulher galardoada com o Prêmio Camões. Ingressou na Academia Cearense de Letras no dia 15 de agosto de 1994, na ocasião do centenário da instituição.

    Entre suas principais obras estão os romances 'As Três Marias' (1939) e 'Memorial de Maria Moura' (1992).
"Doer, dói sempre. Só não dói depois de morto. Porque a vida toda é um doer."



    Espero que tenham gostado, deixem nos comentários quais suas escritoras e obras favoritas desta lista e dicas de novas escritoras.

    Feliz Dia Internacional da Mulher e beijokas da...


2 comentários:

  1. Tia JO! <3 Quanto amor minha escritora favorita retratada nessa homenagem maravilhosa a essas mulheres que são verdadeiros vasos mais preciosos do mundo.

    http://victor-reads.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei ver tantas brasileiras na lista. Nem consigo escolher minha favorita, são todas tão talentosas! Mas confesso que herdei da minha mãe a idolatria por Agatha Christie.
    Beijos!

    www.diarioquaseescritora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir