Top 10: Livro Preferido

Olá meus queridos LiteraLeitores, hoje estou aqui para inaugurar uma nova temática...o nosso TOP 10. A princípio seriam apenas os 5 melhores, mas pela insistência de alguns seguidores resolvi fazer um TOP 10, assim teremos um maior número (o dobro, literalmente) de dicas para vocês leitores.

Para iniciar essa temática, nada melhor que uma pesquisa sobre a preferência daqueles que mais importam para o nosso blog...VOCÊ, seguidor Literaleitura. Durante esses dias realizamos uma pesquisa na Fan Page e em alguns grupos literários com a seguinte pergunta:

"Qual o seu livro preferido, aquele que na sua opinião todos deveriam ler, pelo menos uma vez na vida?"

E de acordo com a maioria dos comentários montamos nosso primeiro TOP 10, com os títulos mais indicados.

10. Trilogia A Seleção

    Série literária escrita pela autora norte-americana Kiera Cass. O primeiro livro , o qual dá nome a série, 'A Seleção', foi lançado em 24 de abril de 2012 nos Estados Unidos. O segundo, 'A Elite' foi lançado em 23 de abril de 2013, enquanto o terceiro, 'A Escolha', foi lançado dia 6 de maio de 2014 nos Estados Unidos e no Brasil. Recentemente a autora anunciou que a série terá mais dois livros, 'A Herdeira', previsto para 5 de maio de 2015 e o último, cujo título não foi divulgado, previsto para 2016.

    A história se passa num futuro alternativo, em um país chamado Illéa: uma monarquia em que a sociedade é divida em castas. Os eventos ocorridos são narrados por sua protagonista, America Singer, uma jovem pertencente à casta Cinco que acaba entrando para a Seleção, onde deverá competir com outras 34 garotas pela mão do Príncipe Maxon, assim como o título de princesa e futura rainha de Illéa.



Eu... particularmente não li para poder dar uma opinião do porquê essa série entrou para o TOP 10 (como disse, essa foi uma escolha dos leitores e não minha), tenho os três livros, mas ainda não tive a oportunidade de ler.


9. As Crônicas de Nárnia
    
    Série de sete livros de fantasia, escrita pelo autor britânico Clive Staples. Lewis. É a obra mais conhecida de Lewis, sendo a série considerada um clássico da literatura, tendo vendido mais de 120 milhões de cópias mundialmente, figurando como uma das obras literárias mais bem sucedidas e conhecidas de todos os tempos, traduzida em 41 idiomas. 
    Escrito por Lewis entre 1949 e 1954, as Crônicas de Nárnia foram adaptadas diversas vezes, inteiramente ou parcialmente, para a rádio, televisão, teatro e cinema. Além dos tradicionais temas cristãos, a série usa caracteres da mitologia grega e nórdica, bem como os tradicionais contos de fadas.

    As Crônicas de Nárnia apresentam, geralmente, as aventuras de crianças que desempenham um papel central e descobrem o ficcional Reino de Nárnia, um lugar onde a magia é corriqueira, os animais falam, e ocorrem batalhas entre o bem e o mal. 

Eu... também não li esse, tenho o livro volume único, mas não li ainda pra ter uma opinião, na verdade assisti a adaptação de 'O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa' e não gostei, mesmo assim quero ler, porque os livros são sempre melhores.


8. Extraordinário

    Livro escrito por Raquel Jaramillo Palacio publicado em 14 de fevereiro de 2012 o qual conta a história de August Pullman, o Auggie, que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. 
    Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor. 

Eu... acho que o grande diferencial do livro é realmente por seu enredo mostrar algo real como as dificuldades que a sociedade impõe na vida das pessoas, hoje temos um "padrão" de beleza (ridículo) e tudo que é diferente não é aceito. Esse é mais um dos livros que eu tenho e está na minha pilha de leitura, ainda não li, mas pretendo em breve.




7. As Vantagens de Ser Invisível

    Romance epistolar do escritor norte-americano Stephen Chbosky. Publicado pela primeira vez nos Estados Unidos em 1 de fevereiro de 1999 pela editora MTV Books, foi depois publicado em dezesseis países e traduzido para treze idiomas. Também encontra-se disponível nos formatos digital e áudio.

    Narrado na primeira pessoa por um adolescente que se autodenomina "Charlie", a trama acompanha diversas cenas da vida do rapaz através de cartas escritas por ele a uma pessoa anônima. O romance aborda temas como introversão, sexualidade, uso de drogas e outros assuntos comuns na adolescência. Além disso, conforme a história avança, também são mencionadas diversas obras da literatura, do cinema e da cultura pop em geral e discutidos seus significados.

    Chbosky levou cinco anos para escrever o romance, publicando-o aos 29 anos. Ele se inspirou em lembranças de sua própria juventude para criar os personagens e outros aspectos importantes da história. Apesar de ser seu primeiro trabalho, o livro obteve significativo sucesso comercial — entretanto, por seu conteúdo polêmico, foi banido de algumas escolas públicas dos Estados Unidos. Mesmo assim, foi acolhido por adolescentes de todo o país e se mantém popular até a atualidade.

Eu... Até que enfim um livro que eu li, e não poderia ser melhor. Ahhhh, é sério que eu preciso comentar sobre isso? Todo mundo que acompanha o blog e a nossa Fan Page sabe que essa é a minha obra literária preferida <3
Foi o primeiro livro que li escrito na forma de cartas, a história de Charlie me comove, ele é aquele amigo que todo mundo queria ter, aquele que põe as necessidades dos outros acima das dele próprio, mesmo com seus problemas e traumas do passado está sempre disposto a ajudar...quem não gostaria de se sentir infinito com ele?


6. Orgulho e Preconceito

    Romance da escritora britânica Jane Austen, publicado pela primeira vez em 1813. Originalmente denominado First Impressions, mas nunca foi  publicado sob o título, ao fazer a revisão dos escritos, Jane intitulou a obra e a publicou como Pride and Prejudice. 

    A história mostra a maneira com que a personagem Elizabeth Bennet lida com os problemas relacionados à educação, cultura, moral e casamento na sociedade aristocrática do início do século XIX, na Inglaterra. Elizabeth é a segunda de 5 filhas de um proprietário rural na cidade fictícia de Meryton, em Hertfordshire, não muito longe de Londres.

    Apesar de a história se ambientar no século XIX, tem exercido fascínio mesmo nos leitores modernos, continuando no topo da lista dos livros preferidos (como nessa) e sob a consideração da crítica literária. O interesse atual é resultado de um grande número de adaptações e até de pretensas imitações dos temas e personagens abordados por Austen.

Eu... nunca li e esse é o único título da lista que eu não tenho. Não tenho o que falar, pois não sei quase nada sobre a história, nem a adaptação eu assisti. Mas em casa temos uma pessoa que adora, minha mãe assiste sempre que está passando na tv.


5. Série Percy Jackson e os Olimpianos

    Série literária composta por cinco livros de aventura e fantasia, escritos pelo estadunidense Rick Riordan, que retrata a mitologia grega no século XXI. O personagem principal da série é Percy Jackson, que descobre ser um meio-sangue filho de Poseidon, deus do mar. Além dele, outros personagens notórios são Annabeth Chase, filha de Atena, Grover Underwood, um sátiro adolescente, Thalia Grace, filha de Zeus, e Luke Castellan, filho de Hermes. Todas as ilustrações oficiais da série foram feitas por John Rocco.

    Mais de 50 milhões de cópias dos livros já foram vendidas em mais de trinta e cinco países. A série de livros é também considerada uma das mais vendidas da história.

    Desde maio de 2007, a série está entre as mais vendidas na lista de séries best-sellers do jornal estadunidense The New York Times, totalizando até outubro de 2013, 310 semanas. O primeiro livro da série foi adaptado para os cinemas em 2010, com Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios, tendo sido um sucesso comercial, mas recebendo críticas mistas. Uma adaptação do segundo livro, intitulada Percy Jackson: Mar de Monstros, foi lançada em 2013. Os dois filmes foram produzidos pela 20th Century Fox, que adquiriu os direitos de adaptação da série, antes mesmo do lançamento dos livros.



    O sucesso da série Percy Jackson acabou culminando em uma outra série, uma continuação, intitulada de Os Heróis do Olimpo, que além de mitologia grega, envolve também mitologia romana em seu enredo, que contém entre os personagens, alguns de Percy Jackson e os Olimpianos.

Eu... sinceramente prefiro não comentar a respeito, pois adoro as obras do "Tio Rick", sendo assim, sou super suspeita pra falar. Minha série literária favorita e Percy meu personagem preferido <3
Como todo bom fã da série, não gostei das adaptações, pois foram feitas muitas modificações na história...mas não consigo odiar por completo, pois adoro os trabalhos de Logan Lerman, que interpreta o Percy (e Charlie em 'As Vantagens de Ser Invisível), então ainda consegue ganhar uns pontinhos, apesar de poucos, comigo.


4. A Menina que Roubava Livros

    Drama do escritor australiano Markus Zusak, publicado em 2005. A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.

    Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.

    A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.

Eu... chorei horrores lendo e assistindo a adaptação. Acho o livro fez sucesso devido ao carisma dos personagens principais, Liesel, seu pai adotivo, Hans Hubermann e seu vizinho e amigo Rudy. Sem contar que é uma história comovente e agrada muitas pessoas, principalmente aqueles que gostam de momentos históricos da humanidade como as guerras.



 O Pequeno Príncipe

   
    Obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, publicada em 1943 nos Estados Unidos. Numa primeira leitura, aparenta ser um livro para crianças, mas possui um grande teor poético e filosófico. O autor do livro foi também autor das ilustrações originais.  

É o livro em língua francesa que mais foi vendido no mundo, com cerca de 143 milhões de exemplares, e entre 400 a 500 edições. Também se trata da terceira obra literária (sendo a primeira a Bíblia e a segunda o livro O Peregrino) mais traduzida no mundo, tendo sido publicado em 160 idiomas e dialetos.

    Em Portugal, O Principezinho integra o conjunto de obras sugeridas para leitura integral, na disciplina de Língua Portuguesa, no 2º Ciclo do Ensino Básico. No Japão, há um museu dedicado ao personagem principal do livro.

    O Pequeno Príncipe, devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações... O reencontro, o homem-menino.

Eu... li e adorei, concordo que o livro tem um apelo muito mais filosófico que infantil, mas pode ser lido por qualquer pessoa em qualquer período da vida. Uma viagem fantástica, impossível de não se apaixonar.


 A culpa é das estrelas

    Sexto romance de John Green, foi publicado em janeiro de 2012.

    A história é narrada por uma paciente com câncer de 16 anos de idade, chamada Hazel Grace, que é forçada por seus pais a participar de um grupo de apoio, onde posteriormente se encontra e se apaixona por Augustus Waters, de 17 anos, ex-basquetebolista amputado.

    Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. 

Eu... realmente não acho que é tudo isso que falam, li e gostei, mas não é nada surpreendente. Você super fã desse novo queridinho dos leitores juvenis, pode estar até me tripudiando neste momento, mas eu tenho minha justificativa. Sou do tipo de pessoa que nunca consegue prever o que vai acontecer no decorrer de uma história, mas logo no início da obra eu já sabia de fato o que iria acontecer no final...e olha que eu li já faz um tempo, quando não tinha essa enxurrada de spoilers na internet. Confesso que chorei em determinada parte do livro, mas não está entre os meus preferidos.


 Série Harry Potter

    Série literária de aventuras fantásticas escrita pela britânica Joanne Murray, também conhecida como J. K. Rowling. É constituída por sete livros e, desde o lançamento do primeiro volume, 'Harry Potter e a Pedra Filosofal', em 1997, ganhou grande popularidade e sucesso comercial no mundo todo e deu origem a filmes, videojogos, entre outros itens.

    Mundialmente, a série Harry Potter vendeu cerca de 600 milhões de exemplares, até dezembro de 2011, em mais de 67 idiomas. O livro da série que mais vendeu foi Harry Potter e a Pedra Filosofal com cerca de 120 milhões de cópias comercializadas. Graças ao grande sucesso dos livros, Rowling tornou-se a mulher mais rica na história da literatura. Os livros são publicados pela Editora Rocco no Brasil.


    Grande parte da narrativa se passa na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e foca os conflitos entre Harry Potter e o bruxo das trevas Tom Marvolo Riddle conhecido pelos bruxos como Lord Voldemort ou Você-Sabe-Quem. Ao mesmo tempo, os livros exploram temas como amizade, ambição, escolha, preconceito, coragem, crescimento, responsabilidade moral e as complexidades da vida e da morte, e acontecem num mundo mágico com suas próprias histórias, habitantes, cultura e sociedades.

    Todos os sete livros planejados foram publicados. O sétimo e último, denominado 'Harry Potter e as Relíquias da Morte', foi lançado nos Estados Unidos em 21 de Julho de 2007, e no Brasil em 10 de Novembro.

Eu... também adoro a série, ela aparece em quase todas enquetes de literatura na atualidade. Sei que muitos leitores de literatura clássica vão chiar por um livro infanto-juvenil aparecer em primeiro lugar, mas o fato da série ser responsável por levar milhões de crianças e jovens a se apaixonar pela leitura, isso deve ser reconhecido. Afinal, quanto mais cultura melhor!



Espero que vocês tenham gostado do nosso primeiro TOP 10, especial 'Versão dos Leitores'

Confiram logo abaixo a lista com todos os títulos citados na enquete


1984 - George Orwell
A Bíblia Sagrada
A Cabana - William P. Young
A Culpa é das Estrelas - John Green
A Droga da Obediência - Pedro Bandeira
A Garota que Você Deixou para Trás - Jojo Moyes
A Insustentável Leveza do Ser - Milan Kundera
A longa Jornada - Nicholas Sparks
A Marca de uma Lágrima - Pedro Bandeira
A Menina que Roubava Livros - Markus Zusak
A Metamorfose - Franz Kafka
A Náusea - Jean-Paul Sartre
A Vida em Tons de Cinza - Ruta Sepetys
Acampamento Shadow Falls - C.C. Hunter
Alguém para Amar - Judith McNaught
Alimente Bem Suas Emoções - Dra. Gisela Savioli
Aristoteles e Dantes Descobrem o Segredo do Universo - Benjamin Alire Sáenz
As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu - Mitch Albom
As Crônicas de Gelo e Fogo - George R. R. Martin
As Crônicas de Nárnia - Clive Staples Lewis
As Faces da Luz - Tatiane Duraes Cardoso
As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky
Assim Falou Zaratustra - Frederico Nietzsche
Cem Anos de Solidão - Gabriel García Márquez
Cidades de Papel - John Green
Coraline - Neil Gaiman
Crepúsculo - Stephenie Meyer
Crime e castigo - Fiódor Dostoiévski
Dezesseis Luas - Kami Garcia e Margaret Stohl
Diário de Anne Frank - Anne Frank
Diário de Classe: A Verdade - Isadora Faber
Dom Quixote - Miguel de Cervantes
Ensaio Sobre a Cegueira - José Saramago
Entre Flores e Chamas - Marli Simões Fabris
Entre o Agora e o Nunca - J. A. Redemerski
Éramos Seis - Maria José Dupré
Extraordinário - R. J. Palacio
Fallen - Lauren Kate
Felicidade Não Tem Cor - Júlio Emílio Braz
Feliz Ano Velho - Marcelo Rubens Paiva
Filhos de Eden - Eduardo Spohr
Flash Forward - Robert J. Sawyer
Harry Potter - J. K. Rowling
Inocência - Alfredo d'Escragnolle Taunay
Instrumentos Mortais - Cassandra Clare
Irmandade da Adaga Negra - J. R. Ward
Jardim de Inverno -  Kristin Hannah
Jogos Vorazes - Suzanne Collins
Julieta - Anne Fortier
Kôra o Pressentimento do dragão - Ana Flávia Abreu
Laços Eternos - Zibia Gasparetto
Mais Além da Escuridão - Catia Mourão e Johnatan Souza
Marley e Eu - John Grogan
Maze Runner - James Dashner
Médico de Homens e de Almas - Taylor Caldwell
Meu Pé de Laranja Lima - José Mauro de Vasconcelos
Momo - Michael Ende
Mulheres Guerreiras - Adelaide Sousa e Tracy Richardson
Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei - Paulo Coelho
Nada é por Acaso - Zibia Gasparetto 
Nascida a meia noite - C. C. Hunter
Negras Raízes: A Saga de uma Família - Haley, Alex
Nunca desista de seus sonhos - Augusto Cury
O Alquimista - Paulo Coelho
O Caçador de Pipas - Khaled Hosseini
O Circo da Noite - Erin Morgenstern
O Corpo Fala - Roland Tompakow Pierre Weil
O Diário da Princesa - Meg Cabot
O Futuro da Humanidade - Augusto Cury
O Hobbit - J. R. R. Tolkien
O Homem de São Peterburgo - Ken Follet
O Jogo do Anjo - Carlos Ruiz Zafón
O Lado Bom da vida - Matthew Quick
O Menino do Pijama Listrado - John Boyne
O Menino no Espelho - Fernando Sabino
O Morro dos Ventos Uivantes - Wuthering Heights
O Mundo de Sofia: Romance da História da Filosofia - Jostein Gaarder
O Nome da Rosa - Umberto Eco
O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
O Rei do Inverno - Bernard Cornwell
O Silmarillion - J. R. R. Tolkien
O Vendedor de Sonhos - Augusto Cury
Odisseia - Homero
Olhai os Lírios do Campo - Érico Veríssimo
Orgulho e Preconceito - Jane Austen
Os 13 Porquês - Jay Asher
Os Heróis do Olimpo - Rick Riordan
Os Irmãos Karamazov - Fiódor Dostoiévski
Os Miseráveis - Victor Hugo
Os Sete - André Vianco
Outono de sonhos e perfeito - Bernard Cornwell,
Para Sempre - Os Imortais
Passarinha - Kathryn Erskine
Percy Jackson e os Olimpianos - Rick Riordan
Perdida - Carina Rissi
Pollyanna - Eleanor H. Porter
Ponte Para Terabítia - Katherine Paterson
Ponto de Impacto - Dan Brown
Pra Sempre - Alyson Noël
Procura-se um Marido - Carina Rissi
Quando Ela se Foi - Harlan Coben
Quem e você, Alasca? - John Green
Reconstruindo Amélia - Kate Baron
Saga do Tigre - Colleen Houck
Se Eu Ficar - Gayle Forman
Ser como o Rio que Flui - Paulo Coelho
Série A Seleção - Kiera Cass
Simplesmente Rrresistível - Rachel Gibson
Trilogia 50 tons - E. L. James
Um Caso Perdido - Colleen Hoover
Um Certo Capitão Rodrigo - Erico Veríssimo
Um Girassol na Janela - Ganymédes José
Uma Canção para Libélula - Juliana Daglio
Vidas Secas - Graciliano Ramos

4 comentários:

  1. Adorei seu Top 10. Não li todos esses livros que estão aí, mas li Nárnia e não achei tudo isso, e diferente de você, gosto mais do filme. As Vantagens de Ser Invisível é lindo, tanto livro quanto filme. Também não acho tudo isso da Culpa é das Estrelas... Sobre Percy não tenho nem o que falar... E Harry Potter é e sempre será meu perfeito... Parabéns!
    www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com

    Carol!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol...que bom que não sou a única que não fica vangloriando 'A Culpa é das Estrelas' :)

      Beijokas da Quel ¬¬

      Excluir
  2. Adorei a sua ideia. Vou fazer no meu blog também, aí te marco kkkkk
    Bjos, Só Mais Uma Página
    http://somaisumapaginamae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, faça sim e me avise para eu poder conferir ;)

      Beijokas da Quel ¬¬

      Excluir