Resenha: Stânix - O poder dos elementos



Editora: Novo Século
Ano: 2013
Páginas: 140

Sinopse
"Stânix é um reino medieval que já foi habitado por humanos, anões e elfos. Durante a primeira guerra, liderada pelo tirano Syrt, o reino só foi salvo pela magia e inteligência dos elfos. Porém, a raça foi obrigada a deixar o reino, incitados pela profecia da segunda guerra. Aaron, um dos nascidos sob o sangue do primeiro grande conflito, foi deixado para trás e nem imagina o destino que lhe aguarda. Apenas ele pode salvar o reino. A profecia está dita e Stânix está em suas mãos..." 


    Bom, para aqueles que já conhecem o estilo das minhas resenhas, não se surpreenderão por eu não contar partes do livro, o resumo da história você pode encontrar na sinopse logo acima e meu papel aqui é dar minha opinião sobre a obra e deixar você LiteraLeitor curioso e quem sabe até conseguir fazer com que você leia o livro, vamos lá então...

    Me surpreendi muito com todo o enredo e ambientação da história, confesso que o tema e os diversos personagens que iam aparecendo ao longo da jornada do jovem Aaron (anões, elfos, príncipes, dragões entre outros), sem contar a capa e até mesmo os mapas, muito me lembravam do livro 'O Senhor dos Anéis' de J. R. R. Tolkien, até cheguei a pensar que seria algo muito parecido...e foi ai que tive uma alegre surpresa, ao contrario da obra aclamada na literatura fantástica (que na minha opinião tem uma escrita massante), Stânix se mostrou um livro sem rodeios, o autor contou uma história sem dar voltas e voltas e enrolar o leitor...isso sem dúvida é um ponto forte, pra quê complicar se você pode simplificar...adorei!

    Essa característica de apresentar os fatos e logo desenrola-los para seguir caminho a uma nova surpresa é um jeito fantástico de contar uma história, isso prende o leitor, cada novo capítulo algo novo acontece e o leitor nunca fica entediado...fica curioso a cada página, conforme outros personagens vão aparecendo na história você fica imaginando "e agora, o que será que vai acontecer?", a trama vai ganhando conteúdo e ao mesmo tempo se tornando cada vez mais enigmática.

    O livro só não ganhou nota máxima por uma única questão, e talvez tenha sido minha culpa, pois fui com muita sede ao pote...queria um final, como acabaria essa guerra? E a profecia, ela iria se cumprir? Mas o autor surpreende mais uma vez, revelando uma possível continuação...isso me animou e angustiou ao mesmo tempo, "vamos lá, ficar curiosa só mais um pouquinho". Resumindo o fim, não é o FIM, será possível um novo, ou novos livros com o desfecho dessa aventura, eu espero que sim! 

Uma leitura rápida e dinâmica, 140 páginas de pura aventura...um livro com gostinho de "quero mais" (literalmente).

    Venha viver você também essa aventura, junte-se à Aaron, Sora e outros personagens em uma viagem rumo ao inesperado...incríveis batalhas e muitas mortes na busca insaciável de um rei pelo poder supremo e a dominação total do reino medieval de Stânix. 

Classificação

Gênero
   





Nenhum comentário:

Postar um comentário