A magia das cores

As cores têm uma grande influência psicológica sobre o ser humano. Existem cores que se apresentam como estimulantes e alegres, outras serenas e tranquilas.


Assim, quando o Homem tomou consciência desta realidade, aprendeu a usar as cores como estímulos para encontrar determinadas respostas.

Sendo assim resolvemos montar uma lista de livros levando em consideração a cor da capa e a simbologia referente a ela. Você poderá perceber o quão incrível é a semelhança entre a simbologia da cor e a mensagem central da obra.



Cor: Vermelho
Simbolismo: Amor e poder
Livro: Em Chamas
Autor: Suzanne Collins

O romance para jovens adultos é o segundo da trilogia Jogos vorazes, foi originalmente publicado nos Estados Unidos em 1 de setembro de 2009 pela editora Scholastic, e lançado no Brasil no primeiro semestre de 2011 pela Rocco.

Sinopse: Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.
A obra foi lançada também como audiolivro e livro digital, e recebido de forma geralmente positiva pelos críticos especializados.

Adaptação: A adaptação cinematográfica da obra estreou primeiramente no Brasil em 15 de novembro de 2013, enquanto que a exibição nos Estados Unidos e em outros países ocorreu no dia 22 do mesmo mês.

 *Meu livro preferido da trilogia
Obra perfeita para representar a cor vermelha, montando o sofrimento e as adversas situações que a protagonista da obra enfrenta pelo amor a família e amigos em contra ponto a sociedade autoritária em busca do poder absoluto.



Cor: Azul
Simbolismo: Personalidade e lealdade
Livro: Harry Potter e a Ordem da Fênix
Autor: J. K. Rowling

O quinto volume da série Harry Potter foi lançado no Brasil pela editora Rocco em 2003 e relata a mais longa das aventuras do aprendiz de feiticeiro: composto de 702 páginas e pesando aproximadamente  800 gramas.

Sinopse: Em A Ordem da Fênix, cujo título faz menção a uma sociedade secreta envolvendo parte dos professores da Escola de Magia.
No livro, Harry não é mais um garoto. Aos 15 anos, continua sofrendo a rejeição dos Dursdley, sua estranhíssima família no mundo dos "trouxas", ou seja, todos os que não são bruxos. Também continua contando com Rony Weasley e Hermione Granger, seus melhores amigos em Hogwarts, para levar adiante suas investigações e aventuras. Mas o bruxinho começa a sentir e descobrir coisas novas, como o primeiro amor e a sexualidade.
Neste quinto livro da saga, o protagonista, numa crise típica da adolescência, tem ataques de mau humor com a perseguição da imprensa, que o segue por todos os lugares e chega a inventar declarações que nunca deu. Harry vai enfrentar as investidas de Voldemort sem a proteção de Dumbledore, já que o diretor de Hogwarts é afastado da escola. E vai ser sem a ajuda de seu protetor que o jovem herói enfrentará descobertas sobre a personalidade controversa de seu pai, Tiago Potter, e a morte de alguém muito próximo.
O desaparecimento de um dos personagens centrais da trama é um dos trunfos de A Ordem da Fênix que, com isto, transforma-se no livro mais dramático, até o momento.

Adaptação: O filme baseado no livro estreou nos cinemas de todo o mundo no dia 11 de julho de 2007.

*Foi o primeiro livro da série que fez com que eu derramasse rios de lágrimas.
Quem melhor que o Harry para representar a lealdade símbolo da cor azul? 



Cor: Amarelo
Simbolismo: Prosperidade, energia e otimismo
Livro: A Resposta
Autor: Kathryn Stockett

O romance lançado no Brasil pela editora Bertrand Brasil em dezembro de 2010 relata a vida de empregadas domésticas afro-americanas que trabalham nas casas de pessoas brancas em Jackson, Mississippi durante o início dos anos 1960. A narrativa se alterna entre três narradores - as empregadas domésticas Aibileen e Minny, e uma jovem jornalista branca chamada Skeeter.

Sinopse: Eugenia Skeeter Phelan acabou de se graduar na faculdade e está ansiosa para tornar-se escritora, mas encontra a resistência da mãe, que quer vê-la casada. Porém, o único emprego que consegue é como colunista de dicas domésticas do jornal local. É assim que ela se aproxima de Aibellen, a empregada de uma de suas amigas. Em contanto com ela, Skeeter começa a se lembrar da negra que a criou e, aconselhada a escrever sobre o que a incomoda, tem uma ideia perigosa: escrever um livro em que empregadas domésticas negras relatam o seu relacionamento com patroas brancas. 
Mesmo com receio de prováveis retaliações, ela consegue a ajuda de Aibileen, empregada que já ajudou a criar 17 crianças brancas, mas chora a perda do próprio filho, e Minny, cozinheira de mão cheia que, por não levar desaforo para casa, já esteve por diversas vezes desempregada após bater boca com suas patroas. Uma história emocionante e estarrecedora onde a cor da pele das pessoas determina toda a sua vida. Um livro que, devido ao seu tema, chegou a ser recusado por quase sessenta editoras antes de ser publicado. 

Adaptação: A história ganhou adaptação para o cinema, no Brasil com o nome "Histórias Cruzadas". O filme foi indicado ao Oscar em 2012 na categoria melhor atriz, melhor atriz coadjuvante e melhor roteiro adaptado.

*Depois desse filme passei a ver tortas de chocolate com outros olhos
O otimismo e a garra das principais mulheres da obra são incríveis, o quanto sofreram e se exporão para relatar os acontecimentos de seu dia a dia. Essa coragem representa muito bem a cor amarela.



Cor: Verde
Simbolismo: Esperança
Livro: O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
Autor: J. R. R. Tolkien

O primeiro livro da trilogia, publicado originalmente em 1954 ocorre num tempo e espaço imaginário, a Terceira Era da Terra Média, que é um mundo inspirado na Terra real, mais especificamente, segundo Tolkien, numa Europa mitológica, habitado por Humanos e por outras raças: Elfos, Anões e Orcs. Tolkien deu o nome a esse lugar a palavra do inglês moderno,Middle-earth (Terra-Média), derivado do inglês antigo, Middangeard, o reino onde humanos vivem na mitologia Nórdica e Germânica.

“Numa cidadezinha indolente do Condado, um jovem hobbit é encarregado de uma imensa tarefa. Deve empreender uma perigosa viagem através da Terra-média até as Fendas da Perdição, e lá destruir o Anel do Poder - a única coisa que impede o domínio maléfico do Senhor do Escuro.

Sinopse: O livro leva-nos para um mundo onde anéis forjados por anões reinam com o seu poder. No entanto, há um anel que é o mais poderoso de todos e, se cai em mãos erradas, pode ter um poder destrutivo. É o que, infelizmente acontece. Mas depois, este perde-se e passado algum tempo, vai parar às mãos de um hobbit chamado Frodo Bolseiro e, este, ao não saber o que fazer com ele, decide consultar um seu amigo feiticeiro de nome Gandalf, o Cinzento. 
Fica decidido ir à bela cidade élfica de Valfenda para fazer um conselho, ministrado pelo sábio Elrond, que determinará quem vai à terra sombria de Mordor e destruir lá, no seu vulcão, o anel, o único lugar em que tal artefato pode ser destruído. São escolhidos o hobbit e mais oito companheiros para realizar tal perigosa missão: os também hobbits Samwise Gamgee (fiel companheiro de Frodo), Merry Brandybuck e Pippin Took (representando os hobbits), o mago Gandalf (representando a ordem mágica dos Istari), os humanos Aragorn e Boromir (representando os homens), o elfo Légolas (representando os elfos) e o anão Gimli (representando os anões).

É impossível transmitir ao leitor todas as qualidades e o alcance do livro. Alternadamente cômica, singela, épica, monstruosa e diabólica, a narrativa desenvolve-se em meio a inúmeras mudanças de cenários e de personagens, num mundo imaginário absolutamente convincente em seu detalhes. 

Adaptação: A obra ganhou uma adaptação cinematográfica em 2001 e foi um grande sucesso de bilheteria, faturando mais de $870 milhões no mundo inteiro, e o segundo filme de maior  e bilheteria no ano de seu lançamento, atualmente é o 28º filme de maior bilheteria de todos os tempos. O filme ganhou quatro Óscars e cinco BAFTAs, incluindo melhor filme e melhor diretor na premiação BAFTA.

*Incrível a luta e todo o esforço na busca de uma esperança que parece estar perdida.



Cor: Branco
Simbolismo: Inocência e pureza
Livro: A menina que roubava livros
Autor: Markus Zusak

Drama publicado em 2005 pela editora Picador. No Brasil foi lançado pela editora Intrínseca. 

Sinopse: A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.
Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.
A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.

Adaptação: A obra ganhou uma adaptação cinematográfica que chegou aos cinemas brasileiros no início deste ano.

*Chorei horrores tanto com o livro quanto com o filme.
A pequena protagonista nos mostra claramente a inocência e pureza vivida pelas crianças mesmo nas dificuldades da guerra e como elas vão se exaurindo com o passar do tempo.



Cor: Preto
Simbolismo: Mistério e fantasia
Livro: Percy Jackson e os Olimpianos - O Último Olimpiano
Autor: Rick Riordan


O quinto livro da série Percy Jackson e os Olimpianos, foi lançado nos Estados Unidos em 5 de maio de 2009 e no Brasil em 10 de agosto de 2010.




“Um meio-sangue, dos deuses antigos filho,
Chegará aos dezesseis apesar de empecilhos
Num sono sem fim o mundo estará
E a alma do herói, a lâmina maldita ceifará
Uma escolha seus dias vai encerrar
O Olimpo preservar ou arrasar.”
- A grande profecia

Sinopse: Os meios-sangues passaram o ano inteiro preparando-se para a batalha contra os Titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou semideus que se une à causa confere mais força ao vingativo titã.
Enquanto os Olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tifão, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem deter o Senhor do Tempo.
Nesse quinto e último livro da série, o combate se acirra e o mundo que conhecemos está prestes a ser destruído. O destino da civilização está nas mãos do semideus anunciado na antiga profecia, e Percy está perto de completar dezesseis anos – a dúvida é: o herói será ou não capaz de tomar a decisão correta?

*Minha série literária favorita
Nada melhor que a mitologia, reunindo deuses, monstros, titãs, centauros, ciclopes e uma série de outros componentes para representar a magia, o mistério e a fantasia dessa cor.



Cor: Roxo
Simbolismo: Nobreza, respeito e intuição
Livro: Quando você a viu pela última vez?
Autor: Lemony Snicket

Segundo livro da série Só perguntas erradas, publicado em 2013, a obra infanto-juvenil relata as aventuras iniciais do então jovem aprendiz lemony Snicket.

Sinopse: Ainda na cidade de Manchado-pelo-mar, ele terá mais um caso para resolver junto com sua tutora, S. Theodora Markson. Desta vez eles foram contratados pelos Knight para encontrar Cleo, a filha desaparecida do casal. A primeira hipótese é a de que ela teria fugido com o circo - mas, ao contrário do que Theodora pensa, não se trata de uma resposta inteligente e adequada para esse mistério, já que Cleo era uma química brilhante (e não uma artista) e com certeza teria deixado um bilhete.
Será que ela havia sido sequestrada? As versões das duas principais testemunhas que viram Cleo no dia de seu desaparecimento são divergentes. Ela foi vista pela última vez no mercado Comidas Incompletas ou no restaurante Faminto’s? E foi embora de táxi ou em seu carro novinho em folha?
Lemony Snicket contará novamente com a ajuda da jornalista-mirim Moxie Mallahan e dos irmãos taxistas Juca e Chico. Mas será que ele desvendará esse mistério? Ou só fará as perguntas erradas mais uma vez?

*Assim como a cor roxa o jovem Lemony nos mostra o quanto pode ser necessário quebrar as regras e seguir sua intuição por um bem maior.



Cor: Rosa
Simbolismo: Romantismo e delicadeza
Livro: O diário da princesa
Autor: Meg Cabot

O livro é o primeiro da série de romances publicados a partir de 2000, nos Estados Unidos, logo tendo edições em trinta e oito idiomas ao redor do mundo.

Sinopse: Mia Thermopolis, uma garota nova-iorquina comum, descobre, de repente, ser a herdeira de um reino europeu. Ela vai, então, morar com seu pai, para aprender a agir como a verdadeira nobre que é. Mas sua avó, a velha princesa Genovia, acha que ela tem muito a aprender antes de poder subir ao trono.

Adaptação: Em 2001 a obra foi adaptada para os cinemas pelo estúdio Disney.

*A delicadeza e o romantismo da cor rosa só poderia ser transmitida por uma princesa e suas dificuldades de adaptação em meio a adolescência.



Cor: Laranja
Simbolismo: Movimento e espontaneidade
Livro: Laranja Mecânica
Autor: Anthony Burgess

Romance distópico  publicado em 1962, situado na sociedade inglesa de um futuro próximo, que tem uma cultura de extrema violência juvenil, onde um anti-herói adolescente dá uma narração em primeira pessoa sobre suas façanhas violentas e suas experiências com autoridades estaduais que possuem a intenção de reformá-lo. É parcialmente escrito em uma gíria influenciada pelo russo e inglês, chamada "Nadsat". É uma sátira à sociedade inglesa.
O romance foi inspirado em um fato real ocorrido em 1944: o estupro, por quatro soldados estadunidenses, da primeira mulher do autor, Lynne. A leitura é difícil, pois Burgess inventou uma linguagem em gírias para ser falada por adolescentes. A linguagem causa estranhamento nos leitores e os termos eslavos e palavras rimadas exigem dedução para o entendimento. A maioria das edições do romance é acompanhada de um glossário.
Em 2005, Laranja Mecânica foi incluído na lista da revista Time dos 100 melhores romances anglófonos escritos desde 1923, e foi nomeado pela editora Modern Library e seus leitores um dos 100 melhores romances anglófonos do século 20. O manuscrito original do livro se encontra na Universidade McMaster em Hamilton, Ontario, Canadá, quando a universidade comprou o manuscrito em 1971.

Sinopse: O protagonista e anti-herói Alex, amante da música clássica (principalmente Ludwig van Beethoven) e líder de uma gangue de delinquentes que roubam e estupram, cai nas mãos da polícia. Preso, Alex é usado numa experiência chamada "Tratamento Ludovico", criado pelo Estado e destinado a refrear os impulsos destrutivos dos delinquentes. Quando volta às ruas, regenerado, passa a sofrer com aqueles que antes eram as vítimas.

Adaptação: O filme foi lançado em 1971 escrito, produzido e dirigido por Stanley Kubrick.

*Clássico, não preciso falar mais nada!
Conturbado, essa é a palavra que une a obra e a cor...uma série de movimentos e atitudes erradas gerando consequências desastrosas.



Cor: Marrom
Simbolismo: Maturidade e estabilidade
Livro: Poirot investiga
Autor: Agatha Christie

O livro é composto por quatorze contos, publicado em 1924 no Reino Unido, pela editora Bodley Head. Neles, o detetive Hercule Poirot soluciona casos de avareza, ciúme e vingança.

Sinopse: Todas as histórias são narradas pelo capitão Arthur Hastings, o fiel companheiro do detetive belga Hercule Poirot, sendo que várias delas contam também com a participação de Japp, o inspetor-chefe da Scotland Yard.
São casos dos mais diversos tipos: roubos, raptos e assassinatos, que Poirot resolve com certa facilidade, utilizando sempre as suas formidáveis “células cinzentas”.
Em uma das histórias, Hastings relata o único fracasso de Poirot, no tempo em ele ainda era da polícia. Em outra, o detetive resolve um mistério deitado em sua própria cama, pois não pôde sair de casa devido a um forte resfriado.

O conto não é o gênero em que Agatha Christie usou o melhor de sua imaginação criminosa. Em compensação, foi nas narrativas curtas que a Dama do Crime demonstrou um insuspeitado talento literário, escrevendo em um estilo mais elaborado e límpido, como o leitor poderá conferir nessa coletânea.

*Rainha do suspense policial, para fechar com chave de ouro.
A simbologia da cor marrom expressa claramente as principais qualidades do nosso querido detetive Poirot e são a chave para seu raciocínio lógico e sagaz.

Fontes: Wikipédia e Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário