Adaptações Literárias


É com grande frequência que atualmente quando vamos ao cinema nos deparamos com uma vasta lista de filmes adaptados de obras literárias. Para aqueles que procuram um momento de lazer apenas curtindo um bom filme, muitas adaptações excedem as expectativas, mas para os leitores assíduos, que buscam conferir a fidelidade da adaptação à obra original acaba sendo frustrante, desde a escolha do elenco até os cortes e mudança do enredo.

Sendo assim, fica a pergunta: "Qual é melhor, o Livro ou o Filme?"
A resposta para essa pergunta é muito pessoal, pois depende do ponto de vista de cada um... caso você seja um leitor apaixonado pela obra literária, é claro que irá preferir o livro, mas se você é uma pessoa que curte ir ao cinema como forma de descontração, o filme sempre é uma boa pedida.

Alguns filmes revelam-se um grande sucesso do cinema ou até mesmo clássicos de suas épocas, caso a obra literária se torne um ‘Best Seller’ é claro que muitos conheceram (como nas Sagas: Crepúsculo, Jogos Vorazes, Harry Potter, O Senhor dos Anéis, etc.), mas na maioria das vezes, muitas pessoas não sabem que as histórias que adoram ver na telinha surgiram basicamente de um livro. Com isso, montei uma pequena lista contendo alguns filmes que não surgiram simplesmente do nada...


À Espera de um Milagre (1999)

Direção: Frank Darabont 
Obra Original: The Green Mile (1996)
Autor: Stephen King

O filme é narrado pelo ex-agente penitenciário Paul Edgecomb,  que vive em uma casa de repouso. Paul conta a história de sua vida trabalhando no corredor da morte durante a Grande Depressão e os eventos sobrenaturais por ele presenciados com a chegada de um novo prisioneiro, John Coffey.
O filme Recebeu quatro indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Melhor ator coadjuvante para Michael Clarke Duncan, Melhor som e Melhor roteiro adaptado. 


De Olhos Bem Fechados (1999)

Direção: Stanley Kubrick
Obra Original: Traumnovelle (1926)
Autor: Arthur Schnitzler

Após sua esposa admitir ter sentido desejo por outro homem, o médico Bill Harford decide partir em busca uma aventura sexual. Ao longo da noite, ele acaba fazendo parte de uma orgia organizada por um culto secreto.
Este foi o último filme de Kubrick, que morreu apenas 5 dias depois de mostrar o corte final do filme para o estúdio.


E se fosse verdade (2005)

Direção: Mark Waters
Obra Original: Et si c'était vrai (1999)
Autor: Marc Levy

Após David Abbott alugar um apartamento ele começa a ver Elizabeth, que insiste que o apartamento é dela. David imagina que houve um grande mal entendido e depois de perceber que ele é o único capaz de ver a moça, fica então convencido de que Elizabeth é um fantasma e passa a tentar ajudá-la a passar para o "outro lado" do pós-vida. Só que ela está convencida de que também está viva e se recusa a fazer qualquer travessia, assim ambos tentam descobrir o que realmente aconteceu.


Desventuras em Série (2004)

Direção: Brad Silberling
Obra Original: A Series of Unfortunate Events (13 livros)
Autor: Lemony Snicket (pseudônimo de Daniel Handler)

O filme é baseado nos três primeiros livros da série (Mau Começo, A Sala dos Répteis e O Lago das Sanguessugas), onde os três irmãos: Klaus, Violet e Sunny passam a viver centenas de desventuras após receberem a notícia da morte de seus pais. Por serem menores de idade eles não podem ainda herdar a fortuna de seus pais, o que apenas ocorrerá quando Violet, a mais velha, completar 18 anos, então o trio passa a morar com o Conde Olaf, um parente distante, bastante ganancioso, que deseja tomar a fortuna das crianças para si.


Laranja Mecânica (1971)

Direção: Stanley Kubric
Obra Original: A Clockwork Orange (1962)
Autor: Anthony Burgess

O protagonista Alex DeLarge  é um sociopata carismático cujos os interesses incluem música clássica, estupro e ultra violência, ele lidera uma pequena gangue de arruaceiros. O filme narra os terríveis crimes de sua gangue, sua captura e a tentativa de reabilitação através do controverso condicionamento psicológico. .
Laranja Mecânica é considerado o primeiro filme punk rock já feito e ainda hoje influencia os estilos visuais e musicais de bandas e filmes.


10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999)

Direção: Gil Junger
Obra Original: The Taming of the Shrew (A Megera Domada)
Autor: William Shakespeare.

Em seu primeiro dia na nova escola, Cameron se apaixona por Bianca. Mas ela só poderá sair com rapazes até que Kat, sua irmã mais velha, arrume um namorado. O problema é que ela é insuportável. Cameron, então, negocia com o único garoto que talvez consiga sair com Kat - o misterioso bad-boy Patrick.


Clube da Luta (1999)

Direção: David Fincher
Obra Original: Fight Club (1996)
Autor: Chuck Palahniuk

O filme conta a história de Jack, um jovem executivo que trabalha como investigador de seguros e cada vez mais insatisfeito com sua vida medíocre. Para piorar ele enfrenta uma terrível crise de insônia e passa a frequentar grupos de autoajuda. Nesses encontros ele passa a conviver com pessoas problemáticas como a viciada Marla Singer e a conhecer estranhos como Tyler Durden. Misterioso e cheio de ideias, Tyler apresenta para Jack um grupo secreto que se encontra para extravasar  suas angústias e tensões através de violentos combates corporais.
Indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Sonoros.


Histórias Cruzadas (2011)

Direção: Tate Taylor
Obra Original: The Help (2009)
Autor: Kathryn Stockett

A história ocorre em Jackson, uma pequena cidade no estado do Mississipi, nos anos 60. Skeeter é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora, ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark, a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo.
O filme recebeu três indicações ao Oscar, melhor filme, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante, e venceu na categoria melhor atriz coadjuvante.


A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (1999)

Direção: Tim Burton
Obra Original: The Legend of Sleepy Hollow (1820)
Autor: Washington Irving

A história ocorre em 1799 no condado de Sleepy Hollow, local misterioso perturbado por uma série de assassinatos onde todas as vítimas são encontradas decapitadas. O investigador Ichabod Crane é enviado para investigar quem estaria ocasionando tais assassinatos. Os habitantes acreditam que o assassino seja um ex-combatente de guerra que se esconde na floresta e sai todas as noites para procurar a sua cabeça, perdida em combate. Em Sleepy Hollow, Ichabod conhece Katrina Van Tassel, que o ajuda nas investigações e por quem se apaixona protegendo-a até o fim da trama.


Sobre Meninos e Lobos (2003)

Direção: Clint Eastwood
Obra Original: Mystic River (2001)
Autor: Dennis Lehane

O filme mostra a história de três amigos: Jimmy, Dave e Sean, que cresceram juntos na classe média de Boston, mas que seguiram caminhos diferentes depois de uma terrível tragédia. Anos depois, eventos brutais fazem com que eles se reencontrem.
O filme recebeu seis indicações ao Oscar (melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor ator, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante) e venceu em duas categorias: melhor ator, melhor ator coadjuvante.


Entrevista com o Vampiro (1994)

Direção: Neil Jordan
Obra Original: Interview with the Vampire (1976)
Autor: Anne Rice

Acidentalmente, um repórter começa uma conversa com um homem que diz ser um vampiro com 200 anos e conta a trajetória de sua vida, desde a época em que ainda não era vampiro e como foi infectado por Lestat, com quem teve grandes aventuras, mas também grandes desavenças.
O filme recebeu duas indicações ao Oscar para os prêmios de melhor direção e de melhor trilha sonora.


O Silêncio dos Inocentes (1991)

Direção: Jonathan Demme
Obra Original: The Silence of the Lambs (1988)
Autor: Thomas Harris

A história acompanha a agente do FBI Clarice que usa a ajuda do perigoso psicopata Dr. Hannibal Lecter para encontrar um assassino em série.
Foi o terceiro filme a ganhar prêmios Oscar em cinco categorias: melhor filme, melhor atriz, melhor ator, melhor diretor e melhor roteiro adaptado. Foi também o primeiro ganhador de melhor filme a ser amplamente considerado o melhor filme de terror, e o segundo dessa categoria, depois de O Exorcista (1973).



Espero que vocês tenham gostado dessa seleção de adaptações, são diversos gêneros para todos os gostos...e ai, qual o seu preferido?
Sugestões de outras adaptações...deixem nos comentários.




Nenhum comentário:

Postar um comentário