Resenha: A Nerd e o Cafajeste


Autor: Valéria Reis
Editora: Young
Ano: 2016
Páginas: 240 

* Obra cedida pela editora no formato de livro físico, para resenha, referente a parceria de 2016.

Sinopse

   Júlia é uma menina órfã, deprimida e sem graça. Trabalha, estuda, lê, conversa com as amigas e morre de medo de praticamente tudo. Sua vida é um verdadeiro tédio, mas tudo pode mudar! Com o começo da reforma da loja em que ela trabalha, seu amor platônico - o pintor - pode estar mais perto do que deveria. Um amor lindo, perfeito e eterno surge... Só que não! Poderá Júlia amar além de seus medos? Confiar além de suas perdas? Aventurar-se além de um romance juvenil? [SKOOB]

    O que fazer quando o seu amor platônico é o maior galinha da cidade? Esse é o grande dilema de Júlia, que é apaixonada por Jhony, o maior cafajeste da região.

    A garota, órfã desde os 13 anos nunca consegui se apegar a ninguém depois de sua terrível perda, desde a morte dos pais ela passou a viver com Roberta, amiga fiel de sua mãe, e trabalhar na loja da tutora com suas amigas. Isso fez com que Júlia se tornasse reservada e se escondesse em seu mundinho nerd.


    Na época em que a loja de vestidos de Roberta está passando por uma reforma Júlia é obrigada a ficar mais próxima de Jhony e o rapaz começa a investir na garota. Ela estaria no céu com a realização de seu maior sonho, caso a fama de Jhony não o perseguisse. Sendo assim ela tenta evitar ao máximo esse possível relacionamento. 

    Júlia tenta lutar contra seu coração durante algum tempo, mas acaba se entregando...Jhony mostra-se completamente diferente de como todos o "pintavam", ajudando a garota a desbravar fronteiras e desafiar seus medos. A vida parecia perfeita, até que ela descobre algumas verdades sobre seu amado e resolve acabar com o relacionamento, afastando-se não só de Jhony, mas de toda a sua vida atual...ela resolve deixar o país para esquecer suas mágoas e tentar recomeçar sua vida.

    Na segunda parte a história, acompanhamos Júlia em sua nova vida, agora dona de sua própria loja e com uma filha adolescente para criar, mas será que ela conseguiu esquecer seu amor da juventude?

    

    O livro é curto e de rápida leitura...leve e divertido. A história pode ser clichê, um romance complicado entre duas pessoas com personalidades completamente diferente que tem tudo para dar errado, e na verdade até deu! Mas o passar dos anos irá revelar uma bela surpresa para os personagens.

    O enredo é descontraído o que faz com que a leitura flua bastante, mas algo que me incomodou foi a velocidade do relacionamento entre Júlia e Jhony, achei um pouco superficial, tudo aconteceu rápido demais, o que deixa o leitor com dúvidas sobre os reais sentimentos dos dois.
    A pesar desse impasse, gostei do desfecho, a autora conseguiu finalizar a história de forma bem agradável e até me surpreendeu em alguns momentos.


    Falando sobre a diagramação, como li a versão digital, não tenho muito que comentar sobre a paginação, mas gostei da fonte escolhida...faz com que a leitura seja confortável.
    Quanto a capa, essa me deixou em dúvida se gostei ou não, mas representa bem o conteúdo da obra.



    Assim, se você está procurando uma história fofa e repleta de clichês, aconselho a mergulhar contudo nesta leitura...vale muito a pena para descontrair e curar uma ressaca literária.

Classificação

Gênero
Romance
Juvenil

20 comentários:

  1. Oi Quel, o enredo é meio clichê sim, mas o que me deixou com o pé atrás foi a rapidez do relacionamento. Os autores precisam tomar cuidado com isso, pois um deslize e as coisas não ficar críveis.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Olá, como vai?
    Gostei dessa resenha, e a personagem tem o mesmo nome da minha mãe.
    Vou anotar na minha lista, quero saber como termina.
    Beijo
    https://qadulta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Realmente, o enredo é clichê, não precisa muito pra saber, acredito que para quem aprecia livros clichês, deve ser uma ótima leitura. Porém, confesso que o estilo de história de amor no geral não me cativa.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Quem ^^
    Esse livro me lembrou muito PRIMAVERA ETERNA que tem o romance dos protagonistas de maneira muito rápida e passa a imagem de superficialidade. Isso é um risco muito grande que os autores estão sujeitos a ter quando não se tem leitores betas sinceros para apontar esses erros.
    É muito compreensível a Julia ser reservada após a morte dos pais e é ainda mais compreensível ela se ver fascinada pelo cafajeste pois querendo ou não existe uma coisa chamada química e quando isso aparece não escolhe caráter, simplesmente existe. Eu já passei por um cafajeste mas na época era tão bom me relacionar que deixava de lado os avisos dele de que não prestava e acabou que tempo depois ele expôs mais abertamente isso e eu quebrei a cara conscientemente.
    Não entendi muito bem a personagem conseguir fazer uma viagem assim de repente, ela tinha benefícios financeiros para tal? Se torna até clichê achar que os brasileiros podem mudar de país quando se tem um coração quebrado. Eu, por exemplo, mal posso ir pra outro município o que dirá ir pra outro país.
    Achei a capa fofinha até e leria essa obra pra curar uma ressaca literária com toda a certeza.
    Muito obrigado pela resenha sincera. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá, mais uma novidade para mim, pois não conhecia o livro.
    Fiquei bem curiosa sobre seus comentários em relação à rapidez do relacionamento e o fato da autora ter conseguido dar um bom final. É mais comum (dentre as minhas leituras) que a história acabe se perdendo...
    Dica anotada!

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Achei o enredo interessante, apesar de já ter livros com essa mesma descrição parece ser divertido.
    Não conhecia essa autora e esse livro.
    Vou anotar a dica pois sua resenha me deixou com vontade de ler, nesse tipo de leitura que funciona muito bem pra uma tarde!

    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  7. Eu não sou de ler histórias assim, mas a sua resenha despertou minha curiosidade - mesmo tendo em mente o que vai acontecer.
    Só fiquei um tanto em dúvida de ler por conta da rapidez do relacionamento da garota com o pintor, pois sempre me irrito com essas coisas.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não conhecia o livro.
    Parece uma leitura divertida. Gosto de clichês, quando bem contados e bem escritos, então eu teria que ler, mesmo, para poder dar uma opinião mais embasada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um bom titulo para distrair. Acho uma delícia este tipo de tema, pois isso é bem comum. Muito bom o post. 😊

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Eu sinceramente não vejo problema em leituras junenis. No geral elas são leves e divertidas. Eu amei a sua dica. O livro parece ser uma leitura prazerosa.
    Vou ler sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Não é bem um livro que eu compraria mas acho que para o público alvo é uma obra que agrade. Ah, gostei da capa, achei fofa.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Não vejo problemas nos clichês e a capa do livro é bem fofa.
    Gosto de histórias assim, até leria se tivesse oportunidade.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Desconhecia a obra, mas só pelo título já dá para saber como será a história.
    Eu gosto de histórias clichês quando há um bom desenvolvimento da história e dos personagens. Fiquei intrigada com a premissa desse livro, espero poder fazer esta leitura muito em breve, seus comentários só me deixaram mais curiosa.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oiii Quel, tudo bem?
    Que resenha divertida menina, fiquei feliz de ver que tu gostaste desse livro, é uma obra diferente do que costumo ler, quem sabe futuramente eu dê uma oportunidade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Essa é uma leitura que realmente deve ser bem gostosa de ser feita, entre uma ou outra mais pesada, para quebrar aquele clima. Adorei a sua resenha, e achei a capa do livro bem fofa, então fiquei com bastante vontade de conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? De fato a capa é meio duvidosa porque parece meio infanto-juvenil (?) Não senti tanto esse nível na história, mas não sei. É um romance clichê mesmo, mas se é bem escrito, com certeza vale a pena a ler. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Essa capa não condiz muito com o que descreveu na sua resenha, mas, mesmo assim fiquei muito interessada na obra, dica anotada!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  18. Oii.
    Eu quero muito ler esse livro ele parece ser bem fofo e eu adoro um bom clichezinho estilo filme de comédia romântica. Acho que vou gostar dele.
    Parabéns pela resenha maravilhosa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Oi.

    Não conhecia o livro ainda, parece ser bem legal, ainda mais por esse título. Ele me lembrou um lançamento da Galera Record, que tem "cafajeste" no título. Vou procurar saber mais sobre o livro e decidir se leio.

    ResponderExcluir
  20. Oi Raquel! Ainda não conhecia esse livro mas parece ser interessante, com uma leitura leve. Muito boa sua resenha. Vou anotar a indicação e espero ler quando tiver oportunidade, bjooooooo

    ResponderExcluir