Resenha: O Ceifador de Anjos


Autora: Juliete Vasconcelos Simões
Editora: Amazon
Ano: 2016
Páginas: 348

SINOPSE

    Por trás da máscara de homem perfeito, se esconde um COLECIONADOR DE FETOS, um serial killer que deixa um rastro de sangue, dor e morte por onde passa, sem deixar pistas para os detetives Christopher e Ramona, que há muito estão em seu encalço. Vincent é o CEIFADOR DE ANJOS. [SKOOB]


    A mistura perfeita entre a vida de um serial killer sociopata que se vê como um justiceiro e a investigação complicada que se dá por seus terríveis crimes. 

   O Ceifador de Anjos é um livro que narra muito bem a vida de Vincent, um homem impecável e com uma vida aparentemente perfeita. Porém, mostrando a todos como ele escolhe suas vítimas, as mulheres grávidas e como ele "salva" os anjos que elas carregam. Sem dúvidas é assim que ele pensa, porém o rastro que ele deixa leva os detetives responsáveis por sua investigação a lugar nenhum. 


   Ao iniciar a leitura, estive um pouco receosa. Isto porque encontrei muitas histórias atualmente em que "doenças" e "psicose" eram romantizadas e não de modo a mostrar como doença e sim como algo "normal". O receio foi de isto acontecer novamente. Porém, neste livro, apesar da forma "natural" que a autora descreve as personagens, ela mostra o quão reais são.

   Vincent é, sem dúvidas, um tipo de sociopata. Ele possui traumas, ainda não esclarecidos, em sua vida. Sem dúvidas, traumas esses que o fazem ser o que é: um serial killer. Porém, da mesma forma, ele possui uma vida comum, um trabalho, mulher e amigos. Como suspeitar de alguém tão gentil, bonito, sociável e pertencente a uma igreja? Justamente esse ar tão natural dele é que faz com que este perfil seja tão verissímil. Pessoas assim existem e possuem essas características.

   Isoladamente, é impossível não se ver admirando Vincent, como sua mulher o faz, porém, conforme mergulhamos na história e vemos como sua mente funciona em conjunto com o lado natural, percebemos que estamos com medo de quando a verdade virá a tona. Percebemos que estamos ansiosos para saber como e se ele será pego!

   Li este livro em um único dia e, acreditem, ele não é pequeno. O fato de ele ser completamente envolvente é o responsável por tal ânsia. Me vi presa em meio não apenas a investigação, que por vezes se mostrou frustrante, como também pela vida de Donna, a mulher de Vincent, e do próprio.

   Sem dúvidas uma trama de perder o fôlego e nos fazer imaginar: quantas pessoas são comuns e ao mesmo tempo podem não o ser? Existe algum Vincent por perto?

   Recomendo essa história a todos que buscam uma trama emocionante e cheia de mistérios e suspense. Prepare o coração para fortes emoções. 


Classificação

Gênero
Mistério
Policial
Suspense




43 comentários:

  1. Ah, Fer, eu amei �� muito obrigada por ter lido e pelo tempo dedicado à essas palavras que me deixaram muito, mas muito feliz mesmo! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda, esse é meu gênero de livro preferido e quando comecei a ler sua resenha, já fui anotando o nome para procurar. Pelos elogios imagino que esteja bem escrito e amarrado. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Gente eu notei que o livro é grandinho para um dia hehehehe, mas sabe? Se ele é bom a gente tem que ler mesmo.
    Pra mim não sei se iria servir, só lendo mesmo para saber
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda, vou confessar que não curto muito suspense/ policial, mas sua resenha me deixou louca por esse livro. A historia parece ser muito boa e como parece ser muito bem escrito, vou dar uma chance a ele e vou ler sim. Muito em breve, aliás. Bjs
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Oiii Fernanda, como vai?
    Que livro é esse garota? Fiquei com bastante vontade de ler, parabéns pela resenha e adoro um terrorzinho <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Fernanda!
    Não é o tipo de livro que eu procuraria normalmente, mas a sua resenha me chamou demais a atenção e este mes eu estou MEGA voltada para os sociopatas/pisicopatas.
    Nossa, você leu em um único dia? Gente, ele deve ser mesmo muito envolvente, já estou curiosa, preciso de tramas assim!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adoro suspense policial e esse parece ser dos bons.
    Fiquei curiosa para conhecer a história de Vincent, como ele age e se será pego.
    Pela quantidade de páginas, se você leu em um dia, com certeza deve ser ótimo e uma leitura bastante envolvente.
    Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nossa. Muito boa resenha, eu já tinha visto a sinopse desse livro e tinha ficado interessada. Estou na vibe de terror, suspense, ultimamente tenho lido bastante esses gêneros e esse com certeza estará em breve na minha estante!
    literaturanews.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Fernanda, tudo bem?
    Que legal que o livro não romantiza psicose em questão, gosto de livros que mostram a face real, é interessante ver que o retrato do psicopata e entender como a mente dele funciona. Uma pessoa que se esconde por detrás de uma máscara e passa uma imagem que não levanta suspeitas ao mesmo tempo que as escuras age de uma forma horripilante com certeza é uma premissa interessantíssima. Fiquei curiosa para realizar a leitura principalmente porque você mencionou que leu em apenas um dia de tanto que a leitura te prendeu.
    Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Taí um livro que me instigou só com a sinopse - que é bem pequena, aliás. Gostei da sua resenha também. Me fez ter vontade de ler.

    www.cantaremverso.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    A premissa me surpreende bastante e fiquei curiosa para conferir esse sociopata em ação e o que ele é capaz de fazer.
    Fico feliz que não tenha sido romantizada e sim bem real.
    Acredito que também vou ler bem rapidamente quando o fizer!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. '"doenças" e "psicose" eram romantizadas e não de modo a mostrar como doença e sim como algo "normal"' esse trecho me confundiu um pouco, mas concordo com você que não dá pra romantizar, aliás, a função do romantismo é alimentar o capitalismo.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Tudo bem?
    Não conhecia o livro e confesso que não despertou minha curiosidade para ler. Não sou muito fã do gênero. Dessa vez passo a dica! Parabéns pela resenha1 Bj

    ResponderExcluir
  14. Oi Fernanda não conhecia o livro e fiquei muito interessada no enredo. Entendi o que você quis dizer sobre romantizar psicóticos e particularmente não gosto disso também. Do outro lado, amo enredos policiais e quanto mais sombrioz melhor. Dica mais do que anotada.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que beleza, linda! Espero que goste da narrativa, beijão!

      Excluir
  15. Olá, adorei a premissa do livro , sou fã de histórias de serial killers mesmo sendo bem fortes,nao sei se irei conseguir por se tratar de mulheres grávidas, que sangue frio dessa cara, mas quero muito conhecer o que se passa na mente dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi, sua linda, se gosta desse tipo de narrativa, te convido a ler pelo menos as primeiras páginas (tem degustação no wattpad), caso não goste, fique à vontade para parar a leitura, mas acredito que tu vai gostar rsrs beijão

      Excluir
  16. Oi Raquel! Nossa, parabéns pela resenha. Fiquei muito curiosa! Interessante o livro mostrar como um sociopata vive e mostra que as vezes o "normal" nem sempre é tão normal assim. Espero poder ler. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su, tudo bem? Também espero que leia sim rsrs muito obrigada, flor, beijão.

      Excluir
  17. Olá, Fernanda! Gostei da sua indicação e da sua resenha! Parece ser um livro cheio de suspense e eu adoro isso! Gostei também do seu questionamento quanto à romantização. Parece ser um bom livro!


    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Fernanda, normalmente eu fujo desse tipo de leitura porque não me agrada, mas sua resenha me chamou muita atenção.
    Acho que leria e mergulharia na história de Vincent.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dé, fico muito feliz que a Fer tenha aguçado sua curiosidade, adoraria que mergulhasse na história de Vincent rsrs muito obrigada, beijão

      Excluir
  19. Oiii!
    Quando vi a capa já imaginei um livro de terror rs, mas me surpreendi com sua resenha, despertou a minha curiosidade pela história. Vou acrescentar em minha lista e indicar para amigos.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Cris! Apesar de gostar muito de terror, o ceifador de anjos é um romance policial, cuja leitura não dá medo não kkkk pelo menos eu acho que não rsrs beijão

      Excluir
  20. Olá!!!
    Sou como você não gosto que romantizem coisas que não tem condições ainda mais algo grave como o desse enredo ai.
    Fiquei curiosa também para saber o que acontece com o protagonista e seus envolvidos.
    Que título incrível também né, caiu muito bem
    Otima resenha
    Beijuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Re, tudo bem? Fico feliz que tenha gostado do título, e mais ainda pela resenha da Fer ter despertado a sua curiosidade pela narrativa rsrs Beijão e muito obrigada.

      Excluir
  21. OI Fernanda, sua linda, tudo bem?
    O que me dá mais medo é justamente o fato de que eles estão entre nós como pessoas até queridas pelos amigos, pela comunidade em que vivem, alguns casados e com filhos. Como nos defender? Como nos proteger? Não tem como, isso não é assustador? Não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, linda, tudo bem? Realente é como você disse, fica difícil nos protegermos de quem acreditamos estar acima de suspeitas, e o Ceifador de Anjos é um exemplo disso :) Beijão

      Excluir
  22. Nossa que premissa show, eu gosto de livros assim e ainda não conhecia esse título.
    Achei muito pertinente esse ponto que vc ressaltou na resenha (Isto porque encontrei muitas histórias atualmente em que "doenças" e "psicose" eram romantizadas e não de modo a mostrar como doença e sim como algo "normal") Concordo contigo. Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani, tudo bem? Adoro essa temática, nada melhor numa leitura policial podermos adentrar a mente perturbada de alguém como o Ceifador de Anjos. Beijão

      Excluir
  23. Olá!!
    Olha vou te contar que eu tenho visto cada tipo de livro na internet que só por deus, mas o que me assusta mais é a quantidade de pessoas que leem. O tema do livro parece um pouco pesado, mas pela velocidade e voracidade com que leu, ele deve mesmo ser muito bom e merece uma chance na minha lista.

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kelly, tudo bem? Realmente pensar num ser capaz de fazer o que o Ceifador de Anjos faz é assustador, um tema pesado de fato, o qual procurei trabalhar da melhor forma possível, sem assustar o leitor durante a narrativa rsrs
      Ficaria muito feliz se vir a dar uma chance ao meu trabalho e adoraria ter a sua opinião sobre. Muito obrigada, beijão.

      Excluir
  24. Achei muitíssimo interessante. É bem verdade que a temática está bem na moda (principalmente depois de Dexter), mas é simplesmente fantástico como nossas histórias se constroem quando avaliamos o inconsciente humano. Destaque, para mim, foi certamente a capa, que eu achei belíssima. Abç.

    ResponderExcluir
  25. Olá tudo bem? Eu amo livros nesse tema de mistério e investigação. O Ceifador de anjos chamou minha atenção.... quero comprar. Ótima dica a sua, amei sua resenha.
    By: Caio... AMonstersVillains

    ResponderExcluir
  26. Ualll a capa arrasou com meu coração, que linda. Olha parece um livro forte e tenso. Um cara que consegue enganar muita gente, e fazer maldades terríveis, Matar mulheres gravidas, que horror.
    Fiquei curiosa para saber o que leva Vicent a isso e o que acpntecerá com ele.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  27. Oi tudo bem?
    Tenho um pouco de receio de livros que abordam esse tema afinal é um pouco assustador né? Mas pelo visto é um bom livro e quando tomar coragem vou ver se leio, anotei a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Oi Juliette, tudo bem?
    Curti bastante a tua resenha, embora o livro não seja do tipo que gosto rs. Fiquei com uma agoniazinha lendo só a sinopse, imagina o livro inteiro? T_T. Mas, pra quem curte, é uma ótima pedida. Parabéns pela resenha e pelo blog, beijos.

    ResponderExcluir
  29. Olá... Eu adoro suspense polícia e até costumo ler bastante. Nos últimos meses li dois onde um era bom e o outro mediano. Sua indicação parece que com certeza iria se encaixar na fila do bom. Anotei sua dica e vou logo procurar para ler. Beijinhos

    ResponderExcluir
  30. Olá !!
    adoro suspense policial,e tenho receio com alguns livros por romantizar sociopatas e etc !
    mas gostei da sua dica,realmente parecer ser um livro que prende do inicio ao fim *-*
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Ainda não conhecia a autora e nem o livro. Gostei da temática abordada e dica anotada.

    ResponderExcluir
  32. Fiquei curioso e vou procurar por esse livro em minha lista. Acho interessante essas temáticas que envolvem investigações e esse parece ser um bom livro, mesmo com uma história que deve ser um pouco mais pesada.

    ResponderExcluir
  33. Bem grande o livro né? porém a premissa dele é otima, um livro bem atraente.. tbm gostei da capa!
    beijos

    ResponderExcluir