Resenha: Waterland - Perseguindo Sonhos

Waterland
Autora: Andrea Bahia
Ano: 2013 
Páginas: 450
Editora: TDL

*Obra cedida pela editora em cortesia.

SINOPSE
    O que fazer quando parte de sua memória foi apagada misteriosamente de sua mente?     Quando dois anos de sua vida são um total mistério?    Quando duas vidas se misturam em sonhos e realidades?    Quando você passa a questionar sua própria sanidade?

    Seguir em frente é a única opção existente...

    Anna é uma garota normal: jovem, bonita e confusa. Sua vida poderia ser perfeita se não fosse pelas dúvidas que abalam sua mente e o mistério que assombra o seu passado. 

    Numa tentativa de redescobrir a si mesma, ela embarca para o outro lado do mundo, Austrália, deixando para trás o conhecido e buscando as respostas tão desejadas.

    O que ela não esperava era que essa nova vida traria não apenas respostas, mas mais perguntas a serem respondidas, mais emoções a serem vividas e um amor que resistiria a barreira do inexplicável...
[SKOOB]

    Anna foi uma pessoa que carregava muitas lacunas em sua vida, pois perdeu misteriosamente dois anos de sua memória. Ela sofreu demasiadamente pelos sonhos inexplicáveis, e iniciou a busca por respostas para suas incertezas mudando-se para a Austrália.

   Ela perdeu seu pai quando criança e ficou desaparecida durante dois anos, dos quais nada se lembra. Seu alicerce sempre foi sua amada mãe, que acaba de morrer em função do câncer. Seus confusos sonhos a atormentam desde criança e quando se mudou para a Austrália para fazer um curso universitário, encontrou muito mais do que uma natureza espetacular.

   Na Austrália ela fez inúmeros amigos e conhece Nereu, que como ela carrega uma marca de nascença. Será que as respostas para tantos mistérios poderiam estar na Austrália? Nereu parece ser um homem incomum. Anna também possui uma forte ligação com a terra, à natureza e as águas.

   No desenrolar dos sonhos, Anna começa a desvendar uma parte do mistério, e passa a conhecer Waterland mais profundamente do que imaginava. Suas visitas a Waterland ocorrem apenas em sonho, e este é um lugar realmente mágico e que faz parte de seu passado, da qual ela não se recordava.

    Inúmeros mistérios surgem e são esclarecidos, porém, dá-se início a outros mistérios. O tempo mostra que os desafios de Anna são muito maiores do que pensávamos no inicio.
Anna parece ser extremamente determinada e uma mistura de medo, insegurança e clara determinação fazem o leitor prender-se ao livro e ficar encantado com a trama.


   Narrado em primeira pessoa, a enredo é bem moderno e inteligente. Os diálogos são tranquilos e de simples compreensão, mas demora um pouco para a história ficar “interessante” e deslanchar, mas a partir da recuperação de sua memória e várias revelações, o livro torna-se interessantíssimo. A autora se mostra com habilidade acima da média. Suaves respostas para os mistérios vão surgindo. O livro possui muita fantasia e ações sobrenaturais, mas é romântico e repleto de mistério.

   Leitura leve e uma história prazerosa, além de me fascinar (após recuperar a memória) me deixou triste, pois no final descobri que só no próximo livro que saberemos o desenrolar de mais um mistério....

Classificação

Gênero
Fantasia
Romance
Aventura

Jeferson 

14 comentários:

  1. Menina que drama esse da protagonista,sem memória, perder a mãe para essa doença triste.
    Eu gostaria de ler o livro para ver se a vida dela ganha cor depois
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Achei a premissa bem interessante e já consigo imaginar qualá Seja o mistério, pena que é saga e tô evitando elas por enquanto.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Achei o livro bem interessante.
    Pelo título que ele tem me pareceu ser bem diferente do que você relatou aqui. Gostei bastante da premissa. É um estilo de livro que eu com certeza leria.

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jeferson, eu tenho um amigo chamado Nereu hehehehehe. Gosto de a autora ter colocado a Austrália como pano de fundo, pois é sempre bom conhecer lugares distantes. Fiquei curiosa com esse mistério e Waterland, acho que seria uma ótima leitura de fim de semana. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oiii,
    Não conhecia o livro e nem a autora. porém gostei bastante da sua resenha, mas acredito que a leitura não é bem pra mim, por não ter me despertado tanto o interesse em relação a essa trama.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Não conhecia o livro mas achei o enredo muito interessante, gosto de histórias com perdas de memória e coisas afins - ainda mais se vem mesclado com um pouco de mistério. Pena que o desfecho da história fique para um segundo livro.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oiii Jeferson, como vai?
    Confesso que fiquei bastante interessada em realizar a leitura dessa obra, por mais que tenha achado meio auto ajuda, fiquei curiosa para saber como tu se encerra. Dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adorei a resenha e a premissa do livro. Fiquei curiosa para saber o que desencadeou essa perda de memória e conhecer um pouco da Austrália pelos olhos da personagem.
    O fato de saber que não é livro único me desanimou um pouquinho, mas se o primeiro for realmente bom, vale a pena, né!
    Bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Jeferson, até achei a premissa interessante, mas mistérios não costumam me chamar muita atenção ou me prender.
    O fato de perda de memória me deixa curiosa.
    Sendo assim, talvez desse uma chance.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia a obra, mas parece ser mesmo uma leitura bem agradável, apesar de tensa a situação da personagem, pois não é fácil perder uma parte da memória. Gostei muito da premissa da obra, lerei assim que possível.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  11. Oie! O enredo desse livro me parece bem promissor ainda mais para mim que amo o gênero de fantasia e com um um romance junto então se torna meu gênero preferido. Ainda não conhecia o livro e fiquei contente com a oportunidade de conhecer ele através da sua resenha e já quero ler ele o mais depressa possível para saciar minha curiosidade sobre o que aconteceu para ela perder sua memória e também sobre oa outros mistérios da trama.
    Valeu a dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Fico horrorizada com histórias nas quais as protagonistas perdem a memória, acho que tenho um medo incomensurável disso! Imagine! Não saber exatamente quem você é, o que ou deixou de fazer... E ainda mais com elementos sobrenaturais e suspense! Com certeza, essa é uma obra interessantíssima, mas fico penalizada com a situação da protagonista.

    ResponderExcluir
  13. Oi Jeferson, tudo bem?
    Você me deixou bem curiosa para descobrir o que aconteceu para ela perder a memória e porque ela só visita esse lugar em seus sonhos. Ele é real? Esse lugar existe? Parece uma boa história, leve, para ser lida naquelas ressacas literárias. Dica anotada. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?

    Não conhecia o livro e a premissa é bastante boa, mas confesso que a perda de memória prolongada me incomoda um pouco, acho que ficaria irritada facilmente. Achei a capa bastante simples e muito forte. A narrativa em primeira pessoa é convidativa, pois sempre tive mais facilidade em mergulhar nas histórias quando as personagens narram seus pontos de vista. Me convenceu um pouquinho a ler, mas não agora, eu acho (já tenho muitos na fila, haha).

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir