Resenha: Super Desapegada


Autora: Jaqueline de Marco
Editora: Draco
Ano: 2015
Páginas: 220

* Obra cedida pela editora em formato digital para resenha referente a parceria de 2016.

SINOPSE 
    Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog 'Super Desapegada' motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web, Raquel não é tão descolada assim... Ela sempre teve um amor platônico por seu melhor amigo de infância, Alan. Mas no aniversário de 30 anos de Raquel, ela descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de seu rival nos tempos de escola, Eric. Para conseguir acabar com o casamento, e conquistar de vez seu grande amor, Raquel precisa se aliar ao sarcástico Eric. Mas logo ela começa a perceber que a união pode render muito mais do que ela imaginava e a aprender que para praticar o tão estimado “desapego” é preciso abrir seu coração para novas experiências... e quem sabe para um novo amor.  [SKOOB]

    "Faça o que eu digo, não faça o que eu faço!" essa é a regra seguida por Raquel, uma blogueira super famosa no ramo de relacionamentos e desapegos amorosos. Sua habilidade com palavras de encorajamento fizeram a jovem alcançar um status grandioso na blogosfera, mas suas seguidoras mal sabem que na verdade ela não segue exatamente aquilo que prega em suas postagens.

    Raquel é apaixonada por Alan, seu velho amigo de infância, ela sempre escondeu esse amor por medo de uma possível rejeição, mas no dia em que completara 30 anos a aniversariante é encorajada a revelar seus verdadeiros sentimentos. 

    Tudo estava indo maravilhosamente bem durante a comemoração, Raquel mostrava-se animada diante dos amigos e conseguia esconder muito bem sua ansiedade pela chegada de Alan, quando avista o amigo seu coração bate descompassado e quase para ao perceber que ele está na companhia de uma bela jovem.
    Alan revela à amiga que está noivo de Bianca, uma antiga vizinha dos dois, irmã do pior pesadelo de Raquel, um garoto que infernizava sua vida quando criança, o atentado e inconveniente Eric.

    Raquel não consegue acreditar no que está acontecendo, seu mundo está prestes a desabar com a notícia do casamento inesperado de Alan, ela pensa em mil e uma maneiras de acabar com esse relacionamento e por uma ironia do destino a garota reencontra ninguém menos que o irmão da noiva, que por acaso também está contrariado com o casamento de Bianca e Alan.

    Eric não suporta Alan, desde a infância os dois garotos tinham uma rixa quanto a maneira de agir e se comportarem diante de determinadas situações. Alan era sempre todo certinho, o garoto o qual todas as mães viam como bom exemplo, enquanto Eric era a ovelha negra da turma, sempre aprontando e causando confusão pela vizinhança. E devido a essa diferença entre os dois e o excesso de comparações fizeram com que Eric nutrisse repulsa e ressentimento pelo futuro cunhado.

    Ao perceber que Eric também não estava contente com relacionamento da irmã, Raquel aproveita para colocar seu plano em prática com a ajuda do rapaz. Eles começam a se ver com mais frequência, embora planejem dar fim ao casamento, ambos têm assuntos de negócios a resolver e Raquel começa a perceber que Eric, embora ainda brincalhão e sacana, tornou-se um homem atraente e responsável quanto à carreira que seguiu profissionalmente.

    Com o caminhar do enredo a protagonista relata seu sofrimento quanto a indiferença de Alan por seus sentimentos, assim ela comete diversos atos egoístas em prol de sua felicidade, mesmo tendo consciência de que suas atitudes não são corretas. 

    Ela passa por momentos de indecisão quanto ao comprometimento da felicidade do futuro casal e começa a duvidar do que realmente sente por Alan. Será mesmo que vale tudo no amor e na guerra?



    Sabe aquela leitura que você começa sem a menor pretensão e acaba se surpreendendo com um enredo divertido e apaixonante? E exatamente assim que me senti ao ler 'Super Desapegada'.

    Em poucas páginas fui envolvida por uma história que irá ser vista como um completo clichê por muitos leitores, mas que conseguiu prender minha atenção até o final, sério...eu não consegui parar de ler até conferir o desfecho das desventuras da minha xará.

    A leitura é rápida e flui com naturalidade, é quase que impossível não se apaixonar pelos personagens. Raquel, embora venha cometer algumas atitudes egoístas, possui um bom coração, é insegura quanto aos seus sentimentos, ela teme ser rejeitada, mas acima de tudo seu pior pesadelo é perder a amizade de Alan. A garota é uma boa pessoa, mesmo um pouco avoada, mostra-se uma ótima profissional, sendo admirada por todos onde trabalha.
    Eric foi de longe o personagem o qual mais gostei, seu modo despojado e irreverente de conquistador barato chama a atenção, ele é sexy sem forçar a barra além de super divertido (vocês sabem como eu gosto de personagens sarcásticos, então já sabem qual dos dois fofos seria a minha escolha mais provável).
    Quanto a Alan, mesmo ele sendo "pintado" como um príncipe encantado pela protagonista, o verdadeiro cavalheiro de espada reluzente, confesso que não senti muita simpatia pelo personagem...Raquel não conseguiu me convencer da sua índole de bom moço. Ele parecia ser um bom amigo, mas em alguns momentos, me pareceu tirar proveito da amizade entre eles, mesmo sem ter consciência dos sentimentos da amiga ele se aproveitava do fascínio que a mesma sentia por ele.  

   Uma das coisas que mais gostei na obra foi o fato da personagem principal ir amadurecendo no decorrer da trama, mesmo com suas artimanhas, o leitor acaba torcendo para que Raquel encontre a felicidade.
    “Apaixonar-se pode mudar você. Ou te revelar, ainda não tenho certeza. O fato é que você passa a agir de forma totalmente diferente e a tomar decisões que, em tempos normais, jamais tomaria. Virei uma vilã. E não me orgulho disso.”
    

    O livro é narrado em primeira pessoa, Raquel relata toda a sua obsessão e desespero ao perceber que irá perder o grande amor da sua vida. Alguns capítulos são retratados pelo ponto de vista de Eric o que faz com que o leitor veja algumas situações por outro ângulo e compreenda as intenções de outros personagens envolvidos na trama.

    A história é muito bem escrita, não conhecia o trabalho da autora e fiquei encantada com a forma como ela abordou os sentimentos e as relações com verossimilidade, a frustração, insegurança e ressentimento vivido por alguns dos personagens. Um livro onde o amor não é relatado como em um conto de fadas, algo simples e acessível a todos. Uma comédia romântica bem elaborada e divertida.

    Você já deve estar imaginando o desfecho dessa história, pode parecer clichê, mas com todas a idas e vindas da trama, o final é exatamente aquele que todo o leitor espera que aconteça.

Classificação


Gênero
Romance
Chick-lit 
Comédia


24 comentários:

  1. Oi, como vai?
    Não conhecia o livro e me parece daqueles bem levinhos, néh? Daqueles que prende e a gente lê de uma vez, adoro histórias que transmitem leveza...Como gostei muito da premissa e da sua resenha, ele entra para minha lista de leitura. Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  2. Acho muito legal quando o livro nos surpreende dessa forma.
    Ele também passa lições interessantes, como a de que você pode perder oportunidades muitos boas caso não tenho coragem para se aventurar e a de que nem sempre o que você acha que vai ser o melhor para você realmente o é.

    Vai para a lista.

    ResponderExcluir
  3. Oiii Quel, tudo bem?
    Menina eu tenho muita vontade mesmo de ler essa obra, primeiro porque é dessa editora né hauhauahaua e segundo porque a premissa e o tema abordado realmente me agradam, faz tempo que não leio algo assim e adoraria começar por este.
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  4. ah, é muito bom quando a gente não dá muita coisa pelo livro e ele nos diverte e nos surpreende. ^^ no meu caso, não leria esse em questão por não curtir o estilo de história dele, mas acredito que para o público-alvo, ele cumpre bem seu papel :D
    bjs...

    ResponderExcluir
  5. Ja quero saber mais de Eric e Alan, hehehe... também saber mais sobre Raquel, que achei demais ser uma blogueira super famosa! <3 Ok, quero ler já! ^^
    Beijo, Min

    ResponderExcluir
  6. Me parece um livro leva para ler em uma tarde legal... Pelo modo que falou dele em sua resenha sinto como se fosse um romance água com açúcar, porém de tirar umas risadas, como os livros da Thalita Rebouças (amo).
    Acho que leria sim.
    Beijos,
    S de Sarah

    ResponderExcluir
  7. Oi, adoro livros chick lit, ótimos para ler depois de uma leitura densa e profunda e esse livro parece ser bem recomendado para uma situação como essa. Adorei a premissa, e mesmo sendo bem clichê, eu com certeza leria, pois me identifiquei com a Raquel, e quero muito saber o transcorrer da historia da nossa mocinha. Adorei a resenha e já quero lê-lo.
    bjus

    ResponderExcluir
  8. oi, tudo bem?
    não conhecia o livro, mas parece ser bem fofo e divertido, acho que é o tipo que leria para passar o tempo ou entre leituras mais pesadas. E realmente, dar conselho é fácil, mas a gente só descobre o que faria quando a coisa é com a gente,rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ah! A melhor coisa de um livro é sempre ver personagem amadurecendo ao longo da leitura! Faz vc se sentir bem, pq é condizente. Quando vc passa a leitura nteira querendo socar a protagonista, o livro n funciona, não é? Pelo que pude ver, você gostou bastante do livro e, mesmo sendo clichê, aproveitou tão bem a ponto de passar muitas informações pra gente. Gostei de ver!! XD beijo!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá.
    Esse livro definitivamente não me cativou. Não gosto muito desse tipo de enredo, sou mais da aventura e terror. Que ótimo que você gostou dele, é tão bom ler um livro e terminar ele com aquela sensação de que mais personagens estão no seu coração, não é? Kkk.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Ei Quel,
    Adorei sua resenha e os pontos que você destacou, até deu uma vontadinha de ler mas acho que acabaria abandonando a leitura. Parece ter muita coisa clichê e isso me desanima, e também não é muito meu estilo de leitura.

    Jéssica - Coração Leitor

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Óbvio que já quero né!
    Amo livros que parecem sessão da tarde da globo ♥
    Mesmo que seja completamente despretensioso como você mencionou, acho sempre válido o crescimento da personagem.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Sua resenha está maravilhosa, mas o livro em si não me convence: não faz muito meu estilo e parece ser clichê demais.

    ResponderExcluir
  14. Eu adoro chick-lit mas o enredo do livro não me atraiu muito. Não achei a história tão interessante.


    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Parece aquele típico clichê que você revira os olhos mas ainda sim ama, haha.
    Adorei a resenha e por mais que seja surpreendente, a obra me atraiu.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Quel,
    Tudo bem?
    Quando recebi a ação da Draco acabei optando por outro bem juvenil, mas vou te confessar que amo um livro clichê hahahahahah esses romances água com açúcar são os que mais me geram sensações!!!
    Amei a resenha, a história me pareceu uma leitura muito gostosa, com certeza vou colocar na lista.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  17. Olá Quel, apesar de não ser um estilo de livros que eu lei muito, goste do enredo dele, parece ser uma leitura bem leve e tranquila *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Também sou parceira da Draco e fiquei bem curiosa com relação a esse livro. Porém, esperei ver a resenha de alguém sobre ele e adorei a sua. Mesmo sendo clichê e previsível, eu fiquei curiosa para ler o desenrolar da história e já adicionei aos livros que eu quero ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oie
    deve ser bem legal a leitura apesar de não fazer meu gênero ahhaha quem sabe eu não leia qualquer hora, que bom que curtiu tanto

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Hey Quel, primeira coisa que passou pela minha banda quando comecei w ler a resenha é... Caraca olha a xará da Quel aí, Raquel e Blogueira! Mas ainda bem que tu não é dessas que sai em busca do namorado alheio, a primeira vista eu achei que ela parece meio mimada.
    Mas eu entendo. É uma bosta ver quem amamos mas mãos de outra quando sabemos que seria perfeito se fosse com VC, já aconteceu comigo!
    Acho que iria gostar da leitura, mas eu torço pra que ela tenha encontrado alguém que à mereça no final.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  21. Embora sua resenha tenha sido super detalhada, eu não curti muito o livro e também não é um gênero que me atrai muito.

    ResponderExcluir
  22. Oie, tudo bem? O livro parece ser leve e de uma leitura divertida, algo que flui rapidamente. Adorei a resenha, mas não me interessei no livro infelizmente.

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    kkkk eu achei mega clichê! Mas adorei! Não gosto muito de Chick Lit, mas esses de "estragar casamento" eu curto kkkk
    Não conhecia, vou até anotar!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Que livro fofo *-* Adorei, fiquei mega curiosa,quero ler!
    Sua resenha está ótima :)

    Bjs :*

    ResponderExcluir