Resenha: Ruby in The Dust: O Amor em uma Xícara de Chá

Autora: Julie Farrell
Editora: Charme
Ano: 2014
Páginas: 352

*Livro cedido pela editora, no formato físico, para resenha referente a parceria de 2016

SINOPSE
Nicky tem um segredo. Ela fugiu de Hamburgo aos quinze anos, e encontrou refúgio na pacata Maidenhead, onde seu café, Ruby in the Dust, tornou-se um sucesso. Mas agora, conforme Maidenhead se moderniza e o Corporista Café engole a cidade, Nicky está perdendo sua renda e tem uma ameaça de despejo. Com todas estas preocupações martelando em seu coração, ela certamente não está à procura de amor.
Quando Alex entra em sua vida com promessas para ajudá-la a transformar seu negócio em algo lucrativo, Nicky se mantém cética. Mas há mais em Alex do que o idiota que ele parece ser. Quando o senhorio desagradável de Nicky desafia Alex a salvar o Café em três meses, Alex não consegue resistir, e eles fazem uma aposta que pode acabar custando caro a Alex.
Pode Nicky colocar o orgulho de lado e trabalhar com Alex para salvar Ruby in the Dust, antes que ele se torne mais um café empresarial? E ela pode superar o seu grave segredo, e se permitir apaixonar por Alex, mesmo que isso signifique enfrentar seus medos mais profundos?
Aconchegue-se com uma xícara de chá, e desfrute do calor do Ruby in the Dust!
[SKOOB]

    Uma história ambientada na Inglaterra, Ruby in the Dust mostra de uma forma diferente um romance convencional.

    Conhecemos a princípio Alex, um rapaz sem grandes perspectivas de vida, desanimado com esta e desmotivado a continuar. Apesar de comumente parecer e agir como um idiota, no fundo ele se mostra já desde o início, um rapaz sentimental e um pouco perdido.

    É quando ele chega no limite de sua desmotivação que ele conhece Riby in the Dust, um café na cidade e, consequentemente, sua dona, Nick, uma moça que se veste exageradamente com maquiagens e roupas extravagantes, mas que cativa a atenção de Alex de imediato.


    Esse interesse imediado no rapaz em Nick faz com que ele acabe por querer ajudá-la, ainda mais após ver que o senhorio dela é alguém de seu passado. De início Nick resiste, acreditando e se agarrando a ideia de que Alex apenas estava sendo "idiota", porém com a insistência do rapaz, ela se vê cedendo.

    Essa mudança para Alex faz despertar nele o mesmo rapaz inteligente e focado que ele fora anos antes, considerado o prodígio de sua classe. E essa mudança fica visível a todos que o conhecem. Nick o ajuda com conselhos e até mesmo motivações, o fazendo se tornar, pouco a pouco, alguém que se admire.

    Porém as mudanças não acontecem só com o problemático Alex, como também na fechada Nick, que aos poucos se vê se abrindo para o rapaz. A cada vez que isso acontece mais, mais ela se fecha em seguida, deixando claro que um romance, ainda mais com Alex, é o que ela quer evitar.

    Seu segredo paira por sobre os dois como uma nuvem de tempestade prestes a cair sobre todos, e é o que faz Alex ficar ainda mais determinado em espantar tais nuvens e conseguir a mulher que aprendera a amar e lhe ensinara "o segredo da felicidade".


    Ruby in The Dust traz personagens um pouco fora do que costumamos ver e isso me foi um pouco difícil de acostumar, mais por uma questão de hábito. Temos a personagens principal uma mulher forte e decidida, porém que a principio me pareceu um pouco "preconceituosa". Aos poucos, ao conhecer Nick, vi que essa força na verdade foi se construindo junto com sua barreira, por isso o que antes julguei ser um pré-julgamento ou um julgamento que ela fazia dos outros muito cedo, na verdade era apenas para se proteger. E me peguntei: quem nunca fez isso? Foi algo que me fez gostar da personagem um pouco mais ao longo do livro.

    Alex, porém, foi o que mais me surpreendeu. Não costumamos ver homens de quase 30 anos agindo como adolescentes em livros. E no início isso me foi um choque muito grande. Ele me pareceu, assim como parecia a todas as personagens, como alguém irresponsável, bêbado e brincalhão demais. Porém foi mais um que me surpreendeu, mostrando que sua personalidade era ainda mais profunda do que poderíamos imaginar.

    E é essa a combinação que faz as surpresas tornarem um livro aparentemente clichê em um livro cativante. Temos um segredo que vai sendo revelado um pouco antes do fim e que, confesso me surpreendeu demais, e uma ansiedade pelo desfecho não apenas do romance como também do destino do café. O final foi outra parte que me surpreendeu, mas este eu deixo para quem ficar curioso de saber...!

    Ruby in the Dust é um livro aparentemente clichê, mas que consegue cativar com surpresas em seu meio e uma narrativa leve e rápida. Vale a pena ler e também conhecer "o segredo da felicidade". 


Classificação

Gênero
Romance
Ficção

27 comentários:

  1. Gostei do livro, bastante! Essa questão dos personagens terem uma personalidade mais profunda do que aparentam inicialmente e de nos surpreender chamou bastante a minha atenção.

    Acredito que eu também iria me irritar com a infantilidade do homem de 30 anos, mas gostei da mocinha não ser tapada e de ambas as personalidades terem justificativas interessantes para se mostrarem da forma como fazem.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Fernanda, tudo bem?
    Sou completamente apaixonada por romances que acontecem na Inglaterra <3 e com toda certeza leria este, achei a história maravilhosa e a capa também.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Adorei a sua resenha e fiquei bem curiosa para ler o livro, a história parece ser bem leve, ótima para te tirar de ressacas literárias. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. bom, ele me parece um romance feliz... e eu não gosto de romances felizes xD kkkkkkkkkkkkkkk
    sem contar os pontos clichês, e mesmo tendo reviravoltas em meio a história, não me animei pra fazer a leitura... mas parece que os personagens são bem caracterizados e construídos, não? ^^
    bjs, Quel ^^

    ResponderExcluir
  5. Olá Fernanda,
    O livro te cativou mesmo, hein?
    Infelizmente, não fiquei curiosa com essa leitura, mas consigo entender o que te fez gostar.
    Um ponto que me agradou é você ter levantado essa questão de quem nunca fez algo para se proteger.
    É um livro que uma amiga adoraria, vou indicar para ela!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Atualmente acho pré-requisito um livro com personagens marcantes. Se o personagem não cativa o leitor, não tem um diferencial ou uma personalidade própria, não dá pra levar a leitura até o final. Mas como é um daqueles romances meio açucarados, sinto que vou passar, pois estou numa fase diabética... rs O livro te conquistou, a mim nem tanto. ;)
    beijo, Quel!

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, não me parece um livro que eu escolheria, mas pela sua resenha fiquei bem curiosa, pois a história é bem diferente, especialmente por parte dos personagens, gostei muito. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Gostei muito da sua resenha, só não sei se eu gostaria do livro. Eu tenho um problema com as coisas clichês, sempre desanimo... Mas tento levar até o final, a gente sempre se surpreende!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Não conhecia a história mas fiquei interessada adoro romances e esse parece ser bem especial. Não sei porque mas lembrei daquele filme com a Meg Ryan e o Tom Hanks onde ela tem uma livraria...
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    O que eu mais gostei desse livro foram alguns detalhes bem diferentes dos roamnces que já li. A história é fofa, e até um tanto clichê, mas tem detalhes que a fazem diferente para mim \o/
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Não conhecia o livro, mas achei bem legal a premissa. Pretendo fazer a leitura mais pra frente, por ora não consigo ler nada, por causa do meu TCC rs Mas nunca tinha visto um homem de 30 anos se portando como jovem em um livro, isso me chamou a atenção.

    ResponderExcluir
  12. Eu não conhecia o livro mas não me interessei por ele. Achei o título muito brega e a história nao me convenceu

    ResponderExcluir
  13. Oi Fernanda
    Que bom que você apreciou a leitura.
    Entretanto a história não me atraiu muito, não é uma leitura para mim. Então vou deixar essa dica passar. Mas sua resenha está ótima.

    Beijos
    https://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Definitivamente é um livro de romance água com açúcar e não me agrada muito esse gênero.
    Mas sempre quis abrir um café, então esse ponto me chamou atenção.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Gostei da sua resenha achei o livro bem calmo e parece ser gostoso, mas não consegui ficar empolgada parece um tipo de livro que não faz diferença.
    =/

    ResponderExcluir
  16. Olá , que resenha é essa mulher ? Amei . Gosto quando os personagens são marcantes ,pois um bom personagem você o carrega para toda vida , pelo menos eu penso assim ♥ Parabéns e eu vou comprar esse livro pode ter certeza disso !

    ResponderExcluir
  17. Agora fiquei querendo saber qual é o segredo do Alex rsrs
    A capa não chama atenção, mas a resenha realmente me deixou interessada. É legal ver livros em que a mulher é a personagem forte na história.
    Beijos!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
  18. Hum, parece um romance clichê bacana, mas confesso que nem conhecia. Um cara de 30 anos pode até ser brincalhão, mas tem que ter um limite rsrsrs.
    Acho que eu iria curtir, gostei do estilo. ;)
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Fernanda, não ligo para os livros que tenham clichês, acho que quando a autora sabe trabalhar com eles, deixa o enredo ainda mais atraente. Não li o livro ainda, mas tem vários da Charme que estão na minha lista.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Vou agora adicionar isso na lista do Skoob... Fiquei bem curiosa! Pela sua resenha, com certeza é o tipo de livro que me agrada! Vou correr atrás dessa edição pra ontem!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  21. Olha, eu gostei da história, tem uma premissa muito fofa. Acho que leria o livro tranquilamente, embora não seja um gênero que costume ler habitualmente. Adorei a resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Comecei a ler o livro algum tempo atrás, mas acabei abandonando. Acho que acabei escolhendo ele no momento errado, porque a sua resenha me fez perguntar se lemos o mesmo livro.
    Acho que vou colocá-lo novamente na lista e dar uma segunda chance, parece valer a pena.
    Bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Fernanda, amo um bom romance.
    Ambientado na Inglaterra, então...
    Gosto de mocinhas decididas.
    Sou louca para ler algo da editora. Amei.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  24. Olá! Parece ser um romance bem doce e gostoso de ler. Achei super legal o ambiente ser uma cafeteria, em Londres deve ser um charme. Achei a premissa legal, gostei das personalidades dos personagens. Leria com toda certeza, beijos!

    ResponderExcluir
  25. Que amor de história!

    gosto de histórias assim, parece que mais desetressa do que qualquer outra coisa...

    linda sua resenha!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  26. Olá Raquel.
    Linda a sua resenha, achó muito bom quando mesmo a história sendo meio clichê nos surpreende e nos fisga.
    Eu não sou muito de romances, mas acho que leria nunca boa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Eu tinha a impressão de que o livro era apenas mais um romance. Mesmo assim, eu adoro o estilo, então é claro que ele já estava na minha lista. confesso que adoro um cliche...rs
    Ler sua resenha me fez pensar que o livro tem mais a mostrar do que só mais um romance, e isso faz com que ele passe na frente de alguns outros que tenho por aqui.
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir