Resenha: Vinci

Autora: Jaqueline Cristina
Editora: Young
Ano: 2016
Páginas: 80

*Obra cedida pela editora, em formato digital, para resenha referente à parceria de 2016. 

SINOPSE
    Vinci... Um livro para ler, suspirar, interagir e se encantar. Em cada página uma história para rir, se emocionar, refletir. Seu caderno, sua agenda, seu livro sobre vida, amor, sobre você! Impossível resistir ao encanto de Vinci.

    "Superar um obstáculo não é vencer o medo, é aliar-se a ele em busca de coragem!"   - J.C  [SKOOB]

   Nessa singela obra encontramos um conjunto de 10 pequenas crônicas que relatam as experiências de um período singular da vida de Jaqueline, o momento na qual uma criança vai descobrindo o mundo que a cerca ao descobrir ela mesma, a infância.

    Em meados dos anos 90, a pequena Jaqueline começou a manifestar sua personalidade através de gestos e brincadeiras, foi assim que iniciou, mesmo sem saber, um de seu mais preciosos talentos, o qual proporcionou uma das principais lições que ela levaria por toda a vida, o ato de CORAGEM.

    Coragem para criar, transformar seu pensamento em arte, desejar, ousar e ir mais além. Coragem para ser coerente com seus princípios, confiar em suas capacidades e defender aquilo em que se acredita.
     Através de suas crônicas, Jaqueline nos mostra como pequenos atos são capazes de transformar uma pessoa. E que a base da formação de uma criança tem a capacidade de moldar seu caráter. 
    "É olhando para o passado, com um sentimento de superação, que percebemos o quanto evoluímos, o quanto nos superamos e conquistamos sonhos há muito tempo desejados.
    É olhando para o passado, com um sentimento de vitória, que comemoramos erros corrigidos, perdas compensadas e valorizamos o que temos hoje."


    Lendo tais textos foi realmente impossível não recordar da minha própria infância, como já advertido pela autora logo no início da obra.
    "As crônicas relatadas neste livro são para que você se divirta, sinta saudades e se lembre dos momentos que vivenciou quando criança, sejam eles felizes, tristes, engraçados ou épicos!"

   
    Isso se deve não só ao fato do saudosismo que senti ao ler as palavras de Jaqueline, pois independente da época a qual tenha sido sua infância, todos nós sentimos saudades de quando nossa maior preocupação era implorar para os pais olharem debaixo da cama para verificar se o bicho papão não estava a nossa espreita, mas também porque minha infância ocorreu exatamente no mesmo momento que a infância da autora.
   
    A leitura me proporcionou um sentimento agradável e saudoso, embora seja feita rapidamente, devido as poucas páginas que a obra contém, esse breve momento foi algo único.

    Além de uma escrita bem fluida a autora descreve suas experiências de forma simples, fazendo com que o leitor fique confortável a ponto de relaxar e acompanhar os fatos apresentados como se estivesse conversando com um amigo. Além da capacidade descritiva, Jaqueline revela seu lado artístico nos presenteando com lindas imagens de sua autoria. A obra conta também com um espaço interativo, no qual o leitor pode relembrar e redigir suas próprias experiências, como uma espécie de troca de lembranças com a autora.   
    "Um dia de chuva é tão produtivo quanto um dia de sol, você só precisa usar galochas".


    Se você está procurando uma leitura leve e agradável, que despertará lindas lembranças de um período o qual você acredita estar dormente no fundo das sua mente...pare de procurar, você já encontrou o objeto de sua busca, não perca mais tempo, LEIA!

Classificação

Gênero
Crônicas

31 comentários:

  1. Que legal, deve ser muito bom acompanhar o desenvolvimento de uma criança etapa por etapa através de crônicas, que é um gênero leve e fácil de ler.

    Gostei da indicação.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oie, não conhecia o livro. Mas gostei da dica, ando precisando ler alguma coisa mais leve. Ultimamente ando lendo muita coisa pesada :o
    A capa do livro já demostra a delicadeza da obra.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Amo Crônicas, a maioria são uma leitura leve e prazerosa, e Vinci parece ser assim. Preciso lê-lo você falou tão bem dele, que parece impossível não ler e mais impossível ainda, não gostar.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Raquel!

    Eu não conhecia esse livro, gostei da dica, gosto bastante de crônicas, então essa obra vai para minha lista no skoob. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  5. o livro é lindo, já fiquei super a fim de ler *-*
    só tem em ebook???
    adorei as ilustrações tbm, são de uma delicadeza ímpar...

    ResponderExcluir
  6. Oi Quel, ainda não tive oportunidade de ler nada da editora, e este livro me pareceu o ideal para começar a conhecer as publicações dela. Leituras leves sempre são bem vindas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oie
    parabéns pela resenha, parece ser um livro bem legal, eu não conhecia ainda mas fiquei curiosa e anotei a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a obra, mas parece bastante agradável e de leitura fácil. ;)

    ResponderExcluir
  9. Essa capa me passa uma paz tão grande, só por ela já da pra saber que o livro é leve e gostoso de ler. Gostei muito da ideia de ver o desenvolvimento de uma criança através das crônicas. E deve ser uma delicia de ler e ir relembrando da própria infância né?

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Morrendo de amores pela resenha!!! Amei!!!! Bjos!

    ResponderExcluir
  11. Olá Quel,
    A sua é a segunda resenha que leio desse livro e, cada vez que leio, fico mais curiosa em relação a leitura.
    Gostei muito da sua opinião e ela aumentou minha curiosidade sobre o livro. Quero saber como são as crônicas *-*
    Adorei os quotes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Raquel, eu não gosto muito de crônicas, mas essa capa é tão maravilhosa e gostei tanto da sua resenha que fiquei morrendo de vontade de ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Raquel, adorei sua resenha, mas tome cuidado com o uso de palavras repetidas hahaha. Bom, eu já estava querendo ler esse livro, agora então, a vontade só aumentou. Gostei muito da premissa e das ilustrações.

    ResponderExcluir
  14. Uma das meninas leu do clube leu e resenhou e amou a sutileza e a delicadeza em cada crônica e ilustração, incrível uma autora ser tão boa com as palavras quanto com as imagens, adorei a sua resenha ficou muito linda, e que bom que ela te transportou a sua infância, é o momento mais inocente e mágico de nossa vida.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Que bonitinha!
    O livro é bem curto, né? Deve ser daqueles que a gente senta numa tarde, lê bebendo um café ou chá e quando levanta, tá bem leve. Ótimos quotes, por sinal <3

    http://sinapseliquida.blogspot.com/ <3~

    ResponderExcluir
  16. Oi! Tudo bem?

    Bom, o livro não é do gênero que me agrada, então, sei que eu não gostaria da leitura. Minha resenhista pegou para ler, mas também não achou graaaaandes coisas não =(

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Achei a capa linda, tão meiga <3
    Gosto bastante de histórias que aproveitamos cada momento e flui com tanta naturalidade, quando menos percebe... acabou!!!
    Os desenhos são lindos e é tão prazeroso ler uma história acompanhada com desenhos, ficamos até mais perto do personagem.
    Beijos e obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  18. A capa desse livro é linda e eu amo crônicas, achei curiosos a temática coragem na infância, creio que essa é uma leitura que preciso experimentar com urgência.

    ResponderExcluir
  19. Sou apaixonada por crônicas, quase sempre elas passam mensagens lindas e reflexivas. Não conhecia essa obra, mas já vai pra os desejados, ainda mais com uma capa linda dessas.
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  20. Oiee ^^
    Tinha visto esse livro em divulgação em vários blogs, mas como eu não gosto muito de crônicas e coisas do tipo, não fiquei muito curiosa para lê-lo, mesmo tendo visto que você curtiu a história. Mas quem sabe um dia...

    ResponderExcluir
  21. Vinci... Um livro para ler, suspirar, interagir e se encantar.
    Eu comecei a leitura desse livro ontem e realmente, é um encanto rs.
    Uma aposta certeira da editora, tudo nele é encantador, especialmente a capa.
    Adorei a sua resenha, captou tudo que eu sinto ao lê-lo, parabéns, beijão

    ResponderExcluir
  22. Gente, Quel, que resenha maravilhosa!... Você não deixou escapar nem um trechinho das crônicas que o livro contém, e mesmo assim fez com que eu sentisse uma vontade incrível de ler o livro!... Parece ser uma história singular e com o mesmo encanto da inocência das crianças. Sucesso pra vc e pra autora! bjs!

    ResponderExcluir
  23. Fico feliz que vc tenha gostado da leitura! Eu não sei se é bem o meu tipo, mas se tiver a oportunidade, eu vou ler!
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  24. Olá!

    Adorei a resenha, as imagens deram uma fofura a mais! <3 Não curto muito esse gênero, mas as vezes é bom pra descontrair né! Irei pesquisar mais!

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  25. Todo mundo precisa de algo delicado pra ler vez ou outra. Obras singelas trazem uma poesia intrínseca. O livro parece muito fofo.

    ResponderExcluir
  26. Oii!!
    Não conhecia o livro, mas me apaixonei pela mensagem, a capa, a premissa... parece ser o livro ideal para os momentos que pedem uma leitura mais leve e tranquila. Dica anotada!!

    ResponderExcluir
  27. Oi Quel, tudo bem??
    Confesso que não curto muito a leitura de crônicas, mas devo confessar que esse livro tem me atraído demais, ainda mais pelo título singelo e a capa incrível... retratar a infância é voltar ao passado e ter os bons momentos vividos, eu não posso negar que apesar da dificuldade eu tive uma ótima infância e isso sempre me deixa momentos de alegria no meu coração... Xero!

    ResponderExcluir
  28. Oi, tudo bem?
    Faz tempo que não leio nada do tipo, mas adoro esses livros que me fazem recordar a infância!
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    O livro parece ser muito tocante e só de ler sua resenha já fiquei com saudade da minha infância, de quando tudo era novidade e eu descobria quem era como a personagem.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  30. Mais um livrinho para minha lista. Achei bem interessante em como ela dividiu a infância, em contos. E pela sua resenha, parece ser realmente bem leve de ler *o*

    ResponderExcluir
  31. Essa história me parece ser muito boa! Sério mesmo, fiquei tocada enquanto lia a sua resenha. Gosto muito de livros nessa temática. Quero um pra mim! :)
    Bejio!
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir