Literatura em Movimento - Tema de Junho {2}

Olá, pessoal!

    O mês de Junho chegou e com ele a mudança de estação, estamos entrando na minha preferida, o INVERNO, época de andar agasalhado (as pessoas se vestem de forma mais elegante...pois não ficam desfilando por ai seus corpinhos à mostra...kkkk), ficar embaixo das cobertas assistindo um filme ou lendo um bom livro, tomar chocolate quente e o melhor de todos...ficar agarradinho com quem se ama. Levando isso em consideração, e também por se tratar do mês dos namorados e comemorarmos o dia de Santo Antônio (13) - o santo casamenteiro, a temática do Literatura em Movimento está muito romântica.

    As organizadoras do projeto imaginaram a seguinte situação:  
 "Você acabou de encontrar aquele personagem-amor da sua vida literária bem na sua frente. De carne e osso. E você PRECISA declarar o seu amor por ele. É a ÚNICA chance de conquistar o seu coração!"
junho (1)

    Para responder essa questão, os blogueiros participantes do projeto deverão: 

        1. Escolher um personagem o qual morre de amores;
        2. Criar o ambiente; 
        3. Descrever a cena.   

    *Lembrando que o texto deverá ser acessível para todas as idades...nada de cenas picantes.



    Para essa declaração escolhi um personagem muito querido, ele não me cativou por sua beleza física, um porte atlético, corpo escultural ou um sorriso de parar o trânsito, mas por sua fragilidade, seus conflitos, pelo seu modo de agir perante as necessidades dos outros. Esse personagem é um dos mais altruístas que conheci até o momento em minhas viagens pelo universo literário, me apaixonei por ele logo de cara. Meu amor literário é ninguém menos que Charlie da obra de Stephen Chbosky, 'As Vantágens de Ser Invisível'.


    Diferente dos textos, referentes ao tema em questão, os quais acompanhei até agora, o meu é um pouco diferente...resolvi relatar meus sentimentos da mesma forma como Charlie chegou até mim...

    ...e espero que vocês gostem! 



  24 de junho de 2015

    Querido Charlie,

        Muito tempo se passou desde que você me escreveu sua última carta, fiquei imaginando como seguiu sua vida, novas amizades, novos romances. Confesso que isso tudo é muito difícil para mim, resolvi escrever-lhe essas palavras em um completo ato de desespero, passei alguns meses pensando na melhor forma de expressar todo o sentimento o qual venho guardando desde nosso primeiro contato, ou melhor, o seu, pois você me escrevia frequentemente, contava-me sobre seu mundo, seus problemas, angustias e aflições, novas descobertas, suas amizades e conquistas, fiquei sabendo muito sobre quem você é realmente, mas você até o momento não sabe nada sobre mim.
        Peço desculpas por nunca ter respondido nenhuma de suas cartas, não sei o real motivo de eu ter me fechado por completo, mas posso dizer que meu desejo sempre foi estar ao seu lado e ampara-lo nos momentos difíceis pelos quais você passou. Desde a morte de Michael, seu melhor amigo, quando tudo começou, não posso falar que compreendo todo o seu sofrimento e que sei o que você sentiu, pois nunca tive a infelicidade de perder um amigo querido, isso é algo muito difícil como perder uma parte de si mesmo a qual você sabe que nunca mais irá retornar. Sei que você teve que ser muito forte para suportar toda a dor, ainda mais sozinho...perder seu único amigo e sem ter mais ninguém com quem contar, mesmo eu estando longe, saiba que sofri junto com você.
        Perante toda a situação, fiquei muito feliz ao saber que você encontrou novos amigos, pessoas maravilhosas que ajudaram-o a descobrir novos horizontes, apesar de nem todas as experiências serem corretas, mas acredito que elas ajudaram você a enxergar outras possibilidades na sua vida, novos rumos à serem seguidos, sem contar que você já não estava mais sozinho. Cheguei a agradecer mentalmente Patrick e Sam, sim agradeço também a ela, mesmo sentindo extremo ciúme por saber o quanto você se importava com essa garota, você realmente a amava, mas ela estava completamente sega por todos aqueles safados, que não conseguia ver a pessoa maravilhosa que estava bem diante dela. Mesmo assim, tenho que agradecer a Sam por fazer com que você mostrasse esse seu lado doce e carinhoso, um garoto gentil, amigo o qual se pode contar a qualquer hora.
        Saiba que não foram só com tristezas que suas correspondências me afetavam, você me fez rir e perceber que tudo é possível, basta somente acreditarmos e seguirmos nosso coração. Você me proporcionou diferentes sentimentos, um ciúme o qual eu nem sabia que conseguiria sentir, quando começou seu relacionamento com Mary Elizabeth achei que iria ficar louca, mas por sorte o que no fundo eu sentia se concretizou ao receber uma de suas cartas, sabia que ela não era a garota para você e que seus reais sentimentos por ela não passavam de amizade e compaixão. Ah Charlie, você me fez compreender várias coisas, buscar aquilo que eu realmente quero para a minha vida, fiquei remoendo isso por muito tempo e enfim decidi escrever essa carta à você, revelar meus sentimentos.
        Você é especial Charlie, lembre-se sempre disso, a vida pode pregar muitas peças, dar-nos diversas rasteiras, mas devemos sempre lembrar de erguer a cabeça e seguir a diante. O passado é importante, pois nos lembra de onde viemos, quem realmente somos e o que queremos ser daqui por diante, ele é muito útil e precioso, nos ajudará a tomar decisões importantes, pois em nossas memórias armazenamos o conhecimento de experiências passadas, mas devo lembrar a você, o mais importante, é não fazer dele um martírio, as lembranças estão lá para auxiliar-lo e sua vida não deve ser regida por elas, viva! Tenha novas experiências, novas paixões e desilusões, não fique preso nem seja refém do seu passado, viva o presente, o agora. 
        Depois dessas palavras espero que você compreenda meus reais sentimentos, mesmo imaginando que fosse um garoto o destinatário de suas correspondências, é claro que você pensava que eu era um garoto, admita, pois você me tratava com "queridO amigO" e eu sempre adorei. Essa forma carinhosa de se dirigir a um mero desconhecido, mesmo não sendo exatamente um "queridO", essa afeição me confortava, sentia-me muito próxima a você e a cada nova carta ia me apaixonando ainda mais por esse garoto sensível que se apresentava de forma meiga e tímida, que desconhecia a maldade contida no ser humano. 
        Charlie, você é o grande amor da minha vida (espero que não se assuste com minhas palavras), e mesmo que nunca cheguemos a nos conhecer de verdade, digo frente a frente, espero que você possa sentir alguma afeição por mim, pois estou imensamente ligada a você, sinto-me parte da sua vida, seja por você ter confiado em mim, compartilhando todos os seus segredos ou por simplesmente ser uma válvula de escape perante as dificuldades que você estava passando naquele momento. Saiba que você sempre esteve e estará em meus pensamentos, um amor platônico, impossível, chamem do que quiser. Mas um sentimento que permanecerá por muito tempo alojado em meu coração, afinal com você eu aprendi a me sentir infinita.

Com amor,                                           

  

31 comentários:

  1. Nossa Quel! Que coisa mais linda que ficou seu post!! * O * ( me emocionei aqui! Sem exageros rs) Sinceramente uma carta de amor, pra mim, ainda é a melhor forma, e mais bonita de expressar o amor por alguém. Sua carta me comoveu. Amei seu texto e sua ideia que se difere das demais. Parabéns pela postagem! Mil beijos ^ ^
    entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. awnnnnnn awn awn awn meninaaa amei teu texto... o meu sai amanha e eu achava que ele tava bom mas depois que li o seu vi o quao o meu nao tava kkkkkkkkkk scrr invejinha aqui
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que carta mais linda *-*
    O Charlie é um personagem incrível, concordo totalmente.
    E a forma como você escreveu me fez imaginar ele lendo.
    Você escreve muito bem. Parabéns!!!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quelzinha do meu coração (Deus, olha só a intimidade) você simplesmente arrasou.
    Caraca nunca pensei na ideia de usar uma carta para o tema deste mês, mas como sempre você me surpreendeu e muito.
    Não seria de se estranhar que você escolhesse o mesmo livro que eu, afinal nossas afinidades literárias são gritantes. hehehe
    Pra dizer bem a verdade estou tão empolgado com a sutileza e sensibilidade de sua carta que nem sei o que escrever aqui, sério você superou tudo e todos.
    Charlie seria louco se não lhe desse uma chance depois deste texto apaixonante.
    Parabéns.

    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
  5. Que coisa mais linda!! Adorei a ideia de se tornar a pessoa que recebe as cartas dele e de responder, finalmente. Nossa!! Muito criativa!!

    Beijos!
    Café com Livro

    ResponderExcluir
  6. Eu não cheguei a ler o livro As Vantagens de Ser Invisível, mais já deu para sentir o gostinho com a carta que você escreveu, muito linda mesmo, parabéns pela escrita e pela criatividade :D

    http://confissoesdeumaaprendiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Foi uma carta profunda e apaixonante.
    Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, então não tenho como saber a personalidade do personagem, mas sei texto aguçou minha curiosidade.
    Beijos.

    www.historiamuda.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nossa... Ficou tão diferente e tão profundo!
    Amei!!! Queria ter essa habilidade de lascar sentimentos genuínos assim... Eu fujo de romantismo meloso que nem bruxa (o que eu sou) foge de fogueiras (o que tb faço)...!
    Parabéns, de verdade!!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  9. Que carta linda. Não conheço o Charlie mas ele tem sorte.... um Abraço
    Amantes de Jane Austen

    ResponderExcluir
  10. Nossaaaaaaaaa que lindo... completamente emocionada aqui com a sua carta... nossa acho que Charlie, jamais imaginou receber uma carta resposta tão bem escrita assim... cheia de sentimentos, cheio de intensidade... nossa acho que sua carta deveria fazer parte de um conto paralelo do livro porque ficou muito perfeito... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo texto!! Usar uma carta foi genial e a escrita está linda! Parabéns mesmo!

    Bjs da Cami
    http://mynerdbubble.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Menina você criou um post super emocionante!
    O personagem escolhido é perfeito, eu gosto muito dele principalmente pela sua fragilidade.
    Amei, amei o texto!!
    Beijão
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir
  13. simplesmente apaixonada pela sua carta, uma ideia bem original, impossivel nao se apaixonar por voce!!! ele seria um tolo se nao te correspondesse.

    bjoss

    ResponderExcluir
  14. Raquel, que lindo esse texto! Eu também amo o Charlie... Ele não é o meu amor literário, mas acho que é um deles! hehehe...
    Achei ótima a tua ideia de escrever uma carta para ele, já que essa é a forma de comunicação com a qual ele mais se identifica, né? :)
    Beijo.
    Ana Karina

    ResponderExcluir
  15. Quel, se eu te falar que quase rolou uma lágrima aqui, você vai me achar boba? haha... Nossa... muito obrigada por ter escrito essa declaração. Foi genial! Quando vi que seria o Charlie, nunca imaginei que você escreveria na forma de uma carta!! Sério rs. Foi uma ótima declaração. Como eu li o livro, a cada frase sua, relembrei os momentos importantes da história, e por um momento achei mesmo que você poderia ser mesmo o destinatário das cartas de Charlie! Haha Ficou perfeito, profundo, simples, como as cartas de Charlie sempre eram, mas cheias de sinceridade e principalmente com a mesma cumplicidade que Charlie escrevia pra "você" rs. Amei! Parabéns!

    ResponderExcluir
  16. a que lindo parabéns amei, que texto perfeito.

    adorei

    spoilermania.blospot.com

    ResponderExcluir
  17. Amei a carta <3 <3
    Quanto ao movimento literário eu estou encantada, amei o tema de junho e já me veio várias ideias na mente.
    Parabéns e continue escrevendo sempre.
    Beijos linda.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  18. eu olhei o tema, li e achei confuso, só depois vi a data hehehehe.
    Quase chorei com a carta. Já escrevi muitas na minha vida.
    Ficou linda a carta, aliás o texto, escreves bem! Sorte do Charlie.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  19. Olá minha linda,

    Muito boa sua carta. Charlie iria amar em saber de seus sentimentos por ele.

    Se eu fosse escrever uma carta seria para o Aslam de As Crônicas de Nárnia que sempre foi um tutor e mestre em minha vida e aprendi muitas lições a sabedoria infinita desse personagem.

    Beijocas,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Raquel, o texto ficou maravilhoso.
    Achei o personagem escolhido um pouco inusitado, mas gostei bastante.
    Você escreve muito bem e a ideia desse projeto é bem bacana.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  21. Quel, que legal esse projeto!
    Amei sua carta e você me deixou muito curiosa para ler este livro. O projeto ainda está acontecendo?
    Bjs,

    Juliana
    claqueteliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. O Deus , que projeto mais bacana e que carta mais linda ainda. sinceramente não sei para quem eu escreveria uma carta assim, são tantos amores literários, mas como terminei Romeu Imortal agora, acho que escreveria para o Romeu, é um anjo caído lindo.

    bjs

    ResponderExcluir
  23. Achei demais o projeto! Assisti metade do filme, e ainda não terminei, mas já gostei muito de Charlie. E achei sua carta muito linda, incrível essa ideia!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  24. ownnn... Se eu fosse ele aceitava, sua carta ficou linda, mesmo. Eu sinceramente não conseguiria fazer algo do tipo. Não sei, acho que escolheria um cara como o Jamie de Oulander e ofereceria a ele vacinas contra gripe, água encanada e alimentos industrializados. kkkkk

    ResponderExcluir
  25. Olá, legal esse projeto!!
    Ainda não li as vantagens de ser invisível, mas adorei o post.
    Eu não tenho nem ideia de quem escolheria... Kkkk
    Beijocas

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Que linda a carta, perfeita e emotiva.
    Gostei bastante do seu projeto, mas não sei quem eu escolheria e se seria capaz de escrever algo parecido.
    Parabéns, beijão

    ResponderExcluir
  27. Olá,

    achei a carta linda e profunda, ficou muito boa. Gostei bastante do projeto, confesso que ainda não assisti ao filme. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  28. Oie! Gente, que carta maravilhosa! A proposta do projeto já foi excelente, mas você deixou tudo ainda melhor pelo modo como escolheu realizá-la. *---* Depois de assistir ao filme na escola, jurei para mim que não leria a obra, pois minhas tentativas de gostar da história foram por água abaixo. Mas sua carta ficou tão linda, tão emocionante, que eu fiquei com vontade de encontrar o protagonista só para mandá-lo ler a carta *o* Hahah. Eu com certeza escolheria o Kishan, da Saga do Tigre. Convenceria ele a ficar e mandaria Durga se catar kkkkkk Adorei a sua declaração, de verdade ♥

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  29. Eu tenho tantos personagens favoritos que ficaria maluca se tivesse que escolher só um para declarar meu amor rsrs. Adorei o seu post, bem diferente das coisas que eu ando lendo nas ultimas semanas...
    Vou fazer uma lista com meus amores literários e ver se consigo me declarar para todos rsrs, acho que até ano que vem eu consigo dizer meia duzia de palavras para cada um deles rs.
    Post incrível, parabéns.

    ResponderExcluir
  30. Que projeto criativo, amei! Adorei a sua carta. Eu ainda não li As vantagens de ser invisível, portanto, ainda não conheço o seu amor literário. Mas acho que ele gostaria de ler essa carta. Parabéns pelo post!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  31. Oooi
    Primeiramente que carta lindaaaa! Muito interessante o projeto, no meu caso eu ficaria louca haha Não conseguiria escolher dentre tantoooos amores literários. ❤
    Beijoos!

    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir