Resenha: Quando as Luzes se Apagam

Autor: Rô Mierling
Editora: Incógnita
Ano: 2014 
Páginas: 212

SINOPSE

    "Lux Fero não tem medo do escuro e ele pode realizar todos os seus desejos. Alto, moreno, olhos negros e brilhantes. Um sorriso sedutor e palavras que encantam. Onde ele passa, ninguém jamais o esquece.

    Ana tinha medo do escuro e quando conheceu Lux, sua vida nunca mais foi a mesma. Samara, pequena e inocente, ouviu a voz de Lux e conheceu o outro lado da noite. Anita, feliz e realizada, mas quando Lux entrou em seu caminho, seu destino foi selado. Mas Ester era sua preferida e era ela seu grande desafio. Ele queria possuí-la, por inteiro e para sempre. Outras vidas, muitas histórias e um elo comum: a presença de Lux Fero. Ele gosta de brincar, gosta de desafios, e se você não for forte para resistir, ele vai dominar você.

    Várias vidas, muitos segredos e uma escuridão intensa que nos atraí, mas também nos mostra o pior de cada um de nós.     Silêncio! Escute! Surpreenda-se! Esse livro e seus personagens irão mostrar muito mais do que queremos ver ou saber."  [SKOOB]

    O que realmente acontece 'Quando as luzes se apagam'? Essa é a pergunta que venho trazer para vocês hoje, até que ponto a mente humana pode ser manipulada? O quão você é realmente seguro de si? Você está certo de seus atos ou cometeu tal atitude porque fora influenciado? Essas são algumas das perguntas que me surgiram ao ler essa obra intrigante do segundo Book Tour que o blog está participando.




    Embarque nessa viagem pelo mundo sombrio e traiçoeiro de Lux Fero, mas tome cuidado, pois mentes fracas e perturbadas podem ser alvo da nova obsessão desse homem sedutor e misterioso...

    Não tem outro jeito, tenho que começar falando o quanto venho me surpreendendo com os títulos e capas dos livros da escritora, eles sempre me levam a tirar conclusões precipitadas a respeito do conteúdo da obra, sim eu imagino que vai ser uma coisa e ela acaba saindo completamente diferente do que eu havia imaginado. 
    Quando olhei a capa e o título, logo pensei..."Nossa, outro Hot pra lista do Literaleitura" (os seguidores sabem que não é meu gênero preferido, mas venho me surpreendendo com a qualidade de alguns livros desse gênero, principalmente, aqueles escritos aqui mesmo, por nossos autores), tudo bem, vamos encarar então... Mas para a minha surpresa, mais que agradável, não era nada disso. (VALEU Rô, por me deixar segurando o livro com cara de boba e super maravilhada com esses equívocos constantes, por isso que eu te adoro!).


    A obra é muito concisa e atende aos fortes ideais, os quais a autora pretendeu passar ao leitor, a respeito dos conflitos entre a mente e a fé do ser humano. Para mim foi uma leitura muito prazerosa, pois não consegui desgrudar do livro, só não terminei a leitura em um dia, pois na verdade sabia que ficaria triste quando a história chegasse ao fim.

    Você está ficando com vontade de ler? É isso mesmo que eu quero, aguçar a sua vontade...pois essa obra fara com que você tenha um momento de mais pura reflexão sobre nada mais, nada menos que o seu próprio eu. Ela levará sua mente a outros mundos apresentando alguns relatos, histórias vividas pelas personagens, dos mais diferentes sexos e idades, ao encontrarem Lux Fero em seus caminhos.


    No início da obra o leitor é levado a conhecer o universo de Lux Fero, quais as circunstâncias que levaram o rapaz a se tornar esse ser extinto de luz e bondade, um ser que se diverte com a agonia, desespero e dor do próximo. Quem passa pelo seu caminho, ou aqueles que são "escolhidos" nunca mais serão os mesmos, sempre levarão sequelas desse encontro inusitado.

    No decorrer dos acontecimentos e através de alguns depoimentos, percebemos o quando Lux é invejoso, manipulador e busca a qualquer custo atender aos seus caprichos. Ele sai pelas noites em busca de seres inocentes, mas que possuem uma sombra oculta em seus corações, pessoas, que acredito, não terem coragem e iniciativa para tomarem tais decisões, muitas vezes inescrupulosas, sem um pequeno empurrãozinho.

    Cada conto mostrado na obra revela as diferentes táticas adotadas por Lux e como ele manipula as pessoas de formas distintas para satisfazerem seus desejos. Muitas vezes as pessoas são corrompidas e tem um destino trágico ou carregarão consigo as terríveis lembranças e dores deste encontro, como é o caso do conto: 'Samara e Ricardo' e 'Laura: a infectada'.

    Outras vezes, pessoas as quais ele não conseguem atingir, pois possuem uma mente mais controlada e uma fé quase nunca inabalável, mas que são prejudicadas pelas ações de outros seres mentalmente fracos, como em: 'Joaquim: um homem bom' e 'Lívia e o papel de parede'.

    E até mesmo aquelas onde Lux tenta a qualquer custo corromper uma alma e essa luta com todas as forças para escapar de suas garras e seguirem com um propósito maior, deixando o incrível sedutor desapontado, como pode ser visto em: 'Mauro e os instantes finais'.


    É engraçado, mas a princípio não me veio a cabeça a analogia presente no nome da personagem, devido a falta de entonação na pronuncia, mas quando dei por mim..."Nossa que burra você Raquel", achei fantástica!

    O livro possui uma diagramação simples, adorei o tamanho, espaçamento e disposição do texto nas páginas, faz com que a leitura flua de modo mais dinâmico. 
    No meu caso sempre tenho a impressão da leitura não fluir quando demoro muito para virar as páginas, quando as mesmas possuem letras muito pequenas, apertadas do cabeçalho ao rodapé, isso acaba ficando um pouco entediante...e essa é uma das características que essa obra certamente não tem. São 212 páginas muito bem escritas e trabalhadas de modo que você não consegue desvencilhar seu olhar para outro ponto que não seja o próprio livro.

    Já li outras obras da autora e confesso que a cada leitura me encanto mais por seus contos e histórias, fiquei com uma vontade louca de dar uma nota máxima na avaliação do SKOOB, mas não pude, pela mais pura e simples razão...eu queria mais, mais "exemplos" de interações entre Lux e diversas outras vítimas, outras almas perturbadas e incompreendidas em busca de libertação e conforto.
    Para minha sorte, pude perceber que logo teremos uma sequência, mas de acordo com a introdução da nova história que está por vir, creio que a intenção será outra e não falar das novas "conquistas " de Lux e sim uma batalha contra o bem e o mal.

    E para finalizar tenho que confessar que a obra me deixou intrigada...será que nossas atitudes são tomadas por nossas próprias escolhas, afinal temos livre arbítrio, ou que estamos sendo constantemente manipulados? Lei a obra você também e tire suas próprias conclusões...se isso for possível e se Lux não interferir!

Classificação

Gênero
Contos
Drama

2 comentários:

  1. Oi quel... não conhecia este livro, mas me parece bem interessante e é tão bom quando o livro nos desperta o desejo de ler uma sequencia, vou colocar na minha lista de desejos.

    Seguindo aqui...Beijos e feliz páscoa.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/04/filme-mostrara-misterio-de-agatha.html

    ResponderExcluir
  2. O nome do personagem é bem sujestivo mesmo, combina bem com as características com que a autora o descreveu.
    Eu nunca tinha ouvido falar no livro, mas em compensação já ouvi falarem muito bem da autora.
    Adorei a capa com este mistério todo.

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir