Resenha: Para Onde Ela Foi

Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 240
Tradutor: Santiago Nazarian


SINOPSE
Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce. [SKOOB]


"Para Onde Ela Foi" é a continuação do best-seller "Se Eu Ficar". Neste romance três anos se passaram desde o acidente que deixou Mia, a protagonista, orfã. O livro vem agora com um ponto de vista diferente, o narrador desta vez é Adam e podemos ver como foram as coisas para ele, e de certo modo, também para Mia durante esse tempo.
Assim como no primeiro livro, os acontecimentos que levaram até aquele momento vão sendo desmembrados no decorrer da narrativa e nossa compreensão dos fato junto com eles. É extremamente cativante, pois sempre fica um ar me mistério entre um motivo ou outro. Entre momentos.

Vários sentimentos são retratados e o que mais impressiona é como as personagens estão de fato depois de todo esse tempo. O amor antes tão forte de Mia e Adam parece que sumiu, já que ela não está mais lá. Mas por quê? Essa pergunta vai sendo respondida conforme Adam se pergunta o mesmo, conforme ele nos conta a história. E tudo pode ser melhor respondido por Mia, após um encontro casual dos dois, coisa que não acontecia desde que ela deixara Oregon para estudar na Julliard.

Mia é uma grande violoncelista e Adam um astro do rock. É difícil imaginá-los com a mesma vida agora, com a mesma órbita, mas ao mesmo tempo é impossível não estar torcendo para que isso acontece.

"Para Onde Ela Foi" te faz acreditar em certos caminhos que a narrativa vai tomar, porém tem a capacidade de surpreender. Consegue te fazer sentir o mesmo que Adam e ao mesmo tempo querer largar o livro. Apenas para o agarrar novamente e devorar a história.
Sem dúvidas Forman possui um dom para romances complicados e um amor pela música que nos faz ficar cada vez mais cativados, intregados e surpresos.

Classificação e Gênero
  


2 comentários:

  1. Essa resenha me deixou ainda mais com vontade de ler esses 2 livros. Vai para lista de desejos de 2015.

    Amei o seu cantinho literário, sucesso sempre.

    ResponderExcluir
  2. Já tenho esse livro na minha estante e cara, eu estou super animado pra ler ele porque o Se Eu Ficar, termino no suspense. E bom, ainda não espero muito dele. Ele está na minha meta de leitura de 2015.

    Beijinhos
    Victor N. Souza| ADM do blog Victor Reads
    http://victor-reads.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir