Inferno no Colégio Interno - Desventuras em Série (Livro 5)



Autor: Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2002
Páginas: 200
Tradutor: Carlos Sussekind

SINOPSE
"Nada de aventuras emocionantes com final feliz: Violet, Klaus e Sunny Baudelaire são legais e inteligentes, mas a vida deles está repleta de má sorte e infelicidade. Em Inferno no colégio interno, os três irmãos enfrentam caranguejos, provas hiper-rigorosas e os castigos de um internato.

O colégio se transformou em mais um desastroso episódio de suas vidas horríveis. Desta vez, eles precisam escapar de fungos gotejantes e assistir a recitais de violinos, além de entender o complicado sistema métrico e suportar os exercícios de D.O.R. Violet, Klaus e Sunny têm o poder de atrair desgraças.

Quem gosta de histórias alegres não deve nem abrir este livro, avisa o autor, pois as histórias dos Baudelaire são sempre uma desventura pior do que a outra."

Apesar de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire serem muito inteligentes, a vida não dá moleza a eles, pois está repleta de infelicidade e má sorte. E nesse novo relato você pode observar que tais situações vão ficando mais óbvias. Na Escola Preparatória Prufrock, os três irmãos enfrentam desde um local inapropriado para dormir, infestado de caranguejos e fungos, até provas muito difíceis, além de serem submetidos à diversos castigos do professor de ginástica um quanto tanto suspeito.

   Ir ao colégio tornou-se uma tortura, as crianças são obrigadas a assistir recitais de violinos terríveis, além de entender o complicado sistema métrico e suportar exercícios físicos durante a madrugada (impossibilitando os pobres coitados de estudar para os exames, o que acaba levando-os ao fracasso acadêmico).

   A vida dos irmãos Baudelaire não chega nem perto de ser ruim, pois eles sofrem além da conta, há muitos momentos em que os livros que relatam suas diversas desventuras me deixam um tanto quanto triste, pois não há quem não sinta pena das pobres crianças que além de perderem os pais passam poucas e boas nas mãos de tutores irresponsáveis e adultos incrédulos. Sempre são maltratados, e nesse quinto volume, não podia ser diferente, conhecem uma garota arrogante e rude, Carmelita Spats, que está sempre a falar mal os “colegas”, o próprio Vice-Diretor do internato, Nero, um homem que se considera um gênio da música, mas não é nem um pouco inteligente, e sim presunçoso e atrevido. Mas nem tudo está perdido, pois nesse ambiente hostil as crianças encontram novos amigos, Duncan e Isadora Quagmire e começam as investigações sobre o que realmente aconteceu com seus pais.


>> É um contraponto interessante que Snicket faz: os adultos presentes na série são ou muito ingênuos, ou muito idiotas, ao passo que as crianças são muito espertas. Os órfãos têm que enfrentar todos os perigos sozinhos, e quando por fim desmascaram o Conde Olaf, ninguém lhes dá atenção, até que seja tarde demais, e assim o vilão sempre consegue escapar.

   O mais engraçado em toda a série, são as tarefas as quais os adultos obrigam as crianças realizarem, que chegam a ser ridículas de tão absurdas. Como mostrado no livro em questão, os dois Baudelaire mais velhos frequentam a escola e a irmãzinha mais jovem, Sunny não pode frequentar as aulas por ser muito nova, mas pode trabalhar como secretária do vice-diretor... affff, você ri pra não chorar!




2 comentários:

  1. Oii Quel.
    Adorei sua resenha, eu tenho grande vontade de ler a série, parece ser bem interessante.
    Beijos.
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéss, nossa...vi só agora seu comentário, isso mostra como eu ando na correria e sem tempo pra nada, kkkkk
      Recomendo muito essa série, são livros pequenos, de leitura rápida e fácil... Sem contar na narração fantástica... Lemony me encatou por completo, adoro o seu sarcasmo ;)

      Beijokas da Quel

      Excluir